Divulgação. © Fox

Sem delongas. Mergulhe em um dos melhores filmes do ano. Assassinato no Expresso do Oriente (Murder on the Orient Express), é um dos poucos casos onde Hollywood sai da mesmice e entrega ao público o que verdadeiramente esperamos: cinema de qualidade.

É surpreendente que um filme possa fazer com que você saia plenamente satisfeito, contudo, Assassinato no Expresso do Oriente consegue, e ir além. Levar a reflexão. Um ar prazeroso, de que tudo correu como planejado, de que tudo funcionou.

Divulgação. © Fox

O longa começa nos apresentando aquele que pode ser o melhor detetive do mundo, Hercule Poirot, interpretado pelo ator Kenneth Branagh, cujo perfeccionismo é incessante, e suas habilidades em resolver casos impossíveis extraordinárias.

Após um longo período desvendando mistérios, resolve tirar um tempo para descansar, de volta para casa, Londres, à bordo do requintado Expresso do Oriente, mas onde se vê diante daquele que poderá seu caso mais difícil: o assassinato de Edward Ratchett (Johnny Depp), que horas antes o havia tentado para sua segurança particular por ameaças.

Um assassinato. Doze suspeitos. Quem matou? Por que matou?

Divulgação. © Fox

A maneira como a trama se desenrola é maravilhosamente delicada, envolvente e ao mesmo tempo angustiante; saliente-se: estamos diante de um trem rodeado por pessoas de diferentes personalidades, onde até mesmo o menor do suspeitos passa a ser desconfiável. Um homicídio. O que resultou? Quem o faria? Quem seria capaz? Como o fez? Cada depoimento, uma versão, uma contestação. Como encaixar peças de um quebra cabeças que não parecem fazer parte do jogo?

A fotografia, embora quase inexistente, é um deleite para os olhos. O cuidado com o enquadramento pelo qual a filmagem foi realizada em espaços diversos nos faz mergulhar em profundidade na trama, o que o torna arrebatador.

As atuações dos atores envolvidos estão em um nível absurdo, como se viesse mutuamente de cada um o pensamento em um todo da narrativa, visto tamanha harmonia e perfeição como as cenas são executadas.

Divulgação. © Fox

Embora se mostre um tanto quanto complexo, não se deixe enganar. Deixe-se levar pelo maestro. Aprecie a obra. Atenue-se a cada detalhe. Seja também um detetive.

Assassinato no Expresso do Oriente é um daqueles filmes cujo qual você entrará desconfiado e sairá confortável. Uma experiência única no ano. Um dos melhores dele.

 

  • toygame lan

    Assassinato no Expresso do Oriente é um dos melhores e mais conhecidos livros de agtaha e os EUa tinha que fazer bem feito

  • Joao Carlos Loyola

    É o tipo de estória que eu gosto, preciso assistir logo