Anime: mercado bate recorde em 2018

Por Gabriel Fernandes em

Trigger / Divulgação

A Associação de Animações Japonesas (AJA) irá publicar o Relatório da Indústria de Anime 2018, com um balanço geral da indústria no ano de 2017 na próxima quinta-feira, mas de acordo com uma prévia publicada nesta quarta-feira (28), o mercado teve um aumento de 8,1% em 2017 com relação ao ano anterior, com valor estimado em 2,152 trilhões de ienes.

O setor vem registrando um contínuo crescimento nos últimos 8 anos, e nos últimos 5, quebrou recordes. Confira o gráfico:

Reprodução

Um dos responsáveis nesses bons números é o mercado internacional, que têm registrado crescimento expressivo, e esse ano teve um aumento de 29,6% em relação ao ano anterior. Por outro lado, o mercado doméstico vem sofrendo quedas, e esse teve uma mais expressiva que a do ano anterior, caindo 5,5%.

Quando o novo relatório for divulgado completamente, teremos mais detalhe sobre o desempenho do mercado de animações japonesas. A AJA publica anualmente seus relatórios desde 2009, quando a indústria estava em declínio.

Comentários
  • yan jim

    Com isso, será que podemos esperar cada vez mais animações com características mais agradáveis ao mercado internacional do que o nacional??

    • Yellow Hair

      Comentaram algo similar no ANN e isso gerou uma certa discussão…

      “com características mais agradáveis ao mercado internacional”

      Muita gente lá, pelo que eu entendi, não querer com medo de que a a maioria se torne anime de cunho pretensioso ou com ideologias(politicamente correto por exemplo)

      • GustavoH

        Bem existem varias interpretações pra tal. Talvez o ecchi excessivo caia pois isso vem muito da cultura japa, o mesmo pra certos animes de Harem

        E lembrando que da pra fazer animes que fogem do basico sem prender muito na cultura japa. So buscar 2 extremos. Tanto Nnt qnt Snk tem uma inspiração inicialmente medieval europeia (snk ta mais pra steampunk) enquanto um traz personagens carismáticos porem história genérica outro traz um rumo jamais visto sendo imprevisivel a todo momento

        • Alex Tayler

          desde 2015 ou 2016 (não lembro exatamente) eu tenho sentido uma queda na produção de animes Ecchi,eu sinto isso porque tem varias temporadas que não tem nenhum e eu tenho visto que muitos animes que não são do gênero (a maioria sendo de ação) tem diretores especializados em e#$%hi. não sei se é pq o povo cansou ( na minha opinião a grande maioria dos e#@#%is tem personagens sem graça) ou se estão querendo animes com e#$%hi cada vez mais “forte”,tanto que tem aparecido aqueles h@$%is que são totalmente picotados para a tv e depois vem a versão sem censura +18

      • yan jim

        Seria péssimo, de fato.

        • anderson

          Inclusive o anime na foto acima é um exemplo de desenho para todas as idades,mas que não cai na cilada da panfletagem e correção política extrema como muitas animações estadunidenses recentes, espero que seja um modelo para outros animes “internacionais”.

  • SasukeUC

    Com o crescimento por parte dos streamings, caro q ia crescer mais ainda!! Está na hora do japonês repensar o modo de lançar os BD, ao invés de ser 6 vols c/ 2 eps, poderia ser 2 ou 3 vols(como algumas empresa está adotando esse método,
    ex: SnK 2nd foi dois vols), pq é caro comprar um vol q só vem dois eps!!

  • Léwow

    Com a Netflix financiando, licenciando e bancando tanto anime como fez esse ano não tinha como não bater recordes né

    E ainda mais com o crunchyroll abocanhando, até a Amazon tem seus animes, tem anime no Looke, tem anime no iTunes tem anime em tudo q é lugar agora só falta aparecer anime no Globoplay KKKKKKKKK o q eu não duvido que aconteça já q tem um monte de série gringa aparecendo lá

  • Sayaka

    Isso pode ser bom pra Sailor Moon Crystal?
    Tipo, sera que isso ajuda a aumentar (mesmo que muito pouco) as chances do anime vir pra cá?

  • Graças aos streamings, pois nem na tv paga passa mais anime direito pqp nem sei pq ainda pago kkkkkk (mas o bloco CR da RBTV até q salva, mesmo q daqle jeito)

  • Claymore é sensacional, um dos meus animes preferidos, pena que não adaptaram o resto do mangá :( (q alias nem terminei de ler ainda kkkk)

  • Jhonatan SB

    Os animes estão se popularizando a cada ano. No meu tempo de pré-adolescência (meados de 2012) ninguém sabia nem o que era anime, hoje em dia não tem um que não sabe. Que bom ver essa ascensão.