Boku No Hero Academia: Por que é considerado o melhor shonen atualmente?

Por Eder Rodrigues em

Shueisha / Bones / Divulgação

Shonen, shonen, e mais shonen. Atualmente, na indústria dos animes, uma das demografias mais feitas são os animes dedicados ao público jovem (e é isso que significa a palavra japonesa Shounen ou Shonen, enfim), na faixa etária dos 12 aos 18 anos e especialmente o público jovem masculino. Com tanta obra deste gênero, muitas delas não se preocupam em dar ao mangá ou ao anime, uma história boa e concisa dos fatos, com temas abrangentes e interessantes. Porém, há algumas exceções de animes/mangás que trabalham uma temática mais aprofundada e que nos faz pensar realmente como os shounens atuais são fracos em histórias. E Boku no Hero Academia, é um desses casos raros de uma obra que sabe trabalhar aquele universo, de forma única e coesa, e é disso que falaremos aqui.

 

Mas o que realmente é Boku No Hero e do que se trata? Bem Boku no Hero Academia é um mangá escrito e ilustrado por Kohei Horikoshi desde julho de 2014, e sua serialização acontece na famosa Weekly Shonen Jump, na editora Shueisha. A sinopse da obra diz o seguinte: “Oitenta por cento da população mundial possui habilidades especiais, conhecidas como “peculiaridades”, que deram a muitos o poder de transformar em realidade seus sonhos de infância de se tornar um super-herói. Infelizmente, Izuku Midoriya foi uma das poucas nascidas sem um capricho, sofrendo de discriminação por causa disso. No entanto, ele se recusa a desistir de seu sonho de se tornar um herói; determinado a fazer o impossível, Izuku está de olho na academia de treinamento de heróis de elite, UA High. No entanto, tudo muda depois de um encontro casual com o herói número um e o ídolo de Izuku, All Might. Descobrindo que o seu sonho não é um beco sem saída, o rapaz sem poder passa por um treinamento especial, trabalhando mais do que nunca. Eventualmente, isso leva-o a herdar o poder de All Might, e com suas novas habilidades, entra para a UA, começando sua jornada cansativa para se tornar o sucessor do melhor herói do planeta”.

Você deve esta pensando: “Na sinopse não diz nada demais, vai ser um grande clichê, como grande maioria dos shounens são.” Olhando assim, pode ser que você ache realmente isso, mas está enganado, meu caro leitor. Há uma profundida bastante interessante no protagonista, Izuku Midoriya e esse é o primeiro ponto a se destacar e enfatizar o que eu disse no título deste post. Em toda sua trajetória, para se tornar um super herói, ele passa por diversas situações, que o fazem crescer como homem e como herói naquele mundo. Por exemplo, quando que, você já viu, um protagonista de shounen, usar um caderno, para anotar o que cada aluno na escola faz, tipo, quais são as suas individualidades? Ou ainda, o que precisa fazer, para superar aquela isso, numa luta? Qual estratégia elaborar? Isso é um dos grandes pontos de Midoriya: o constante aprendizado, para sempre melhorar si mesmo, em busca da “perfeição”, como também entender melhor quem está enfrentando.

 

Outro ponto bem interessante de Boku no Hero, é ainda em relação ao protagonismo de Midoriya. Em muitos animes do gênero, como Naruto, e sua sucessão Boruto, Black Clover, Fairy Tail, Os Cavaleiros do Zodiaco e Dragon Ball, de alguma maneira, vão sempre elevar o grau do protagonista, e que ele pode vencer todas as batalhas, lutas ou desafios que entrar na sua frente. Mas Boku No Hero, temos uma quebra interessante nisso. Ele não é um personagem que derrota todos os oponentes que enfrentar, muito pelo contrário. Vou citar exemplos, para exemplificar o que quero dizer (só falarei de eventos que aconteceu até o presente momento no anime, ou seja, sem spoilers do mangá). A luta dele contra o Shoto Todoroki. Nesta batalha, não somente temos a figura do protagonista ali, mas a de um personagem, que possui seus dramas pessoais, e que precisava se provar naquela luta (que foi o caso do Todoroki). E a vitória foi para ele, e não para o Midoriya. Assim provando que nem sempre “o poder do protagonista” sempre vence. Outro exemplo, foi a luta sensacional, no final desta 3º temporada, entre Bakugou e o Midoriya. Além de ter uma batalha incrível e toda carga emocional do Bakugou, se culpando pelo que aconteceu, temos ali um embate  de questões pessoais, e que também, se fosse em outros animes, o protagonista iria vencer e acabou, não tendo nenhuma profundidade no personagem ou questões mais factíveis de nosso mundo na obra, apesar de ser uma obra de ficção (não é isso Boruto?). No embate entre eles, mais uma derrota para por na conta de Midoriya.

Um outro ponto importante que não podemos deixar de falar, são os personagens secundários em Boku no Hero Academia. Somos apresentados uma grande gama de personagens na obra, e praticamente todos eles, da 1-A (a turma no qual o Midoriya faz parte), ganham relevância e grande destaque, tanto quanto o próprio protagonista. Como por exemplo, o próprio Bakugou, quando foi sequestrado pela liga dos vilões, o Todoroki, como já falei anteriormente, com dramas pessoais com seu pai, e o dilema dele com sua mãe. Temos também a Ochako Uraraka, que busca dar uma vida melhor para os seus pais, financeiramente, quando se tornar uma super heroína. A Tsuyu Asui, que possui sua importância durante as temporadas, como tendo um episódio inteiro do anime, dedicado a ela, e sua importância  na primeira temporada, dentre outras situações. Enfim, os personagens secundários, são bem trabalhados pelo Kohei, dando uma outra perspectiva para a obra, não só focando em seu protagonista.

 

Teve alguns, para não dizer muitos, detalhes que deixei para trás, pois se eu colocasse aqui, ficaria algo muito extenso e massivo no post, mas procurei pegar algumas partes chaves, para exemplificar aquilo que eu queria dizer com o título deste post. Mas o que faz realmente Boku No Hero Academia ser um grande sucesso, não é somente a sua temática de herói, que por si só, poderia atrair diversas pessoas para a obra (já que o gênero super-herói, anda muito na moda, principalmente com os filmes da Marvel, com essa temática, e fazendo um enorme sucesso), mas também por tornar palpável as suas histórias, apesar de ser uma obra de ficção. São situações, que todos nós podemos conviver e passar, como crise existencial, a dificuldade financeira que passam, a depressão, os problemas familiares, enfim. São tantos detalhes interessantes, que fazem Boku no Hero se tornar o sucesso que é, causando empatia para quem assiste (pelo menos para min, foi bem assim). As vendas do mangá estão indo muito bem, assim como os DVDs e os Blu-Rays. O seu filme, de nome Boku no Hero Academia: Two Heroes, foi um grande sucesso no Japão, e também nos Estados Unidos  ou seja, a obra está no seu auge, por assim dizer. Boku no Hero, me fez realmente pensar, como os shonnens carecem de boas histórias e questões mais humanizadas. Tem tudo para se tornar, seguindo esse ritmo, um dos melhores animes do gênero da história. Que venham mais e mais obras, com esta mesma pegada, que a obra de heróis do Kohei possui.

Na próxima semana o ANMTV vai lançar um podcast especial com participação do site JWave. O programa vai abordar tudo o que aconteceu de importante na terceira temporada do anime. Fiquem ligados!

Comentários
  • Seto Kaiba

    Para mim, Boku no Hero é o melhor shounen da atualidade porque estamos em péssima fase de shounens! Hoje estamos infestados de isekais, coisas de 20 anos atrás que se negam a acabar e coisas novas que aparecem natimortas graças a pressão de sucesso japonesa.

    Fora isso, talvez por causa do envelhecimento da população japonesa (e global), mas o que era a onda shounen há alguns anos, virou uma onda seinen. Aliás, várias coisas que eram shounen há 20-15 anos, hoje são considerados seinen…

    Claro que, talvez, os gostos do público atual da Jump tenha mudado, afinal essa geração é diferente da minha, e a fase do auge de filmes da Marvel está sendo agora e isso alavanca essas histórias de super-heróis emulando o estilo americano.

    Mas em uma época em que One Piece, Detective Conan e Pokémon reinam há 20 anos, outras coisas que faziam mega sucesso estão sendo finalizadas depois de décadas, e coisas como clichês como Black Clover fazem barulho, Boku no Hero realmente iria se destacar, o enredo simples de um jovem querer ser um super-herói e ter que se esforçar o máximo para tentar ser e ainda ter ajuda de seu herói para tal realmente é abrangente, fora que esse jovem ainda sofria bullying e a esperança de atingir seu objetivo era quase nula.
    Isso reflete muito a visão dos jovens em um mundo capitalista competitivo como o nosso e passa esperança aos jovens que leem..

    Aliás, por algum motivo esses enredos de jovem não tem magia/força e querem/devem ser heróis e conseguem essa magia/força por meios “protagonísticos” está em alta lá no Japão, usando principalmente a premissa do isekai, que é quando alguém é transportado à outro mundo/universo/jogo e ganha poderes. Pelo menos a Jump ainda não se rendeu a modinha dos isekais.

    PS: Digam não aos isekais.

    #ISEKAINÃO

    • eder rodrigues da conceição

      Muito boa sua análise Seto Kaiba. Os Isekai estão cada vez mais, sendo um mal na industrias dos animes. Fazem somente para render dinheiro, desprezando a qualidade e um enredo minimamente interessante.

      • Dark Leon

        Isekai só dubaldo em português mesmo kkkk

  • Black Rat King

    pra mim o melhor shonen atualmente é hunter x hunter.

    • eder rodrigues da conceição

      O Togashi é muito bom nas suas histórias, o único problema é sua constante preguiça e hiatos que a obra tem.

      • Black Rat King

        maldito dragon quest!

        • eder rodrigues da conceição

          Que Dragon Quest também entre em hiato haha

      • Gabriel Arruda

        Ele sabe que o mangá dele é um sucesso e que ele pode enrolar à vontade e que ainda vai manter as vendas dos números.Pessoalmente acho isso falta de ética.

    • Luiz Carlos

      Disparado o melhor.

  • sonic2

    Hunter x Hunter é o melhor shonen atualmente.

    • eder rodrigues da conceição

      Não discordo de sua afirmação Sonic2, porém, os contantes hiatos de HxH não faz dele o melhor shonen atualmente. Quando eu digo “o melhor shonen atualmente” eu me refiro a um mangá que se encontra em produção constante. O Togashi é sensacional, disso ninguém pode discordar.

      • Black Rat King

        ele (ainda) n entrou em hiato denovo então hxh ainda ta em “produção constante” por enquanto.

        • eder rodrigues da conceição

          Produção constante, no sentido de ser publicado durante um tempo, e não por dois ou três meses e ter um hiato de 6 meses ou 1 ano.

          • Lucas Barbosa Braz

            Hunter hunter é bom mas po essea hiatos é complicados, assim é facil ta no mercado a anos kkkkk, lança dois meses e pausa 6 meses. Nesse ponto one piece é bem melhor contante bo mercado, mas ta iqual pokemom nunca acaba kkkk

      • Jumanji God

        Se fôssemos falar de produção constante, BNHA ia ser passado pra trás não só pra HxH mas por One piece também. A não ser que vc disconsidere one piece por estar a 20anos claro.

      • Boca de Bueiro

        Que tal produção constante há 20 anos? Mangá mais vendido de todos os tempos? One Piece manda lembranças então! rs

  • Camilo Lelis Ferreira da Silva

    Agora só falta a Cartoon licenciar e (com autorização da FUNimation) mandar dublar o anime para substituir “Dragon Ball Super” ano que vem no canal…

    • Yellow Hair

      CN é lesada pra tudo na américa latina, ela só dá valor pro toonami na américa então esquece…

      • Moa

        Se o CN desse valor para o Toonami teriamos ele junto com o adult swim na america latina.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Acho que por causa de algumas partes com sangue (Stein) e diálogos “fortes” (Shiragaki falando em matar o All MIght e Midoriya) fariam ou ser censurado demais ou nem passar no CN nutella de hoje.

    • Rafael Vieira de Oliveira

      É mais facil para o CN conseguir passar CDZ Omega e Soul Of Gold e/ou Sailor Moon Crystal e mesmo as primeiras sagas de DBZ em HD, a versão que passa na Rede Brasil.

    • SaintARMOR

      O Cartoon não licencia nada. Existe uma diferença entre licenciar e comprar para exibir.

      • Camilo Lelis Ferreira da Silva

        Conte-me mais sobre isso…

  • Nero ZeroX

    Interessante a análise…estamos a um passo da estagnação do gênero super-heróis, nas mais diversas mídias principalmente a cinematográfica….com a Disney entupindo com vários filmes seguidos, e ainda os vindouras franquias vindas da Fox que agora retornam a Marvel, ou a reestruturação do DC verse, isso fora os PWRs que mudaram de casa este ano e tentam voltar ao auge como era nos anos 90…Off.: Não sei se pode comparar, mas Lupinrangers Vs Patrangers também quebrou o padrão clássico das sentais, Ultraman R/B com os Ultras e afins…Off.: Será que vai dar certo a forma que a Toei está fazendo com o KR Zi-O em transformá-lo num novo KR Decade?

  • Everton Luiz

    Não tem muitos shounen bom que sairam recentemente, se pegar antigos que continuam o Gintama é o melhor na minha opinião.

    • eder rodrigues da conceição

      Gintama, na minha opinião, perdeu muita qualidade quando trocou de estúdio. Saudades da Sunrise.

  • Léwow

    PORQUE SIM E PRONTO rs

  • Eduardo Jose de Andrade

    Pra mim ainda em produção é HxH mas como sofre hiato pra cac#te boku no hero pega o tírulo por mim, o protagonista Midoriya além de ter sofrido bullying, sonhos esmagados pela realidade, com um put% esforço (afinal ele treinou duro 10 meses pra poder aguentar um pouco o one for all) ele se tornou um possível herói, mesmo com uma trama simples o background e motivações de outros personagens são bons e fora as limitações e perigos de usar descuidadamente algumas individualidades (Midoriya cof cof) fazem a obra parecer que nem tudo são flores e eles têm limitações e podem se dar mal por causa disso, fora os vilões que são excelentes, em especial o Stein que me lembrou um pouco o Meruem de HxH.

  • Dark Leon

    Desejo do fundo da alma que My Hero Academia seja dublado no Rio de Janeiro de preferência na Delart Rio ❤ , Som de Vera Cruz, Wan Marc, Áudio News Rio e Cinevideo e que My Hero Academia seja para o estúdio carioca que for dublado 1 grande sucesso e que a futura dublagem se torne épica como Yu Yu Hakusho, Nanatsu Taizai ,Little Witch Academia e Kakegurui foram ,ficarei na torcida que o anime seja dublado no Rio de Janeiro pela Cruncyroll

    • Zarchary Rabbido

      Merece ser em SP ou Misto isso sim

    • Jumanji God

      Dublagem épica de nanatsu no Taizai ? Kkkk sindrome da modinha tá feia kkk

  • Bom texto. Pode ser para vocês o ”melhor” da atualidade, mas é bem fraquinho. HunterXhunter é bem superior.

  • shipuca

    A forma como o autor consegue fazer a construção do personagens envolta de Midoriya me lembra muito One Piece, onde simplesmente todos os personagens tem sua importância. Neste meio, o modo como Midoriya está crescendo fisicamente no anime, me lembra muito Fullmetal. No começo do anime vemos um Ed muito menor que a Winry Rockbell, mas no final do anime sem nenhum time skip vemos um Ed muito mais alto que ela. Ademais, como o autor consegue construir um Midoriya super empolgante (sempre me emociono) me lembra muito o Natsu. Enfim, a junção desses fatores acaba tornando Boku no Hero único. ( já combinei com a minha namorada, nosso filho vai se chamar Midoriya). Para mim Boku no Hero só perde pra One Piece atualmente, mas se o autor conseguir manter esse padrão de qualidade vai ser show.

    • Jumanji God

      O autor de Boku no Hero se inspirou principalmente em One Piece então explica por que ficou bom hueuheueh. Sobre seu filho, por que não dá o nome de katakuri, assim logo que ele nascer vai puxar uma cadeira e dormir sentado, nem vai dar trabalho.

  • Matheus Saga

    Por que Hunter x Hunter esta em coma com leves reações . Na boa ,BnH é legal ,mas não me emociona acho as motivações muito infantis, talvez o dialogo previsível e mesquinho me faça enxerga-lo assim ,mas nem nos momentos de mais tensão consegui sentir aquela tremenda empolgação como em outros shonens ,talvez seja por que ja estou bem calejado com esses clichês do gênero, e Boku no Hero abusa deles

    • Zarchary Rabbido

      Até agora eu não consegui ter vontade de assistir ele ainda mais com o Fandom que o faz ser a “Peça Chave” dos Animes, talvez espere o anime perder o fervor e acompanhe, não quero entrar com expectativas primárias e dps ser quebrado pois não conseguirei ver a obra de outro jeito, caso veja de um modo precipitadamente errado :P

      • Lucas Barbosa Braz

        Pega o manga, é muito bom. Site plus ultra tem tudo

        • Zarchary Rabbido

          Não gosto de mangá, só conteúdo visual animado msm

  • JMB

    Gente, Haikyuu! e Shokugeki ainda não acabaram (ou só estão falando de shonens de lutinha?). Mas realmente BnHA é ótimo.

    Coisas feito HxH e OP nem contam pois já são medalhões insubstituíveis.

    • Jumanji God

      Perdoa mas Haikyuu e Shokugeki não chegam a ser o melhor, aliás o arco atual de Shokugeki está fraquíssimo por sinal kkk

  • Jumanji God

    Mesmo se nós não contarmos one piece devido ao fato que ele já está no topo a 20 anos, HxH estaria na frente de BNHA, acontece que quando brasileiro gosta de algo ele só sabe ver, ler e falar sobre isso, daí gosto de BNHA então BNHA é o melhor, gosto de nanatsu então nanatsu é o melhor, gosto de DBS então DBS é o melhor. Só não aconteceu isso com one piece porque é longo e quando foi dublado(até o ep40-60) pelo SBT foi a versão cagada da 4kids.

    • Zarchary Rabbido

      Verídico.

    • Lucas Barbosa Braz

      Concordo em parte, pq realmente boku no hero é um exelente manga, mas é novo comparado a one piece e hunter hunter. E sobre pessoal não curti muito one piece é real kkk

  • Luiz Carlos

    Muito superestimado

    • Boca de Bueiro

      Totalmente superestimado… vamos ver daqui 2 ou 5 anos se ele ainda vai estar com toda essa fama e fanbase… não vai!

      • Lucas Barbosa Braz

        Se seguir o padrão, o anime tem mas 2 temporadas exelentes. E o manga está desenvolvendo um arco exelente. E eu aposto que futuramente o All Mith deve morrer e será um divisor para o midoriya assim como a morte de jiraya foi para o naruto. O protagonista é muito bom, sua vitorias são por estrategia e não pelo “poder de protagonista”.

  • João Lucas Oliveira

    Cara que tal pararmos de superestimar Boku no hero academia? Andei lendo os comentários e uma galera se lembrou de HxH, aí houve o velho argumento de estar sempre em hiato, só que fora isto há one piece ainda em circulação, nem acompanho mais mas sei da grandeza do Oda. Além dos dois gigantes Togashi e Oda ainda há shingeki no Kyojin que deve ter mais popularidade e uma fã base mais bem consolidada,está há mais tempo em publicação, é um shonen e provavelmente só não ocupa esse espaço de o maior shonen atual pq não é publicado pela jump.

  • Fausto Junior

    Prefiro nanatsu no taizai, do q BNHA.
    Minha opinião

  • eder rodrigues da conceição

    Eu sei, mas percebe na diferença de qualidade entre ambos os estúdios, da Sunrise e da Bandai Namco Pictures. Apesar da Sunrise pertencer a Bandai, não é a mesma coisa, em história e em enredo. Fora que o diretor também foi trocado.

    • toygame lan

      Olha realmente deu uma recaída depois que mudou

  • arki

    Para mim há 2 no momento; gintama e HxH

  • Alex Magno

    Shounen que se destaca em seu genero certamente vai ser modinha por conta do genero estar em ascenção. não quer dizer que isso faz menos do anime, temos que analisar os elementos , se tratando de um genero tão simplista, ter tantos elementos aos quais alguns foram citados nesse artigo, é digno de sim ser considerado um dos tops do mercado, se não o melhor. não é qualquer um que revoluciona um genero tão simplista

    • toygame lan

      Não disse que isso faz a serie ser ruim ou menos anime

  • Boca de Bueiro

    Melhor Shounen da atualidade… por quem? Quem disse? Quem decidiu? Onde teve a votação?

  • Flavio Santos

    Se olhar por outro ângulo utilizando o exemplo que você deu sobre o protagonismo vencer todas as lutas em diferentes series, vera que o pokémon esta a frente de seu tempo pois ash ketchum sempre perde na reta final hsuahsuashu

  • Mestre Kame

    Porque as pessoas têm preguiça de ler hunter x hunter ou one piece.

  • Gabriel Arruda

    Só faltou um bom Anti-herói.Tipo um Herói estilo O Justiceiro,caçado pela Polícia.esculachado pela mídia e o governo,executor cruel de criminosos,com uma opinião pública variável com pessoas o amando e outras o odiando e que sente um profundo desdém por heróis fúteis,como a Uwabami,os que só são heróis pela fama e a fortuna,não tenho exemplo para este tipo,e os que bancam o palhaço,como o Mic e o All Mighty nos dias de herói.

    • Lucas Barbosa Braz

      Stain assasino de herois é esse justiceiro. Ele aparece na segunda temporada e no manga tem o glente que é muito bem trabalhado.

      • Gabriel Arruda

        Ele chega perto.Mas não é como o Justiceiro,ele foi pouco explorado.

  • Omaha

    A obra é boa, mas o melhor não, não chega a ser nem um dos três melhores.

  • Bruno Miotto

    (Meio OFF) Saiu a abertura do segundo arco de Capitão Tsubasa. Dêem suas conclusões.

    https://www.instagram.com/p/Bo9iPg-hbIn/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=z7aer2cbrhf0

  • S Y N T H W A V E + L O V E R

    Ainda tem HxH na frente e OP atrás.

    Portanto, é muito cedo para BnH se firmar no topo. BnH chegou hoje. Quando tiver uns 600 capítulos vai dar pra ter noção do que BnH construiu nesse tempo e fazer uma análise mais justa.