Dragon Ball Super – Broly: sinopse oficial é divulgada

Por Matheus Sousa em

Toei Animation / Divulgação

Após ter seu primeiro trailer divulgado na SDDC, Dragon Ball Super – Broly também ganhou sua sinopse oficial, que revela um pouco mais sobre a história do novo filme da franquia, via CBM.

Essa é a história de um novo Saiyajin. A Terra está em paz após o Torneio do Poder. Percebendo que os universos ainda têm muitas pessoas com poderes extraordinários, Goku passa todos os dias treinando para atingir níveis ainda maiores. Então, um dia, Goku e Vegeta são confrontados por um Saiyajin chamado ‘Broly’ que eles nunca viram antes. Os Saiyajins deveriam ter sido quase que completamente destruídos na explosão do Planeta Vegeta, então o que esse está fazendo na Terra? Saiyajins que seguiram destinos completamente diferentes se encontram em uma batalha estupenda, com Freeza (de volta do inferno) no meio da batalha.

Dragon Ball Super: Broly chega aos cinemas japoneses em 14 de dezembro. No Brasil, o distribuição será da Fox Film, que ainda não confirmou uma data de lançamento.

Comentários
  • Seto Kaiba

    “um Saiyajin chamado ‘Broly’ que eles nunca viram antes”…

    Então, considerando este trecho, podemos deduzir que este seja o único filme que podemos considerar canônico?

    Já que a “Batalha dos Deuses” e a “Ressurreição de Freeza” sofreram remakes em DB Super…

    É por isso que o povo odeia a Toei, ela faz as coisas e depois ela mesmo desvalida.

    A MadHouse fez todo o anime antigo e os filmes antigos de Card Captor Sakura serem canônicos para o universo anime, mesmo fazendo malabarismos no enredo para explicar certas coisas que aconteceram no anime antigo e passaram batido no mangá original, como a destruição da casa do Eriol e construção do parque de diversões…

    Está sendo duro viver nessa época em que só o enredo original é válido como canônico para todas as mídias…

    Antigamente, cada mídia tinha seu próprio “mito” e isso era legal, pois dava para acompanhar o mangá e o anime e não se entediar, hoje em dia você escolhe um (mangá ou anime) e vê todos os defeitos e diferenças de adaptação do outro… É duro…

    É por isso que anime hoje em dia é só propaganda para a mídia original, sendo essa mangá, novel ou game. E ainda reclamamos querendo qualidade na animação…

    Que tempos vivemos, amigos…

    • Lingo

      Tem sido realmente complicado “gostar das coisas” ultimamente…
      DB msm, nem se discute mais, não se compara mais com nada (nem dentro da própria série). Não importa mais oq é canônico ou não, oq é universo alternativo ou não, não tem mais como medir diferenças de poder, nem níveis de poder, cronologia.. NADA! Foi td pro ralo em busca apenas de dinheiro… então ok!
      Eu hj em dia vejo, me divirto, e é só! Não dá mais para ter prazer de acompanhar esse universo como antes… agora vai sendo feito a toque de caixa e td mdo vai consumindo desenfreadamente oq vier… isso a longo prazo é ruim, vai tornar a série cansativa e repetitiva… paciência… é oq a “nova geração” demanda…

    • edustarman

      Os filmes de Dragon Ball Z nunca foram considerados canônicos, nem mesmo o Galic Jr. em Dragon Ball Z: Devolva-me Gohan, o mesmo personagem foi utilizado em uma saga filler no anime, a Toei realiza os filmes por um motivo dinheiro, se a historia vai ser canônica, ou não nunca foi e nunca será a preocupação dela na criação do filme, hoje temos Dragon Ball como uma enorme franquia com tantas vertentes que se torna até impossível para alguém que não está imerso nesse mundo desde do começo de separar o que é canônico, ou não, o próprio Dragon Ball GT já corre o risco de não ser mais canônico, com a chegada do DB Super, mas o interessante é que tudo relacionado a Dragon Ball, então você pode se divertir indo para qualquer media, sendo nos games com historias e personagens inéditos, no manga e no Anime, a nova forma de animação de Dragon Ball Super vem trazendo é justamente para o telespectador não perder o interesse com aquela história de agora é filler, agora não é mais, Dragon Ball é multi media, a ideia de terminar o Super sem colocar encheção de linguiça e aumentar o Hype com um personagem como Broly para o filme foi brilhante, lembrando que Toryama nunca se envolveu no roteiro de nenhum filme anterior a Batalha dos Deuses, tudo ficava na mão da Toei, ele fez o designer do Broly, mas a historia o “background” foi tudo invenção da Toei, nada mais justo que querer repaginar o personagem e torna-lo canônico de uma forma que faça sentido dentro de seu enredo que muitos consideram o cânone original , se você está lendo o manga de DBSuper verá que adaptação do Toyotaro dos eventos de DBSuper são totalmente diferentes do anime,isso é bem divertido, pois você tem dois produtos de Drabon Ball contando uma mesma historia sobre dois pontos de vista e com acontecimentos diferentes, portanto o conceito de Filler não existe em DBSuper já que o anime tem seu próprio cânone, e o manga também seguindo as diretrizes de Toryama, lembrando que apesar da participação de Toryama não ser grande em DBGT, o mesmo participou e sim dessa fase, contudo não com o mesmo envolvimento em Dragon Ball e Dragon Ball Z, e todo DBGT pode ser desconsiderado, contudo no universo dos games e até mesmo no próprio DB Heroes temos historias paralelas onde Goku Blue e Goku SSJ4 coexistem e isso é fantástico, nem tudo precisa pertencer ao cânone criado para Toryama para que seja bom, hoje a Toei , a Sheisha, a Bandai e Shonen jump podem desenvolver enredos envolvendo Goku e sua turma, nem tudo tem a obrigação de ser canônico e ter extrema qualidade, o importante é se divertir com o conteúdo, elogiar quando for bom, criticar quando for ruim, e que Dragon Ball tenha ainda uma vida muito longa.

      • Rock Lee

        Como assim DBGT “corre risco” de não ser canonico? Ele nunca foi, não é, e nunca será. Canônico é só o mangá Dragon Ball, e essas novas obras que tem o controle criativo do mestre Toriyama.

    • Zarchary Rabbido

      Dragon Ball eu nem me dou o trabalho de procurar canonização, só vejo pela pancadaria mesmo

      • Eduardo Jose de Andrade

        Também passei a pensar assim, até DB GT parece quase perfeito perto de DBS.

        • SaintARMOR

          Dragon Ball GT não é uma maravilha perto de Dragon Ball Super. Isso é a nostalgia falando mais alto.

          Dragon Ball Super tem diversos problemas, mas é muito melhor que Dragon Ball GT, e muito mais digno enquanto continuação canônica, embora também perca para a série original.

          • Eduardo Jose de Andrade

            Eu vou rever DB GT mas quando fui ler sobre ele e DBD, e canais no YouTube apontaram que DB GT é sim melhor e mais coerente com. DBZ do que DBS, eu sei que o GT não é uma maravilha mas se comparar com o Super ficou Claro pra mim, veja no canal Ramo S sobre isso: DB GT é melhor que o DBS, e sem falar que o ssj4 tem um design mais original e não trocou só a cor do cabelo do Goku base ou ssj igual é o ssj Deus vermelho e ssj Deus azul.

          • Juniorbf41

            Hey cara já postou as revistas recreio ?

          • Arthur Pouey

            vc n pode se basear num yputuber pra formar opinião,tem a sua mano

          • Eduardo Jose de Andrade

            Mas cara a partir deles eu fui comparar DB GT com DBS: design dos personagens (tipo ssj4 e ssj Deus azul, vilões, roteiro) e pra mim DB GT foi menos decepcionante que DBS, e tem mais coerência e menos furos de roteiro como sequência de DBZ que o DBS, mesmo sendo um anime filler. Por isso eu prefiro DB GT disparado mas vou rever este ano ainda o DB GT e esperar dublarem mais de DBS.

    • Gabriel Cabral

      É lastimável mesmo. Sempre detestei essa bagunça no universo dos heróis ocidentais (DC e Marvel), e agora o mesmo está acontecendo com alguns animes.

      Na minha opinião, eles deviam ter criado uma divisão de timelines, assim como a Nintendo fez com Zelda, onde em determinado ponto, por alguma razão, as linhas se separam, sendo que numa ocorrem os acontecimentos dos filmes e DBGT e na outra, de DB Super.

      Desse modo, tanto os filmes como DBGT seriam canônicos e acabava com isso de ser canon ou não.

      • Leonardo

        È facil, se não ta no manga não conta.

      • SaintARMOR

        Principalmente franquias de mecha como Gundam, Mazinger Z, Macross e outras já passam pelo mesmo processo há muito mais tempo.

        A vantagem é que o espectador pode simplesmente escolher o que assistir e o que considerar. A desvantagem é que desatentos e desinformados podem ficar desorientados e confusos.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Dragon Ball virou uma franquia infinita, igual liga da justiça ou vingadores, seja nos quadrinhos ou filmes e animações, é foda mesmo, dos meus 5 animes preferidos só o meu quinto e quarto têm um fim definitivo (Evangelion acabou mas tem esses filmes de reboot que contam outra história, e meu quarto shingeki no kyojin vai acabar mesmo e não ser esticado igual Dragon Ball, já Yugioh DM, CDZ e Digimon adventure vão ganhar mais continuações).

    • Uchiha Xander Jr.

      a “Batalha dos Deuses” e a “Ressurreição de Freeza” É DBZ… esse é o primeiro filme DBS!!!

  • Yusuke Urameshi

    Ansioso.

  • Away

    Tomara que dessa vez ele seja um monstro incontrolável que não ficou pistola por um trauma besta no berçário kkkkkkk e tomara que ele não morra tbm, espero que ele meio recobre su consciência e veja que o estão manipulando e venha para o lado dos mocinhos.

  • Rafael

    Sinceramente eu já tinha achado que teria um grande potencial de falhar.
    Normalmente, quando querem trazer alguma coisa que no passado que fez ou continua fazendo sucesso, sempre tentam reciclar e continuar mamando na teta disso e eu acredito que o filme não será diferente. É igual a Konami dando suporte o tempo todo para Yugi, Joey e Kaiba, Nintendo enfiando Kanto em tudo desde 2013, e etc. Espero MUITO estar errado.

    Além disso, Freeza de volta do inferno? Ele saiu do inferno por causa do Goku para o torneio e depois foi ressuscitado pelo Whis no final do Super. Esqueceu disso, Toei?
    E será que o filme sofrerá reboot no “Dragon Ball Super Z GT AF” que alguma hora vão inventar de lançar, ou posso assistir o filme sossegado?

    Enfim, espero estar precipitado. Vamos aguardar !

  • Léwow

    Ainda bem q o filme vai passar no Brasil dublado ano q vem <3

  • Rock Lee

    Aquilo não era canônico, DBS ignora todos os fillers, incluindo todos os filmes antes de Batalha dos Deuses e a série DBGT.

    • Akashi Seijuro

      TODOS OS FILMES fora o Broly não são canonicos

  • Caio Martins

    EU espero que broly acabe com a raça do freeza no filme.

  • Marcelo Kirito

    Eu já fico feliz em fazer parte da história oficial e ainda continuando diretamente o anime. Tá ótimo agora bora lançar logo que eu to ansioso.

  • Super Soldado

    A verdade é que DB, é o único anime depois de 30 anos que ainda tem relevância popular no mundo, a animes que ainda são lembrados mas estes para grupo ou nichos fechados exemplo de Yamato, Macross, Astro Boy entre outros.
    Os novos animes infelizmente estão segmentados a grupos fechados até o termo otaku e usado pejorativamente por alguns como o nerd foi usado no passado.
    Dragon ball consegue se livrar dessa imagem, tanto se fizer uma pesquisa mundial não duvido que o Goku atualmente não seja mais popular que o Superman,

  • Arthur Pouey

    mds q burrice