Divulgação. © Yoichi Takahashi / KLab Inc

A japonesa KLab Inc, empresa de jogos para celulares, anunciou que o novo jogo do anime Super Campeões (Captain Tsubasa), intitulado Captain Tsubasa: Dream Team, será lançado em 135 países e regiões, e traduzido para 6 idiomas (inglês, espanhol, francês, alemão e chinês). Infelizmente, o português ficou de fora da lista.

Também foi divulgado um trailer onde é possível os personagens do anime que vão aparecer no título:

Além disso, Yoichi Takahashi, autor do mangá de Supercampões, enviou uma mensagem para os fãs a respeito da novidade:

Os jogadores poderão criar a “equipe dos sonhos” com os personagens da série, e competir contra outros de qualquer parte do mundo. O título também traz um modo história onde será possível conferir as melhores cenas do anime e muito mais.

Lançado em junho no Japãopara Android e iOS, Captain Tsubasa: Dream Team será gratuito, mas com itens que poderão ser comprados separadamente. O lançamento mundial acontece em dezembro.

  • Caio Martins

    Eu queria um novo anime do captain tsubasa

  • João Carlos

    Incrivel que não traduziram pra arabe, ja que a Arabia ama essa coisa, por mais horrivle que seja

    • Kaio

      Eles só traduziram para os idiomas de praxe, tem relação alguma com os fãs :/

      • Just_an_Asian_guy

        Claro que tem, eles traduziram pra as linguagens mais faladas no mundo kkkkkk É a melhor maneira de alcançar todo mundo.

      • RONALDO

        Traduziram para o mercado europeu e norte-americano

    • Just_an_Asian_guy

      Pq quase ninguém fala árabe. Faria muito mais sentido traduzir pra português do que pra árabe.

      • Kanta

        mas árabe é a quinta língua mais falada. em 21 países tem como idioma nativo

        • Just_an_Asian_guy

          Não é bem assim. Essa língua árabe da qual tas falando é uma agrupação conveniente que na prática não faz sentido. Cada dialeto de árabe é muito diferente do outro, ao ponto que pessoas dentro da própria língua tem dificuldade para se comunicar com outros dialetos ou sequer conseguem.
          Essa agrupação só existe pq para o ocidente todo árabe é igual.

  • quero é um anime novo porcaria de jogo

  • Stefhany Minimundos

    Bizarro não ter portugues, a obra era bem popular por aqui.

    • Parece que estão tentando ser o contrário de Cavaleiros do Zodíaco, lançando novos produtos da franquia sem pensar no público onde realmente fez sucesso mas sim no “público genérico”, partindo naquela lógica besta de que “só vai valer a pena se fizer sucesso nos EUA, o resto que se dane”.

    • Eduardo Jose de Andrade

      O Brasil pra mim também era o país do futebol antes de uns 7 gols num jogo…mas é porque português ainda está se expandindo, também é uma língua difícil pra quem não tem familiaridade com línguas neo latinas,tipo espanhol e francês.

    • João Carlos

      Nunca foi

  • Eduardo Jose de Andrade

    Em Super Campeões o Brasil era uma lenda e time forte,hoje é seleção 7×1.

  • Gilga

    sempre para celulares zzz

  • Jailson Santos

    Faltou o Brasil nesse trailer, o Oliver jogou no São Paulo e o sonho dele era vir pra cá.

    • Noir Fleurir

      No mangá original dos anos 80, ele foi jogar no Flamengo, porque era o time brasileiro que estava fazendo sucesso internacionalmente na época.
      Nos anos 90, mudaram para o São Paulo, que foi quem fez sucesso na década de 90.
      Não me surpreenderia se mudassem para outro hoje em dia ou se mantivessem um time genérico, já que não tem tanta importância o time em que ele joga.

      • Jailson Santos

        Não sabia disso, obrigado.

  • Noir Fleurir

    Celular? Passo.

  • C’

    hyuuga ta branco o-o-,