Doraemon já está sendo dublado no Brasil

Por Nielsen Souza em

Divulgação. © Fujiko F. Fujio / Shogakukan

Divulgação. © Fujiko F. Fujio / Shogakukan

Depois da notícia sobre a possível aquisição de Doraemon pelo Discovery Kids, trazemos agora uma informação muito importante sobre o anime no Brasil. O ANMTV foi informado que a dublagem já está em andamento.

Os trabalhos acontecem em São Paulo, no estúdio Zastras, que trabalha com a versão original do anime, tal como acontece no restante da América Latina. O estúdio, até o momento, dublou um lote de 26 episódios. Uma nova leva deverá chegar em breve.

O elenco de dublagem não será o mesmo dos episódios transmitidos nos anos 90 por aqui. A distribuidora Sato Company optou por uma renovação de vozes. Nobita, por exemplo, está sendo dublado pela atriz Layra Campos (Lalaloopsy, Quase Anjos). Demais nomes do elenco ainda não foram divulgados.

Quanto à exibição, Doraemon ainda não possui um canal fixo e nem se sabe nada a respeito do desfecho das negociações entre a Sato e o Discovery Kids. No entanto, a distribuidora brasileira também possui direitos de transmissão para todas as plataformas, inclusive, em relação a licenciamento de produtos. Caso não seja exibido na TV, Doraemon também pode chegar ao streaming.

Agora, resta torcer para que, desta vez, o gato azul finalmente emplaque no Brasil e seja um sucesso, assim como acontece na América Latina, que está muito mais a frente em relação a episódios. Atualmente estão sendo dublados 104 inéditos em HD e mais 35 filmes da série.

Comentários
  • Scott

    podia vir no CN

    • Matheus

      Já viu como é o anime? É tipo Dora a aventureira .-.

  • Ky

    Porque só os desenhos bons ter que estrear na internet, e os ruins na televisão. Se for pra streaming vai ser muito ruim de assistir, e sequer fará sucesso será um fracasso total. Só digo, só vai dar certo se for pra televisão já que por ser bem infantil nenhuma criança vai querer assistir na internet algo que poder ver na TV, e os adultos hipócritas nem ligarão em assistir por ser infantil.

    • Claudio

      Só se for vale animes pra tv aberta. A tv paga não conta e perde em numeros pra muitos que possui internet, tipo TV paga com 20 milhões VS Internet com 50 milhões usuários pelo brasil.

      • Ky

        Entenda, maior parte do público que acessa internet é composta por adultos e adolescentes que só tem interesse em ver besteira na internet, enquanto todo o resto do público infantil passa o dia inteiro vendo os canais pagos. Os canais que mais fazem sucesso comercial no Brasil são canais infantis como Cartoon Network e Discovery Kids que se encaixariam direitinho nos padrões deste anime a fim de conquistar audiência comercial, enquanto que na internet todos ignoram desenhos assim. Prova disso está Peppa Pig, um desenho feio e bobo que ninguém conhecia e que depois de passar no DK ficou famoso. Resumindo: Doraemon tem que passar na TV para conquistar audiência.

        • Claudio

          Sim é divisor a mais está tv paga. Se tiver na tv e na web de maneira oficial tip oo netflix, vivoplay , clarovidoe e outros já tá conquistando 2 espaços.

          Acho dificil animes está na tv aberta. Mas como são cobrados caros, se faz um market tipo ofereço de graça os episódios pra ser transmitidos na tv em troca de comerciais do próprio distribuidor em rede nacional que seja home video, brinquedos, campanhas de doações na web pra trazer outros animes, é valido esse tipo de estratégia de market que ganharia ótimo retorno a tv aberta atendo nas casas a divulgação dos mais de 200 milhões da população brasileira.

          Mas vamos considera que animes visto na web sem está na tv dá mais ibope. Do que é oferecido na maioria da programação da tv paga que determinadas muitas vezes a produção de cartoon, serie pela tv é de baixo custo e não se compara a um alto de anime, e outras tipo animação , series, filmes bem feita em outros países que as vezes nem chega de maneira oficial pelo brasil.

          • Ky

            Eu não falei que animes dependem mais da tv do que a internet, mas apenas que Doraemon é um anime infantil que certamente não conquistará o gosto do público maduro que está na internet. Tipo compare Doraemon com Bleach, Naruto, Shingenki no Kyojin, entre vários… Todos são Shonens e Doraemon é um Kodomo com traços tão vulgares quanto da Turma da Mônica. Para um desenho infantil dar mais audiência ele precisa mais da tv do que a internet afinal nem todas as crianças acessam internet para ver desenhos podendo logo assistir na televisão. Um canal não precisa pegar de graça para transmiti-lo, eu sei que animes são caros, mas quantos outros desenhos com preços salgados eles já não pegaram antes e continuam pegando. Achar Doraemon um anime como todos os outros com violência e obscenidade é falar demais, já assisti alguns episódios e devo dizer que é mais leve que esse lixo norte-americano que os canais vem exibindo.

          • Claudio

            Lembrando sou a favor da tv e internet, pra está os animes.

            Essa sua história Ky de canal não precisa pega de graça discordo. Motivos que são verdade e realidade …

            No caso dos canais locomtion, animax, cartoon network , fox kids e outros canais pega por preço salgado os animes só aconteceu por que donos dessas emissoras era muitos ricas, viu que não deu lucro com anunciantes mesmo com ibope satisfatorio acabaram desistindo independendo quem é pouco ou bastante rico o responsaveis das emissoras sendo as tv sim ou não fã de animes não queria ver seu dinheiro sendo queimado e ficar sem lucros.

            Que a lógica faria mais sentido em vez desses gastos altos desncessrios pagando a outros diferentes distribudores esses tais atuais e novos canais de tv seguir planos de ser distribuidores de animes.

            Se o distribudor não está conseguindo vender os animes a tv, podia oferece-los de graça na tv aberta em troca de anuncios do distribuidor exibindo nos intervalos , mais novos anuncios no gifs animados da frases , telefones , esites cantos da tela da tv na hora da programação do anime, onde ter em geral os produtos oficiais do anime.

            Vou fala uma coisa a Tv manchete comprou só exibições do Doraemon de tal outra distribuidora , exibiu incompletos os poucos episódios lá no começo dos anos de 1991. Por será que não comprou mais , acho pra época era mais caro ter as novas temporadas. E assim a distribuidora só faturou uma grana razavel com a tv, que podia fatura se talvez planeja-se vender acessórios do anime na lojas e oferece de graça o anime na tv em troca de anunciantes.

            Dizem fato real que o anime cavaleiros dos zodíago só não chegou mais cedo na tv brasileira após o fim da temporadas classicas do anime de 1986 até 1988 na tvs do japão lá pra o começo dos anos de 1989 , 1990 , 1991 , 1992 e 1993 por que pediram grana muito elevada e assim nenhuma tv aberta brasileira não o quis.

            Por muitos anos seguidos sem haver negociações, sendo assim a TOEI junto com o distribuidor samtoy foi obrigada a fatura de outra maneira com o anime, em oferece de graça os episódios de CDZ a tv manchete em 1994 em troca dos anúncios nos intervalos comercias dos mini figures actions dos personagens do anime feito pela fabricante bandai.

            Venderam tantas miniaturas dos personagens de CDZ, segundo dados a samtoy, bandai e TOEI faturou aproximadamente mais 50 milhões de reais só pelo Brasil. E mais outros faturamentos a mais conseguiu em alguns lançamentos do CDs, LPs, K7s da musica PT-BR do anime adaptado pela dubladora brasileira a gota mágica, Cinema , VHS dos movies do anime CDZ , figurinhas chicletes, balas e outros.

            Tudo isso por causa da divulgação na tv aberta com episódios oferecidos de graça , e a tv manchete faturando com muitos anunciantes que até a emissora se aproveitou em alto ibope do anime chegando colocar episódios seguidos, e ter 3 horários quase todos dias de manhã , tarde e noite. Se não fosse esse market na tv , os responsáveis do anime não ganharia esses muitos milhões, e seria CDZ mais um anime sem tanto conhecimento do publico do brasil com talvez novas vozes na dublagem brasileira estando CDZ estréiando aqui na tv paga lá em 2003 faturando um pouco só com canal cartoon network.

            Que é raro acontecer mais vezes só sei que muitos outros distribuidores de vários titulos animes deveria seguir esse método parecido de market com aconteceu com CDZ só na tv manchete em oferecer os episódios de graça a tv.

            Que acredito no mínimo tais emissoras como a rede TV!, SBT , Band, Cultura , Gazeta , CNT , Tv brasil e outras dezenas de tvs abertas aceitaria o anime de graça em ceder bloco de animes em sua grade da programação em troca de alguns segundos de propagandas dos produtos do distribuidor de tal anime e quem sabem pode dá picos de alto ibope nos horários e ter mais espaço de novos anunciantes ao canal que é melhor custo grátis, em troca do que mal negocio a pagar poucos ou muitos a programações nacionais brasileira que dá pouco ibope.

          • Ky

            Mas você não está falando coisa com coisa, como é que pode os donos destes canais já serem ricos antes e depois estarem se arrastando com prejuísos, ainda mais canais como Cartoon Network e Discovery Kids que são líderes de audiência e passam inúmeros comerciais de brinquedos e produtos baseados nos seus próprios personagens. Isso mostra que estes canais mantém a verba ainda mais de dinheiro do que anteriormente.

            E quanto ao Locomotion e Animax? A Sony simplesmente desistiu deles porque quis, já o Fox Kids foi comprado pela Disney que reformulou a grade para se adaptar aos padrões da emissora formando o Jetix retirando em grande parte dos animes que eram exibidos antes o que acabou dando em prejuízo ao canal fazendo ele decair cada vez mais ao longo dos anos até virar o Disney XD. Os canais não investem em animes porque simplesmente não querem, sendo por isso que eles andam tão decaídos ultimamente em audiência, principalmente os da televisão aberta.

            Fora que o motivo de Doraemon não ter sido aproveitado pela Manchete em sua primeira exibição foi porque não deu a audiência esperada num horário pouco acessível entre as crianças que na época se deslumbravam assistindo tokusatsus, e animes como Cavaleiros do Zodíaco, Super Campeões e Sailor Moon. Não tem nada haver com os custos, pois caso o contrário eles já teriam investido mais em Doraemon naquela época podendo estar no ar até hoje, afinal um desenho não necessita apenas de marketing para fazer sucesso e sim o que ele tem a mostrar.

            Espero ter sido bem claro.

          • Claudio

            Ky um fato real bem óbvio que pode acontecer com os distribuidores de animes tipo por exemplo o que é melhor;

            1 – O distribuidor ter a aquisição de tais animes e nunca conseguir vender as televisões . E assim o distribuidor local fica no prejuízo.

            OU

            2 – O distribuidor de tais animes oferece os episódios de graça as emissoras tvs , por troca de alguns segundos de propaganda do distribuidor, pra assim a divulgação em massa está a todos telespectadores de casa. E caso no mínimo aproximadamente mais ou menos 30 % do pessoal que assiste em fica sabendo e compra os produtos do anime. E lucro chega a mais do dobro dos direitos adquiridos da distribuição de tal 1 titulo de anime.

            Eu crédito seja o caso dacaso a segunda opção de oferece de graça o anime pra qualquer rede de tv aberta for a melhor escolha distribuidor ganha mais muita diferença nos lucros , do que a pouca diferença em ganha menos em tenta quase inutilmente em vende a tv aberta.

            Que com pouco ou muito em lucrar com satisfação de outros animes de diferentes distribuidores vai seguir planos faturamento parecido da ideia de market dos Cavaleiros do zodíaco na época da tv manchete.

            Posso aposta que falta ainda mais acontecer distribuidores de anime viveria melhor assim em aceita a permissão de ter seus animes de graça pra divulgar seus produtos de BD/DVD, Brinquedos e etc… Do que está atualmente sem conseguir vender e está na sua própria geladeira com sem contratos na tv, e capaz do dono da distribuição já que a gente todos nós não somos eternos é falecer de muita velhice o dono da distribuidora sem ter lucrado com os animes.

            E sobre a sony, turnner , sbt e outros canais só vão aceita os animes que sempre boa parte da maioria nós publico em geral, otakus, fãs , telespectadores pra está de volta a tv de tais maneiras, se o distribuidor liberar de graça os episódios por anúncios proprios da distribuidora ou donos seja qual for tv virar distribuidores. As tvs Compra só a transmissão caro dos anime de outros distribuidores acho nunca vai acontecer.

  • Apenas um Show

    Nosssa escolheram o estudio mais desconheçido e vagabundo que podia ter em São Paulo …. poderiam muito bem ter mandado o desenho para o Rio ou para algum estudio com mais qualidade de Sp como Dublavideo, Sigma, TV-GRoup… Só lamento por essa dublagem mesmo, mas torço que a série faça sucesso por aqui e que futuramente saia deste estudio com nome de cola dos anos 90 e va para Tv-Group que tem mais qualidade do que esse desconheçido.

    • Claudio

      O problema de determinados estúdios de dublagem grandes e médios de SP e RJ querem cobrar um preço alto , igual fazem propostas de dublagens com a sony, warner bros, fox , disney, nicklodoen e outras super bilionárias distribuidoras.

      A sato company é distribuidora um pouco rica que só é milionário e acho não chegar nem 1% de fortuna dessas outras distribuidoras muito ricas que citei antes.

      E ai preferiu contratar um estúdio mais barato pra Daraemon , só falta descobri qual resultado da qualidadeque acredito seja parecidos dos outros estúdios grandes.

      Que não vejo diferenças nessas maiorias dos estúdios de dublagens, usar sempre quase todos mesmos elencos de dubladores em diferentes cada estúdios de dublagens, e assim fica aquela limitação de repetição das vozes do mesmo dub e vários títulos.

      Se você estive-se no lugar deles de ser distribuidor com poucas condições financeiras , lógico escolheria um estúdio pelo menor valor cobrado, desde que aos dubs escolhidos por esse estúdio preste.

      • Nigga

        A Focus/ Flashstar não é uma das grandonas e vez um excelente trabalho em Lost Canvas com a Dubrasil.

        • SaintARMOR

          Focus/Flashstar não é uma distribuidora pequena não. Pode não ser a maior do Brasil, mas eles já existem há tempos no mercado.

    • Artur

      Já vi esse “Quase Anjos” que a menina dublou (provavelmente o mesmo estudio) e até que ficou bom pra uma novela latina.

    • Lucas N

      Você não pode ir saindo e chamando o estúdio de vagabundo só porque nunca ouviu falar dele, a qualidade pode ser boa sim. É só ver alguma série/desenho que eles fizeram, E como quer que se ele seja conhecido por muitos sendo que querem que só os estúdios em destaque façam as dublagens?
      Pense nisso rs

  • SaintARMOR

    Quem fez o Nobita na 1ª versão foi a Angélica Santos, que ainda ta bem na ativa, em todo caso, a voz da Layra não é ruim não.

    Só resta saber quem vai substituir o Zezinho Cutolo(Doraemon), e os demais personagens.

    • Claudio

      Acho que a ultima dublagem do Zezinho Cutolo recente foi em 2006 dublando o personagem cogumelo na redublagem de sp da uniarthe da animação de mario bros pra o dvd.

      Se não for o zezinho por talvez aposentadoria, acho que vai ser o Sérgio Rufino que vai dublar o Daraemon, por as vozes se parecem do primeiro dublador brasileiro .

  • Jailson

    SE FOR PRA DUBLAR AQUELA VERSÂO LIXO DOS AMERICANO MELHOR MELHOR NEM SE DAR AO LUXO DE DUBLAR!!!!!!!!!!!!!!!

    • Nielsen Souza

      Esta no texto que é a original.

      • Lucas

        Tá bem e… É pra glorificar de pé?

  • Aniimes

    Bem que a rede brasil podia adequiri…ja que o canal passa sailor moon as quintas feiras sedo spdee racer aos domingos fikaria bom a progamaçao

  • Lucas N

    É muito viajado esse desenho? Digo, maluco. Porque as pessoas tem hélices na cabeça…