AXN Spin: uma versão melhorada do Sony Spin na Europa

Por Nielsen Souza em

A Sony segue firme em seu plano de extinguir a marca Animax do Ocidente. A gigante japonesa bem que tentou fazer dele um sucesso nesta parte do mundo, mas fracassou na forma de dirigir o canal, deixando-o nas mãos de suas filiais, cujas equipes não tinham nenhum conhecimento sobre os animes. O resultado não poderia ser mais desastroso: aos poucos o canal foi sendo descaracterizado com a inserção de séries, live actions e realities.

Com isso, o Animax acabou morrendo e a solução foi substituí-lo por um novo canal, e nasceu o Sony Spin. Uma tentativa de se livrar do erro anterior e seguir adiante. Primeiro em Portugal, depois a América Latina (em outros países se tornou Sony Max). O que a Sony não esperava é que o público da América Latina fosse rejeitar a novidade. A audiência do canal acabou não sendo das melhores e para tentar alavancá-la, novos programas foram adquiridos, mas nem isso funcionou. E se reprisar animes era algo que ainda dava alguns pontos no ibope, a direção decidiu retirá-los da grade, rompendo de uma vez por todas com a corrente que ainda o ligava ao Animax. Hoje em dia, o Sony Spin tornou-se um canal dispensável para a maioria dos assinantes e, apesar de sempre tentar trazer novidades voltadas para o público jovem, não conseguiu emplacar.

Curiosamente em outras partes do mundo o plano de erradicação do Animax foi colocado de outra maneira. Na Europa, a direção da Sony optou por inserir a marca AXN (por ser mais conhecida lá) e transformou o Animax em um canal de séries AXN Black (recentemente foi lançado também o AXN White), já na Polônia surgiu o AXN Spin, que é o que mais se aproxima do Animax por causa da faixa de animações que possui, desde desenhos adultos como American Dad e Boodocks a séries animadas japonesas como Dragon Ball GT, Naruto, Ghost in the Shell: Stand Alone Complex, além dos animes da Marvel (Homem de Ferro e Blade).

A pergunta que não quer calar é: por que a programação do Sony Spin não pode ser semelhante a do primo polonês ou parecida com a dos demais países onde a marca Animax ainda é ativa? No mundo, o Animax ainda é uma realidade, em alguns países asiáticos ainda possui a mesma logomarca da versão japonesa, já em outros sofreu um rebrand visual e na programação, mas não perdeu sua essência anime. No Ocidente, apesar de também ter passado por uma mudança, está limitado à Espanha, Alemanha, Hungria, Romênia, República Tcheca e Eslováquia. Em todos eles a fórmula anime, series e live actions é utilizada, resta saber até quando.

Para tentar se redimir, a Sony anunciou que lançaria o Animax Online, que até hoje não passou de uma promessa, mas ao que tudo indica, deve se tornar uma seção especial do recém-lançado Cranckle, ainda na fase beta, onde é possível assistir a filmes, séries e animes de graça. Por enquanto não está 100% operacional. O brasileiro realmente é tão viciado em seriados, realities e programas musicais? A verdade é que ninguém entende o que se passa realmente na cabeça da Sony.

Alguns atribuem o fracasso do Animax ao pouco interesse do público e por ele ter nascido em uma época onde sua distribuição era limitada a pacotes e ainda não havia uma grande oferta de operadoras de TV por assinatura como hoje. Sem dúvida a opção mais debatida é a falta de competência de seus diretores, que acreditavam que um canal de animes poderia ser manejado da mesma forma que um de filmes ou séries. De uma coisa todos nós sabemos:  não existe mais segmentação na TV paga, hoje em dia tudo se resume a audiência e quem acaba pagando o pato no final das contas acaba sendo o assinante, sempre insatisfeito com as opções que lhe são oferecidas e na maioria das vezes, não deixa de ter razão.

Comentários
  • marcelo

    E mais uma vez para ver os nossos tao amados animes recorramos a internet pois dependendo desse povo ai ja era anime na tv aberta so se for saint seya que as vezes ressucita na band mesmo e na tv por assinatura aquelas coisas bakugan e beyblade tenso viu!!!!

    • Daniel Augusto

      -naruto passava até o início do ano até que o CN fez mer#@ e retirou da grade e deixou o Dragonball KAI e Pokémon (edição americana! censura, mudança dos nomes dos personagens, cidades, regiões,nome do Seriado! NO Japão é POKET MONSTERS, etc.) como animes na grade de programação! (Bakugan não nota na lista nem a pau!)

      • Qual o problema com Pokemón e PoCket Monsters?Com excessão do próprio Japão e de alguns países asiáticos, o mundo inteiro chama “Pocket Monsters” de “Pokemon”, e quanto a Bakugan, é ruim?Sim, intragável, mas não deixa de ser anime, é encomendado pelos gringos, mas é produzido no Japão

        • Odiador de Séries

          O que estraga Bakugan é a dublagem PÉSSIMA DA CENTAURO… e a Nao traduçao dos Nomes das cartas

          • Ninguém falou da dublagem de nada, é melhor não entrarmos nesse assunto.

      • qwerty

        Tudo bem que o cn faz cagadas com as séries,mas quem escolhe os nomes dos pokemon,cidades,regiões e tal é a pokemon company e são eles que mandam o canal que estiver exibindo pokemon no ocidente(nesse caso o cn)exibir a versão ocidental.

      • concordo.

  • O Animax foi sem duvida um sucesso em certos países, porém em outros, foi além de um fracasso, culminando numa coisa que só servia pra encher linguiça nos pacotes. Aqui no Brasil a escolha foi terrível para 2005. Se o seu antecessor Locomotion já era bem desconhecido e pouco valorizado, o Animax continuou com esse padrão.

    Deixemos claro que o Animax sempre foi um canal de pacotes altos e que não era qualquer um que tinha acesso a tal canal, principalmente a uns 5 anos atrás quando TV por assinatura não era tão comum aos brasileiros, algo que hoje já é bem diferente com preços baixos e maior disponibilidade. Naquela época algo diferenciado era no minimo loucura levando em consideração tais condições. Pra mim foi errado (mesmo tendo sido bom) eles terem implantado o canal em 2005.

    Além disso nós tivemos uma serie de erros. O primeiro foi tratar anime como serie. Ao contrário da serie que tem TEMPORADAS o anime não tem e as vezes é finalizado em cerca de 20 episódios ou menos. A Sony então trouxe os animes e colocou na seguinte forma: os curtos uma vez por semana e os longos de segunda a sexta. Dessa forma em no máximo 5 meses, todos os programas já estavam em constante reprise. Mas então como seria a forma certa de fazer isso? Eu sinceramente não sei. Mesmo que eles fossem exibidos uma vez por semana ou adquirir novo animes ainda seria algo muito caro para algo tão pouco lucrativo.

    Outro fator que eu acho negativo para o canal (não o público) foi a decisão de dublar todos os animes. Além de ser caro, era algo meio desnecessario. Isso ocorreu pois o antecessor, Locomotion, exibia quase toda a programação de animes com legendas, muitas vezes horríveis e geradas de forma ruim, fazendo com que o canal acreditasse que por um fim nas legendas seria uma ideia genial para chamar a atenção.

    Talvez o maior erro de todos foi como já dito no texto a administração e as ideias de como deveria ser o canal. Talvez com o passar do tempo, pensaram que como os animes não estavam liderando a audiência, que pra mim é sonho de criança, eles viram que series estavam em alta e por isso apostaram nisso. O problema foi nas suas escolhas para fazer isso. Pra falar a verdade minha maior raiva foi o jeito como fizeram e como trataram isso. Se lembrar do comercial de despedida do canal? Não? Foi um vídeo em que os animes eram jogados no lixo e vinha o novo conteúdo “melhorado”. Agora comparem com o feito em Portugal para o AXN Black onde eles dizem tchau e anunciam um novo inicio, mesmo sendo ruim, não era um cuspe na cara como o Sony Spin.

    O Sony Spin era algo que eu com o passar dos dias já não via como um problema mas sim como um novo fracasso pois eu já sabia que a Sony não saberia lidar com o seu “novo” publico. O canal trouxe só programas recentemente cancelados, reprises americanas e series canadenses. Não foi grande novidade e era bem ruim para os seus novos padrões. Com a entrada do canal algumas coisas foram esquecidas como a programação 100% dublada, coisa que na época Animax 2.0 eles já estavam tentando corrigir com suas series, exemplo de The Middleman que começou legendado e em alguns meses já era exibido dublado pelo canal. Além disso tudo a Sony ainda teve a capacidade de adquirir dois animes para passar em horários ridículos restringindo demais seu reconhecimento no Brasil.

    Se eu pudesse mudar o canal eu não voltaria ao 100% anime, já que isso não parece ser rentável para mim. Volto a dizer que anime não foi feito no Brasil para passar 24/7, estamos melhores com blocos, por isso acho que se o Sony Spin voltasse a exibir animes num bloco, pelo menos em 1 dia da semana, já seria muito bom.

    Eu não estou confiante no canal nos dias atuais, mas vamos ver quantos outros giros de loucura o canal dará.

    • Naurto eh muimtu legau

      Nãoly e Nemlerey.

    • “Outro fator que eu acho negativo para o canal (não o público) foi a decisão de dublar todos os animes. Além de ser caro, era algo meio desnecessario. Isso ocorreu pois o antecessor, Locomotion, exibia quase toda a programação de animes com legendas, muitas vezes horríveis e geradas de forma ruim, fazendo com que o canal acreditasse que por um fim nas legendas seria uma ideia genial para chamar a atenção.”

      Olha, dizer que a Locomotion exibia quase todos os animes com legenda é um pouco de exagero, não me lembro assim tão bem da programação pra falar se era tudo dublado ou tudo legendado, mas pelo o que eu lembro daquela época, e o que eu já pesquisei do canal até hoje na internet, era meio que 50% dublado e 50% legendado(mais ou menos essa porcentagem).
      Quanto aos animes aqui no Brasil, eu me pergunto, onde estão as distribuidoras dos anos 90 que trouxeram animes e tokusatsus pra cá?
      A Tikara(de Yuyu Hakusho)eu sei que faliu, mas a Sato Company por exemplo, ela trouxe Akira e mais ou monte de animes e Tokusatsus pra cá nos anos 90, e ainda ta na ativa, mas o máximo que ela fez nos últimos anos foi negociar que o SBT passasse Naruto, que já foi retirado da grade do canal, sem dúvidas precisamos de Distribuidoras de animes aqui no Brasil, como os EUA tem a FUNimation e a Viz Media.

      • Eu via varios legendados e o pior era que as legendas eram escritas por cima das em espanhol com uma tarja preta. Pelo que eu sei a distribuidora do Naruto no Brasil era a Viz, mas não tenho ideia mesmo de quem foi. Quanto a Sato, o último produto que eu vi que ela trouxe pro Brasil foi Dr. Hollywood para a RedeTV, tirando isso não conheço mais nenhum novo.

        • A distribuidora de Naruto aqui no Brasil é a Viz, mas a Sato Company foi meio que intermediaria para que o SBT comprasse.

        • A distribuidora de Naruto no Brasil é a Viz, mas a Sato Company foi intermediária nas negociações de Naruto para o SBT, seria bom se ela adquirisse animes novos para o Brasil, como fazia nos anos 90.

        • Web Markito

          Dr Enrrustido é uma MERDA ,, Mancada total de sato company trazer esse LIXO para cá…. Preferia que trouxesse Tokumei Sentai Go-Busters XD

  • caio

    naruto e dragon ball gt que legal espero que q esse AXN SPIN valorise os animes q essa merda de sony spin deixou de lado

    • Odiador de Séries

      CAMPANHA FORA SONY SPIN BR

  • Albino

    “Sem dúvida a opção mais debatida é a falta de competência de seus diretores, que acreditavam que um canal de animes poderia ser manejado da mesma forma que um de filmes ou séries.”

    Acho que era bem por aí mesmo. Como o colega acima disse, querer que o Animax fosse líder de audiencia era sonho de criança, mas pelo jeito era isso que a Sony queria. Não eram reprises, elas seriam naturais, dava pra dar uma amenizada nisso com uma espécie de rodízio. Mas não tinha como fugir delas totalmente.
    Não era também a dublagem, afinal, cada vez mais os grandes canais, diria até as grandes distribuidoras percebem que o público aceita bem produções dubladas.

    O problema mesmo foi a Sony querendo andar mais que as próprias pernas. Acharam que um canal só de anime ia chegar e arrebentar todos os índices? Animax era canal de público específico e dava pra sobreviver muito bem se soubessem cuidar desse público direitinho.

  • eduardo

    qual tv acabo vai entrar? esse canal

    • SpawN

      Nenhuma! Esse canal é exclusivo em Portugal.

      • lucas

        esse canal e exclusivo de la porque la eles não tem aquela frescura irritante de censura os anime como aqui no brasil

  • Kira Yamato

    Eu quero Axn spin , tem até D.Gray-man o.o

  • Luiz felipe

    Se em outros paises os animes ainda existem porque aqui no brasil nao pode ser assim?

    • qwerty

      Cara eu curto poucos animes,mas toda vez que vejo uma noticia de um anime que faz sucesso me faço a mesma pergunta.

  • Aurelio

    saudades da antiga Cartoon.. da Manchete.. hoje so tem Astro boy na rede brasil RBTV

  • darkgx

    cara…como eu odeio o sony spin.
    invés de pessoas fazerem protestos falando que querem animes,libertarem a tv paga e aberta das garras da lei…ficam quietos,olhando o quanto os animes e os canais,que ha um tempo atras era livre,se extinguindo mais e mais.
    não entendo….o porque….o brasil botar censura…..ter muito impostos……………
    ESSE BRASIL É DE TODOS????….ESSE BRASIL NOS OUVE????….(ou não)

    • darkgx

      as 16:16 agora,passou o trailer de thundercats no CN.
      lança segunda,ás 17:30.

    • Dark Leon

      Nossa APOIADO DARK ^^ Concordo plenamente com vc em TUDO , como eu ja falei para reclamarem no Twitter do CN para eles colocarem animes, reclamar com as empresas de DVD no brasil, como o atraso de Sailor Monn S em DVD….., Para a Redetv voltar o TV KIDS com animes Inéditos e mais Super11 Dublado em um estudio no RJ..

  • prefiro esperar mais e mais dragon ball kai e lost canvas na band tenho esperanças nesse canais!!!

  • Rafinha

    O Sony Spin só esta nas operadoras pq o cantrato ainda não acabou. Tanto é que o sinal HD foi cancelado.

    Quem sabe se esse canal esta gerando prejuizos pra SPT com gastos financeiros que não gera lucros (Apesar de ter anunciantes bestas por lá)?

    Esse canal pra mim não precisa morre porque nem chegou a ser gerado pra naiscer.

  • master dos animes

    kkkkkk sony spin ja caiu nao ta mais no pacote mais caro kkkkkk vamo la kkkkkk
    #forasonyspin yahooooo va para o frio do fundo da geladeira muhahahahha

  • ~Le Baka

    QUEM FEZ ESSE TEXTO TÁ DE PARABÉNS! DISSE TUDO VEI… *-* HEUHAUHEUHUHUEUEH #F0DA-SESONYSPIN não serve pra nada, pra mim já devia ter fechado as portas do canal aqui no Brasil, NINGUÉM gosta ver isso é só um canal pra patricinhas e mauricinhos o que no Brasil quase não tem, e ainda mais agora que o publico da tv paga é mais pra classe C com o valor da tv paga diminuido tudo ficou melhor e mais acessível pra praticamente quase toda a população a sony é RIDICULA!!

    • darkgx

      que texto?

  • Claudio

    Ainda continuo insistindo pra um canal ser 24 horas de animes novamente seja ela tv paga ou seguir na tv aberta com conteudo da maoiria estrageiro acredito talvez que é possivel pra ser mais visivel, já que tem emissoras que alugar horarios a vendas e igrejas e justiça não faz nada fechar essas emissoras, e ter um retorno com isso deveria negocia junto um negocio de lançamentos blue-ray/dvd dos animes veiculados na tv, a sony tem cacife pra isso bancar já tem empressa de videos propria.

    ou novidade desistindo do canal e mercado de video no Brasil, pra ficar mais economico os custos, a sony podia só criar um site stream de animes legendados e dublados dos já existentes, e claro dos varios muitos animes dublados exclusivamente pra stream.

    só que para sony não fica no prejuízo deveria exigir dos clientes pagos premium um numero significativo de mais assinantes pra seu anime que viu com só opção de legendado gostaria que fosse futuramente proximo dublado, mais clientes tem a votação do site de qual dublador preferido quer no seu personagem que pode valer pra os dubladores veteranos oficais e também obrigatoriamente tem que abrir vagas pra novas vozes dubladores(a) que nunca ouvimos, seja correndo atrás fandubladores, pessoas normais que tem boa perfomace em falar.

    Só assim pra temos mais opções de dublagem decente. Já que tem uns do forum que critica a dublagem atual por merecimento sim ou não. e só um detalhe dublagem pra stream mim parece não precisa curso de dublagem e de ator de DTR, então já é facilidade de encontrar o pefil da voz daqule personagem que combina. estariam pagando algo legalizado por stream em torno de aproximadamente 15 reais.

    e esses empressarios que cuidar da distribuição dos animes internacionalmente tem uma mente fraca pra negocio, não pensar como nós aqui no forum dos comentarios que somos mais inteleigentes em si tratar de marketing com produto do direito autoral que adquiriu em saber lucrar.

  • Matheus

    TV A CABO em geral está deplorável… aumentou o público e a mediocrizou a programação. A tv aberta agradeçe.

  • daniel

    prefiro muito mais esse canal

  • Mateus

    Esse canal é péssimo mesmo -.-‘ !! Bem que o Animax poderia voltar … as operadoras só estão esperando o contrato acabar mesmo , pois o canal é um fiasco total… até hoje , nunca vi NINGUÉM que assista a esse sony “podrin”… e esse Animax on-line também é péssimo , não quebra nem o galho do que era o antigo Animax … porque assistir no computador , não da aquela ótima sensação de poder assistir na TV , deitado no sofá e etc… Uma dica para a Sony , mas infelizmente , a merda está feita: Em time que está ganhando , não se meche!