A.I.C.O. Incarnation já está disponível na Netflix

Por Gabriel Tadeu em

Divulgação. © Bones / Netflix

A Netflix do Japão divulgou dois novos teasers de A.I.C.O. Incarnation, que teve a primeira temporada liberada hoje no catálogo global da plataforma de streaming. Confira:

Uma peculiaridade apresentada na versão brasileira é a dublagem, que foi realizada em Curitiba, apesar dos créditos estarem direcionados à Alcatéia Audiovisual. A distribuidora do anime que foi creditada como Iyuno Media Group.

A 1ª temporada de A.I.C.O. Incarnation estreou hoje na Netflix do Brasil e já pode ser conferida.

Comentários
  • Bem, ainda não entendi muito bem porque diabos a Alcateia aparece nos créditos. Se o estúdio é interligado à eles, por que não tem algum carioca creditado nem mesmo na produção executiva? Se ao menos tivesse algum representante de lá que supervisionasse a dublagem, não acho que ela estaria tão amadora assim.
    Apenas pouquíssimas vozes na dublagem me agradaram, como a da própria Aiko, de resto tá bem mais ou menos…

    Vamos ser sinceros, né. Nem mesmo eu que sou dessa cidade, achei bom o trabalho que fizeram. Tem que ter ego bem inflado pra achar que isso ae tá bem feito.

  • SaintARMOR

    Os brasileiros não são os únicos a ficarem irritados com a dublagem desta série. Os norte-americanos também estão fulos ao que parece, já que a dublagem americana foi feita em Miami, e não em Los Angeles como é de costume da Netflix. Provavelmente a Netflix americana deixou a dublagem inteiramente a cargo da Iyuno Media Group e não interviu como costuma fazer com as outras séries.

    • Achei curioso que parece que tem um brasileiro dublando o protagonista do anime. Não que isso seja um bom sinal, afinal parece que ele nunca dublou algo fora dos states, mas não sei se ele já chegou a dublar algo relevante em tal idioma.

      • SaintARMOR

        Eu olhei agora no ANN e parece que procede. Eu não esperava ver logo o tal do Alexandre dublando esse anime e logo em inglês. O mais triste é que se a dublagem em português tivesse sido feita lá em Miami, provavelmente teria saído melhor que essa versão curitibana.

        Mas eu entendo os americanos. Para quem está acostumado a assistir animes em inglês com as vozes de atores de renome como o Johnny Yong Bosch, a Cristina Vee e o Todd Haberkorn, se acostumar com dubladores de Miami deve ser osso. Pena que, o nosso caso é ainda pior que o deles.

        • SasukeUC

          Ele era par ser dublado em SP/RJ, um anime desse potencial feito pela umas das melhores Studio de anime (Bones) recebi um LIXO de dublagem.

    • Dark Leon

      A Netflix errou feeeeeio jogando este anime que tinha muito potencial , com uma dublagem mil vezes pior/peor que as Glitter Force Smile, Kuromukuro, Fate Apocrypha e Devilman Crybaby , da um nojo tremendo assistir inteiro, são problemas de escalas mal feitas e dirigidas, uma mixagem tenebrosa fora os inúmeros erros na tradução, na moral uma das piores dublagens de animes que a Netflix ja nos fez engolir fazendo par com Shin Mazinger Z e Heroes Legend of Battle Disks no quesito porcaria inorgânica Saint vamos se unir ,tipo sei lá fazer uma petição para a Netflix redublar urgentemente este anime no Rio de Janeiro na Delart Rio, Cinevideo ou Beck Studios , claro além de reclamamos em peeeeeeso com essa distribuidora lazarenta e exigirmos que ela use estúdios de qualidade do Rio de Janeiro e São Paulo Capital os sérios . Nós como fans não podemos aceitar um lixo destes de forma alguma vamos unidos Saint , Nicolas parceiro . Netflix QUEREMOS REDUBLAGEM de AIco Já.

      • SasukeUC

        Isso aí é sacanagem da Netflix, ela pensa assim se não que em Campinas estão vai ser em Curitiba, eu msm nem sabia q Curitiba fazia dublagem, só falta ele querer dubla na Bahia. Nas como vc disse temos q se juntar tem tempo e dinheiro à Netflix par consertar seu erro.

    • Yellow Hair

      na verdade tem uns no ANN dizendo que é de um estúdio novo e não miami

      • SaintARMOR

        Mesmo assim, o estúdio “novo” em questão que dublou a versão americana fica localizado em Miami. Logo, é um estúdio de Miami.

    • Vesh. Isso chega a ser mais controverso que a situação da Dubbing Company. Agora acho que dá pra entender porque selecionam estúdios tão amadores.
      Agora o mais zuado disso tudo é que eu vi que tal empresa aparece na lista “Netflix Preferred Vendors” do próprio site: https://npv.netflix.com/i-yuno-media-group

      Tô vendo essa zuera ae.

      • Chico Amaro

        A Iyuno antes trabalhava apenas com legendagem, principalmente dos doramas, e com esse trabalho ganhou esse reconhecimento da Netflix e passou a trabalhar com dublagem também e pegar produções não asiáticas também
        Porém as escolhas de estúdio deles parece ter sido pouco usual na maioria das línguas e a dublagem de A.I.C.O. em inglês está sendo criticada lá fora, isso deve abaixar a bola deles

        • Pra uma empresa com sede em diversos países asiáticos (além de trabalhar com pessoas do continente na parte técnica do áudio em idiomas estrangeiros), deveriam ser mais cuidados com esse tipo de série. Infelizmente não foi o caso da nossa dublagem e da americana (e provavelmente de diversos outros idiomas em outras séries).

          • SaintARMOR

            Na verdade, a falta de cuidado ao que parece foi exclusiva das dublagens norte-americana e brasileira. As versões mexicana, castelhana, alemã, italiana e francesa ficaram boas ao que parece.

      • SaintARMOR

        Outra coisa, parece que a tal da Dublagem Curitiba, que é o estúdio onde isto foi gravado aqui no Brasil, não publicou nada sobre a dublagem da série e os seus associados nem tentaram defender a dublagem de A.I.C.O. nas avaliações da Netflix como tentaram fazer com, por exemplo, a série A Louva-a-Deus.

        Provavelmente já estavam esperando a péssima repercussão.

        • Hmm… só espero que tenhm percebido o erro que cometeram. Do jeito que tá a situação, ainda tá longe de conseguirem fazer algo no mínimo aceitável. Se ao menos a tal Alcateia se preocupasse com a qualidade das dublagens que encomendam, não teríamos um caco como esse na Netflix.
          Algum profissional da dublagem tanto do RJ quanto de SP precisa manter alguma supervisão nesse estúdio de Curitiba, pois já que eles trabalham com a Alcateia (como rebate os créditos da Netflix), e se tal estúdio realmente quer um trabalho melhor, vão precisar de reforços.

  • Matheus

    Não sou de reclamar de dublagem mas cara que porrete essa dublagem.
    Tudo ficou ruim nela, o lance é assistir legendado mesmo.

  • claudio

    Talvez a alcateia do RJ aceite distribuidores que cobra baratinho pra dublar, e como acho nenhum dublador carioca aceite o novo preço menor pra dublarem, e mais o motivo da demanda das varias produções dubladas ao mesmo tempo e falta tempo pra dublar no plazo e priorizar primeiro os distribuidores que pagam mais pra dublar no RJ, e estudio carioca aluga tais produções de pouco retorno pra dublarem em outro estado no parana pra dubs curitibanos que aceitou por menos dublar.

  • Yellow Hair

    mais uma dublagem que vai pro lixo…vai legendado mesmo

  • Dark Leon

    Uma dublagem totalmente ROBÓTICA, Sem Emoção alguma interpretações horríveis , mixagem lixo , inúmeros erros de tradução , uma dublagem péssima/porcaria/lixo inorgânico de Marte, cocô de porco doente entre outras coisas… Sou fan e amo dublagem mas isto que a Netflix nos jogou na cara é um Chorume do lixo não dá curtir nada está pior que a dublagem raiz de Miami e campinas . O que temos que fazer agora é reclamarmos em peso na área de feedback deste anime , com a distribuidora lixo e vamos todos exigir com força e inúmeros comentários de críticas para Exigimos uma REDUBLAGEM deste anime de preferência no Rio de Janeiro . https://youtu.be/VUU0ADVHS_Q

    • Netflix nunca redublou nada, tu acha que seria diferente hoje?

      • Blu3s

        O engraçado é essa fixação com dublagens feitas no Rio de Janeiro. Se antes era o lugar que mais se revelavam vozes novas na dublagem, agora é o que mais repete, (diferente das últimas dublagens de São Paulo) em pelo menos umas seis produções recentes que assisti com dublagem carioca, dubladores como a Flávia Saddy e o Fabrício Villa Verde em quatro pegavam protagonistas ou papeis importantes e nas outras duas faziam pontas.

        • É aí que está.
          Se mandam pra polos diferentes, o povo rejeita porque fazem mal feito (seja por inexperiência ou incompetência mesmo, ou os dois).
          Se manda pros polos tradicionais, muita gente fica com pé atrás porque as vozes escaladas são sempre as mesmas.

          Encontrar o equilibrio, que é bom, não estão querendo, né?!

  • Chico Amaro

    Já disse que acho que a Alcatéia é tipo um grupo macias que antes trabalhava apenas com a Gramaphone e agora está trabalhando também em Curitiba, já que a Iyuno dublou um filme na Alcatéia Carioca enquanto os doramas e este Anime foram para Curitiba, e alguns documentários foram para sei lá onde, talvez apenas filmes e séries americanas com atores conhecidos irão para o Rio e os documentários e produções estrangeiras ficarão em Curitiba, resta ver como isso afetará os outros clientes da Alcatéia

  • Dark Leon

    Que a Netflix daqui pra frente melhore as dublagens de animes e passe a usar distribuidoras sérias para dublarem seus animes Originais como Viz Média, Bang Zoom, VSI e BTI Studios e largue mão de Lyunos e SDI Medias da vida. https://youtu.be/t9cl6Pr3dE8

    • Chico Amaro

      Bang Zoom é um estúdio em Los Angeles, você quer que eles dublem em português também? :P

      • Dark Leon

        Lógico que não mas foi essa distribuidora que trouxe Nanatsu Taizai e Little Witch Academia dublados no Rio de Janeiro por isso eu citei ela , qualquer coisa o Saint Armor me corrija depois ..

        • Chico Amaro

          Bang Zoom até onde eu sei é só um estúdio em Los Angeles, não é distribuidora
          Little Witch Academia nem se quer foi dublado lá, foi em outro estudio chamado Artwood

        • Little Witch Academia foi dublado nos EUA pela desconhecida Artwood Sound, não pela Bang Zoom.
          No caso de Nanatsu, pode até ser que teve alguma influência, mas agora acho melhor tu botar na cabeça qual estúdio que dublou ele.

          Sim, o mesmo estúdio que dublou Nanatsu no Taizai encomendou essa dublagem zuada de AICO. Agora o lugar mais viável para se fazer uma reclamação provavelmente é pra eles. Se a Alcateia aparece nos créditos, com certeza eles tiveram algum envolvimento nela, mesmo eles mesmos não terem dublado tal série. Recomendo que tente ter algum contato com algum dublador carioca que trabalhe em tal estúdio pra ver se ele saberia explicar tal situação. Quem sabe tal estúdio consiga pensar duas vezes antes de sair por aí encomendando dublagem duvidosa sem analisar ela antes…

        • SaintARMOR

          A Bang Zoom não é distribuidora. Nanatsu no Taizai veio, penso eu, pela Dubbing House, tanto que o mixador da dublagem brasileira da série é o Jimi Arrj, assim como as da Marmac. Não tenho certeza absoluta, mas é uma hipótese provável.
          Já Little Witch Academia, se veio por distribuidoras multi-linguais e não por encomenda direta da Netflix, deve ter vindo pela Deluxe ou pela Post Haste.

  • SasukeUC

    Umas das piores dublagem que eu já vi, nem aguentei assistir parei no ep 03, vou esperar msm alguma fansub legenda par ver em jp msm.

    • Usagi

      você não precisa espera. tem legendas na netflix é só ativar e mudar o áudio para japonês…

      • SasukeUC

        As legendado da subs é melhor, a Netflix par me tem q ser dublado (boa dublagem) além disso eu assinei ela por causa disso, eu já tenho cr como opção estão pq mais uma (minha opinião).

    • Mas tem legendas e áudio original na Netflix

      • SasukeUC

        Prefiro os da subs são melhor em minha opinião e além disso tb tem OP e ED tb legendado.

        • Mas à maioria das subs que vão legendar vão pegar a legenda da Netflix e nem vão editar.

  • Louiz

    Acho que essa é a segunda pior dublagem da Netflix, só perde para Glitter Force que foi dublado em Miami.

    • •—•

      achei essa dublagem melhor do que a de BURAME

  • Usagi

    os subs em boa parte so copia as legendas da netflix e de outros sites de streaming tipo a CR

  • Pelos comentários que ando vendo de animes dublados na Netflix aqui no ANMTV já faz algum tempo, fica a impressão de que a dublagem brasileira como um todo está se sujando por ficar apostando nos extremos: ou colocam sempre as mesmas vozes e a mesma staff ou colocam vozes e staff inexperientes. Nenhum dos dois lados é bom. Pois se de um lado, o público enjooa, do outro, o público rejeita pela qualidade duvidosa do trabalho.
    Isso tudo é resultado de empresários ambiciosos que não tem ou perderam o bom senso e acreditam que o simples fato de ter dublagem já garante sucesso ou lucro.

    Não adianta ficar sugerindo apenas que fique nos polos tradicionais, mas também não adianta ficar engolindo dublagem mal feita.
    Tem que se incentivar um equilíbrio: uma combinação de staff e elenco com e sem experiência. Afinal, a experiência só vem da prática, mas quem é inexperiente precisa aprender com quem já é experiente, e não ficar “a Deus dará” e ir na base do “vamos se virar, e ver no que vai dar”.
    E, se eu não estou falando besteira, só estou vendo poucos estúdios buscarem isso: a DuBrasil em São Paulo, a RioSound e a MG Estúdio, no Rio de Janeiro, só pra citar alguns exemplos.

    Isso é algo que devemos pressionar diretamente as distribuidoras e os estúdios de dublagem em questão. São elas que estão negligenciando isso, e só elas podem mudar.
    Precisa haver uma mobilização maciça de nós espectadores pra pegar no pé desse povo, porque eles estão estragando algo que já foi considerado “um dos melhores do mundo”, sujando o passado, prejudicando o presente e comprometendo o futuro.

    • SaintARMOR

      O problema é que o que você propõe implicaria que dubladores do Rio e de São Paulo saíssem de tais cidades e passassem a trabalhar como diretores nos polos de fora. Isso no momento só acontece em Miami (que teve uma migração de dubladores daqui do Brasil) e em Brasília com a Fátima Mourão (e mesmo assim, as dublagens brasilienses são bem ruins também).

      Agora, no caso de São Paulo, eu devo discordar. Se antigamente o Rio era o polo que trazia novos dubladores com qualidade ao mercado, atualmente este é São Paulo capital. Basta olhar a dublagem de B: The Beginning ou a de One Punch Man mesmo, ambas cheias de dubladores que não são tão famosos.

      • Queria saber se existe alguma coisa relevante dublada por lá. Além de tentar saber logo qual estúdio dublou Legend of the Battle Disks. Você mencionou uma vez que aquela dublagem era gaúcha, mas na verdade parece que foi a Marmac que a encomendou com outro elenco desconhecido, pois se tu der uma olhada no ANN apareceu recentemente que esse anime foi dublado na Argentina por esse estúdio, e na versão em português o tal de Jimi Arrj aparece creditado na mixagem, que trabalha frequentemente na Marmac.

        • SaintARMOR

          A Marmac também trabalha como distribuidora de dublagem. Antes de terem um estúdio fixo em São Paulo eles alugavam outros, como a Dubbing & Mix por exemplo.
          Eles devem ter alugado outro estúdio em outro lugar para dublar o Heroes.

          Sobre a dublagem curitibana já ter feito algo relevante, aparentemente eles só trabalharam alguns curtas de animação, e coisas pra Netflix, como A Louva-a-Deus e o próprio A.I.C.O.

          • Me referia a dublagem de Brasília que você citou agora pouco.

          • Chico Amaro

            A única dublagem de Brasília que eu sei é de uma série chamada The Next Step Academia de dança que passou na Disney
            Lembro também de uma reportagem com dubladores de Miami onde um deles disse ter trabalhado com dublagem em Brasília em inglês, não sei exatamente o que era isso

          • Que bizarro, isso seria tipo uma versão reversa das dublagens em português feitas nos states kkkkk

          • SaintARMOR

            Ah, claro. Até onde eu sei eles dublaram uma série chamada “The Next Step – Academia de Dança” e também uma série de games chamada “Lovesick: Yandere Simulator”.

          • Tá se referindo à isso? Pra mim isso tava mais pra fandub kkkkk
            https://youtu.be/xNjQm94tep8

          • Dark Leon

            A primeira dub deles que vi foi da animação Moffy e agora isso .

    • Dark Leon

      O problema é que são polos tretados por n motivos … e a situação da dublagem dos animes da Netflix é pelo que tenho lido culpa das distribuidoras lixinho como SDI media e agora essa mísera de Lyuno que acabou com a dublagem de Aico.

  • SaintARMOR

    Aliás, para quem quiser dar feedback sobre esta e outras dublagens curitibanas, aqui vão os links:

    https://www.netflix.com/br/title/80161848 (A.I.C.O. Incarnation)
    https://www.netflix.com/br/title/80214405 (Uma Odisseia Coreana)
    https://www.netflix.com/br/title/80208337 (A Louva-a-Deus)

    • Chico Amaro

      A Iyuno também mandou o filme coreano Rastros de um Sequestro para a Alcatéia Curitibana

      • SaintARMOR

        Bom saber. Editarei o comentário e adicionarei o link do filme em questão.

  • Edenilson Pontes

    Anime interessante, animação do estúdio Bones tá muito bonita. A dublagem está muito robótica (e eu não costumo reclamar da dublagem), parece que estão lendo as falas e falta emoção.

  • SaintARMOR

    Sim, infelizmente é isso mesmo, ao que tudo indica.

  • Marcos Hater

    realmente tá um lixo essa dublagem credo , espero que nunca a Netflix jogue nada neste estúdio