Disney já faturou mais de US$ 7 bilhões com remakes

Por Matheus Sousa em

Disney / Divulgação

Embora o consenso da crítica não seja de todo positivo na maioria dos casos, os remake em live-action de produções clássicas da Disney já faturaram mais de US$ 7 bilhões em todo o mundo, a partir de Alice no País das Maravilhas, de 2010, revela o CNBC.

O estúdio parece ter encontrado uma fórmula funcional para esses projetos, que arrastam multidões para os cinemas todos os anos. O primeiro da lista, Alice, já é um exemplo, tendo acumulado mais de US$ 1 bilhão, além de outros muito bem sucedidos comercialmente como Malévola, Cinderela, Mogli: O Menino Lobo e mais recentemente Aladdin e O Rei Leão. Por enquanto, o live-action com o posto de maior bilheteria é A Bela e a Fera (US$ 1,2 bilhão).

Cabe destacar que até mesmo projetos mais ”iregulares” como Alice Através do Espelho e Dumbo tiveram bons desempenhos.

Para o futuro, a Disney reserva os lançamentos de Malévola: Dona do Mal (outubro deste ano), A Pequena SereiaCruella de VilMulan.

Comentários
  • Carlos Dimitrís

    se considerar o numero de remakes ja feito. a media fica muito boa. Contudo nada espetacular, , ja que sao 7 bilhoes em 8 filmes mesmo assim a media da mais de 500 milhoes por filme entao ta nada mau.

  • toygame lan

    A questão é que as pessoas não entenderam que a versão live-action dos filmes,é algo mais realista da coisa toda.

    Rei leao mesmo muita critica foi que faltou “fantasia” no longa,mas comercialmente os filmes até que foram bem.

  • Mas toma cuidado, não sei se vc já assistiu o trailer mas muitas coisas foram mudadas tipo, não vai ter o mushu isso tudo para agrada o mercado chinês

    • Ademilson Molotrovik

      Não ligo, gosto de mudanças mesmos, sei que chamam de “Remake”, mas se eu eu sei tudo que rola no filme original não têm problema presenciar mudanças.