Divulgação. © Akira Toriyama / Toei Animation

Uma das estreias mais aguardadas pelo público brasileiro, Dragon Ball Super, parece que não vai demorar muito a chegar a TV, ao menos se depender da Toei Animation isso vai acontecer ainda este ano. Em uma recente entrevista publicada a um site dedicado ao mercado de TV, Daniel Castañeda, diretor de licenças da empresa disse o que o anime começará a ser exibido primeiramente na TV paga, a partir do mês de agosto. O nome do canal não foi revelado.

No entanto, o executivo foi vago em um determinado momento ao dizer que a série vai estrear no final deste ano em 2 países da América Latina, aparentemente México e Brasil, enquanto nos demais será fevereiro de 2018. Neste caso, ele poderia estar se referindo aos canais abertos.

Castañeda menciona que entre todas as séries da franquia (Dragon Ball, Dragon Ball Z e Dragon Ball GT), a fase Z sempre foi a mais forte quando se trata de audiência e que o Cartoon Network nunca deixou de exibir a franquia na América Latina. Lembrando que Dragon Ball Super já está em fase de dublagem no Brasil e México já faz algum tempo.

Confira o que mais foi falado a respeito de outros títulos da Toei:

One Piece e Digimon Tri

Algo que deixa os fãs de One Piece desanimados é o descasso com que a Toei sempre tratou a franquia. Anos atrás, a própria havia dito ao ANMTV que trazer o anime para a América Latina exigiria uma “enorme logística” por conta do excessivo número de episódios que precisariam ser dublados, além do fato de que o público não aceitaria ver nenhuma censura na série.

Promessas de que os piratas retornariam eram um tema constante nas entrevistas dos executivos ligados a empresa, e nada se concretizou. O assunto voltou a ser comentado por Daniel, dizendo agora que a Toei está trabalhando para reintroduzir o anime, reconhecido por ele como um dos títulos mais fortes do catálogo.

Já em relação a Digimon, ele destacou a remasterização em HD da primeira temporada, Digimon Adventure, a chegada de Digimon tri, mas sem dar detalhes sobre este último, que até onde sabemos, será lançado em algum momento no Brasil.

Mazinger Z

Daniel comentou que Mazinger Z ganhou remasterização em alta definição para comemorar o aniversário da franquia e o lançamento do novo filme. A série já conta com 51 episódios em HD, os demais chegarão em 2018. A estreia de Mazinger Z na América Latina acontecerá antes da estreia do longa-metragem.

Streaming e TV

Por último, Daniel declarou que as emissoras de TV costumam fechar acordos com grandes estúdios e que isso não deixa muito espaço para o conteúdo da Toei, mas sempre que possível, estão negociando e fechando acordos com boa parte dos canais.

No caso das plataformas de streaming, existem conversas em andamento, mas nem todos os animes são apresentados para venda, já que a TV paga tem prioridade neste assunto, além do mercado de home-vídeo. Um exemplo citado por ele são filmes baseados numa determinada série, primeiro é lançado nos cinemas, depois em DVD e algum tempo depois é a vez do streaming.

  • Kaio Nathan Carvalho

    Até que enfim boas notícias!!
    Tô bem feliz com a TV paga, Cartoon adquiriu 2 animes novos,Sun e Moon e Beyblade Burst,e agora me vem essa notícia que DBS vai chegar em agosto.Espero que esses animes façam bastante sucesso, pra aumentar cada vez mais a compra de outros animes e em outros canais.Gente,por favor,eu peço,ASSISTAM NO CANAL.Deem audiência, pra que venham mais animes.
    Tentem evitar a pirataria.
    (Desculpem pelo textão)

    • João Carlos

      Eu sempre esqueço de assistir a Beyblade Burst…

    • Zarchary Hale

      Bom, Pokemon não fede nem cheira sempre teve o CN então só Beyblade que conta msm

      • Kaio Nathan Carvalho

        Pois é.
        Mas eu me surpreendi com a rapidez que veio Sun e Moon.
        Pra mim só ia chegar daqui a uns 2 anos ou mais pelo descaso do CN.

  • Tyrion Lannister

    Praticamente revelou que será no Cartoon Network, mas acho que vai ser num horário maligno! Lá após a 1 da matina.

    Sobre One Piece, era o esperado, 800 episódios para dublar seria uma pequena fortuna gasta, sem certeza de retorno.

    Se eu fosse da Toei, dublaria até o final da Saga Alabasta (episódio 150) em HD e lançaria em BD/DVD e em algum canal como a Rede Brasil (Seria melhor SBT ou Cartoon se desse) para testar a repercussão. Se valesse a pena continuar, continuava, mas não desse certo, fecharia o caixão de vez.
    A saber, que o sucesso depende mais da venda de bugigangas (brinquedos e mídia) do que audiência na TV!

    Já Digimon, acredito que a versão HD logo estará pintando por aqui, talvez na Rede Brasil.
    Porém Digimon Tri, se ganhar dublagem e lançamento em streming e DVD já estaria ótimo! Duvido que possa passar em alguma emissora de TV aberta ou fechada!

    • então no caso da TV aberta deve ser pela rede Brasil porque eles querem que o produto vá ao ar e já que ela já tem as duas de maior peso pra empresa sendo vinculador e capas que vá mesmo para lá

    • Akashi Seijuro

      “…dublaria até o final da Saga Alabasta…”
      Exatamente. Mas, tem que pegar a versão Japa. Aquelas censuras são de doer.

      • Kai Takeda

        Concordo,principalmente quando censuram as cenas de sangue,fala serio,elas são necessárias para mostrar o nivel de dificuldade que os chapéus de palha enfrentam.

      • SaintARMOR

        Mas a ideia é exatamente esta.

    • Kai Takeda

      As chances de Digimon Tri ser exibido em algum canal infelizmente são poucas,por isso é mais provável que seja lançado (e dublado) em streming mesmo,com tanto que seja dublado,a essa altura eu nem ligo.

  • Será que vale apena? … Trazer One Piece.

  • Caio Martins II

    dragon ball super em agosto na tv paga no brasil? nao acredito vou ter um ataque no coraçao agora em 1, 2 e 3 morri !

  • Bigodão

    Como o CN vai exibir Dragon Ball Super antes da saga de Majin Boo de Dragon Ball Kai por isso eu digo que isso e suspeito e que não e o CN que vai exibir.

    Acho que vai ser outro canal.

    • Poxa… Disney XD seria um sonho…

      • Fernando

        Esse ai não ,sinto muito mais eu suspeito da Play TV depois que eles andaram tendo contato com a Toei Animation que o ANMTV disse eu agora suspeito deles.

        Quem sabe né vamos esperar para ver quem e o canal que vai exibir, eu mesmo torço que seja pela Play tv pelo fato deles não censurar o anime já o CN censura .

        • Melhor nem criar esperanças na PlayTV em exibir isso. O que falaram aqui já mostra que o que a Play falou sobre a Toei não passava de enchimento de linguiça.
          Provavelmente vai ser o CN que vai exibir isso.
          https://uploads.disquscdn.com/images/0cf5be66cdcfea65cd9d9296102fef9109feba34ce16991e90d6f8b5635421e5.png

        • Victor Mendes

          Acho que a rede Brasil é o mais cotado…até pq eles fazem propagandas daqueles colecionáveis direto…n sei se a playtv faz tbm…mas isso já é um avanço para eles exibir em animes e fazer propagandas dos produtos…quem foi da época da extinta manchete sabe que durante a exibição de cdz, rolava muita propaganda dos brinquedos da Bandai….é isso estava no acordo, só que n imaginaram que cdz ia virar uma febre nacional…

    • Victor Emannuel Andrade

      Pois é, até porque Drago Ball Kai: The Final Chapters já foi dublado também, no Brasil.

    • Perigoso ser a Band. hehehehe

      • claudio

        Ouvi fala que a band lançaria mais um novo canal pago, antes do grupo simba lança os canais pagos da record, sbt e rede tv!, quem sabe seja talvez seja novo canal juvenil de um dessas programadoras de canais de tv por assinatura.

        • Eu não ouvi falar dessa história. Além disso, a Band mal está dando conta do que tem e vai criar mais um? Não sei não, hein?
          E quando a citei, me referi ao canal aberto mesmo! hehehe

          • claudio

            Dizem que o motivo pra mais um canal, que o band sports vale pouco pra as operadoras e querem reduzir e porque é quase um canal de debates de mesas redondaa , noticias esportivas, vts e poucas competições ao vivo.

            E o canal se chamaria band kids que esse projeto durar mais de 10 anos pra ter um canal juvenil que foi noticiado foi no jornal da folha de SP.

    • Anarcopunk Heroi.

      Não há certeza de que será pelo Cartoon, por que o Kai foi dublado em 2015 e até agora não foi exibido!!

      • Juniorbf41

        cartoon mesmo.

    • Juniorbf41

      é simples irão exibir DBSe ignorar o kai se tratando do cn nem é surpresa.

  • O Brasil é citado junto com o México, senão fosse nem teria colocado.

    Ele foi confuso neste aspecto porque deu como certo a TV paga em agosto e depois falou individualmente em territórios, o que neste caso entende-se como TV aberta.

  • Adoraria outros animes mais desconhecidos, mas de inicio tá bom.

  • Dark Leon

    Acho que vai para a Netflix pegando todos de surpresa.

    • Será exibido na TV, não no streaming.
      Você chegou a ler o post todo?

      • Dark Leon

        Mas eu me refiro a depois da exibição no CN provavelmente Dragon Ball Super vá pra Netflix junto com Dragon Ball Kai.

  • Eduardo Jose de Andrade

    A notícia do ano aos animes pra será:Digimon adventure HD e TRI dublados na netflix/Crunchyroll.

  • Thiago Lima

    Tomara que a CN coloque o horário de DBS depois dos animes de Beyblade e Pokémon para fazer um “mini-bloco de animes “!

    • Acho difícil, mas seria uma boa pra destacar o anime no Brasil, melhor que uma exibição nas madrugadas.

  • Thiago Lima

    Quem fez a voz foz Kuririn já que o Fabio tá em Portugal?

    • Thiago Calligopoulos Barutti

      Fábio Lucindo voltou para o Brasil no começo desse mês, a dubladora Tânia Gaidarji (Bulma) tirou foto com ele e postou no facebook, creio eu que ele voltou para dublar o Kuririn

      • Caio Martins II

        foi o yuri chesman que dublou o kuririn em dragon ball super

        • SaintARMOR

          Se fosse pra substituírem o Fábio escalariam o Alex Minei que dublou o personagem na fase Buu na Sigma, e não o Yuri, que já tem outro personagem fixo em DB, o Goten adulto, ainda que este não tenha aparecido até agora.

          E o fato de você não dar fontes mostra que deve ser só achismo.

          • Thiago Lima

            Talvez se o Alex não puder dublar ele, eu acho que o Yuri daria conta já que o Goten adulto não aparece nessa temporada!

          • Curiosamente era o Chesman o responsável pela voz do Kuririn na criticada redublagem do filme Battle of Gods lançada em DVD pela Paris Filmes.

          • SaintARMOR

            E essa tal versão não é parâmetro pra alguma coisa, eu devo ressaltar. Duvido que baseiem alguma das escalações de DBS nela.

          • Também duvido muito. A maioria dos dubladores que estavam no elenco dessa redublagem nem devem trabalhar na Unidub até aonde eu sei v:

          • SaintARMOR

            Na verdade a maioria até trabalha sim, fazendo pontinhas e papeis pequenos, mas trabalha. Agora, eu duvido que o Wendel vá basear alguma escalação naquela versão.

          • claudio

            Se for escolhe pelo timbre de voz parecido do lucindo e preferia o rodrigo andreatto dublando o kuririn.

        • Thiago Lima

          Se me lembro bem é ele que dublou o Gaara e o Saitama… voce pode me dizer onde conseguiu essa informação ?

          • Caio Martins II

            sim ele mesmo

        • Juniorbf41

          não foi o Fabio Lucindo mesmo.

          • Caio Martins II

            MARAVILHA

      • Thiago Lima

        Ah não sabia disso ! Obrigado pela informação!

  • SaintARMOR

    Só lembrando que esse Daniel Castañeda trabalhava originalmente na Cloverway, que originalmente trazia as séries da Toei para o Brasil até 2006 além de vários outros títulos de outras distribuidoras. A Cloverway historicamente sempre teve mais cuidado com os licenciamentos que a Toei trabalhando diretamente. Só por isso eu nem fiquei realmente surpreso com o que ele disse à respeito de One Piece por exemplo.

    Se a Toei Animation Latin America tiver agora uma gestão minimamente parecida com a que a Cloverway tinha entre 1999 e 2005 já será um lucro danado para nós.

    • Lembro que a PlayTV pegava muito anime dessa distribuidora na época de sua existência. Quem me dera se essa empresa ainda existisse…

  • Zarchary Hale

    Deve

    • Juniorbf41

      em Agosto no Cartoon Network

  • Zarchary Hale

    Ainda acho que não valeria um troço mt maçante com mais de 700 Ep é demais perde até a vontade ainda mais em um Canal Infantil

    • Bruno

      Parei de ler em “maçante” rs. Claramente nunca viu One Piece.

      • Zarchary Hale

        O problema é seu colega :P se você gosta da obra, mas em sumo vendo expectativas de audiência seria perca de tempo por ser algo mt comprido de se acompanhar e seria mt custo manter algo que nem sabemos se teria audiência e “Maçante” está certo se caso você acha que não está :P

        • Bruno

          Que tal ASSISTIR A OBRA PRIMEIRO, antes de opinar? Dá pra ver claramente que você nunca assistiu e se basear apenas em “expectativas” pra definir a obra como “maçante” não é muito legal.

          • Thiago Lima

            OP não daria audiencia por causa que 99% do público iria assistir legendado e a obra tem algumas sagas meio “chatas” de se acompanhar e eu sei bem disso já que eu assisti o anime, assim o público que estaria assistindo abandonaria a ideia de ver dublado ou porque já viu aquilo tudo legendado ou porque seria algo muito cumprido de se acompanhar. Não que eu desmereça essa obra que é fantástica, mas sinceramente OP não é algo muito comercial no Brasil, só otaku assisti, diferente de animes como DBZ e Pokémon que faz jovens e adultos se interessarem mesmo não sendo fãs da cultura japonesa

          • Juniorbf41

            one piece seria esperdiçio de dinheiro nem eu iria assistir,assim como grande parte do publico.

          • Zarchary Hale

            Você gostando ou não não é questão para o Marketing algo de tamanha duração e sem prévia de acabamento é perca de Dinheiro :P

    • Pokémon tem mais de 700 episódios e é exibido num canal infantil por aqui, meio contraditório esse comentário.

      Além de que se for comparar OP e Pokémon, One Piece é superior em audiência e enredo. OP nunca saiu do TOP 10 semanal de animes mais assistidos no Japão.

      O mangá é o mais vendido, tendo até sido registrado no Guinness Book por tal mérito. Você pode até não gostar da obra, mas os números e fãs comprovam o quão boa e rentável ela é.

      Então sim, valeria a pena investir nela no Brasil, se na época que o anime veio pra cá e passou no CN e SBT não tivesse sido a versão da 4Kids, o resultado teria sido bem melhor.

      • Juniorbf41

        isso daaí é outra historia.pokemon é exibição continuassem reprisaros episódios antigões como novela one piece foi interrompido e agora..

  • Anarcopunk Heroi.

    Tipo Naruto Shippuden tem 500 eps e esta sendo dublados, se a Viz consegue pq a Toei Não… Sem dizer que uma forma de popularizar o anime aqui de novo era Trazendo os Filmes: desde a Ilha dos Animais até Strong World, Z e Gold.
    Agora Digimon aqui é uma Frescura, 2009 o Savers foi dublado pela metade e só em 2011 que retomaram o anime no Brasil!! o Digimon Xcross Wars foi lançado em 2011 e só veio pro Brasil em 2014 e com outro nome e trilhas sonoras alteradas junto de encerramento e abertura, a Toei que tá dificultando a vinda dos animes quando entrega na mão da 4KIDS que mete uma censura merda na cultura japonesa!!

    • 4kids não existe mais já faz muito tempo. A Saban que é a culpada pela estraçalhada que fizeram na penúltima série de Digimon.

      • Thiago Lima

        Já que 4kids não existe mais, quem distribui One Piece nos EUA atualmente?

        • A FUNimation é parceira da Toei por lá, ou neste caso detém os direitos da série. Se um dia for relançado de fato aqui, de alguma forma teria o envolvimento dela. Ela não censurou One Piece, suavizou o mínimo possível segundo dizem, mas parece que nem foi nada demais até.

          Numa conversa com a Toei ano passado, me disseram que se trouxessem One Piece teriam que ou usar a versão original do Japão, mas era algo quase descartado, ou então utilizar as cópias da 4Kids e depois a da Funi.

          Acho que a única vez que vi críticas a Funi foi na época do DBZ Kai, que segundo relatos da época, houve intromissão dela na dublagem. Senão me engano os latinos relataram que eles queriam a voz do Goku fosse igual a da versão americana.

          Curioso é que a Toei nunca distribui seus animes nos EUA e sempre faz acordos com grandes distribuidoras locais, quando alguns títulos são modificados por lá, automaticamente se chegam na América Latina vem do mesmo jeito que os americanos editaram. Exemplos temos vários como Zatch Bell nas mãos da Viz, Digimon Fusion com a Saban.

          • Thiago Lima

            Então caso um dia OP volte pra as terras tupiniquins, provavelmente veremos algumas censuras do 4kids e posteriormente sumiriam graças que quem distribuiu o resto foi a Funi. Mas mesmo assim seria possível que algum canal o censurasse, certo? Por exmplo a CN.

          • Um anime pode chegar sem ou com censura, mas o canal pode exibir como bem quiser (editar ou não).

          • Juniorbf41

            pois é e o CN faz isso direto

          • João Carlos

            Na realidade o anime inteiro viria da versão FUNimation, ja que ela redublou o anime inteiro

          • SaintARMOR

            O ideal é que nem essas masters da 4Kids tivessem que vir pra cá. A série tem que vir do zero para o Brasil e sem cortes.

            Pelo menos a empresa hoje ao que parece sabe que os fãs latinos possuem asco de censuras e cortes. Já é um avanço.

          • Juniorbf41

            verdade,mas do que que adianta se canais como o CN continuam com as mesmas censuras hein.

          • Juniorbf41

            sim o CN obviamente iria tacar a censura isso é certeza então nem vale a pena.

        • A Funimation, desde 2007.

      • Anarcopunk Heroi.

        A 4kids ainda existe, esta apenas sobre um Embargo!!

        • Existem os sucessores 4Licensing Corporation e 4K Media, mas não mais 4kids. Só mudaram os nomes.

          • A 4Kids, junto com outras duas empresas, compõe a 4Licensing.
            A 4K Media apenas acolheu a antiga equipe. Mas não tem ligação estreita com a antiga licenciadora, já que é de propriedade da Konami.

    • As coisas só são desse jeito justamente por haver conflito entre as culturas oriental e ocidental, não esquecendo também de que a visão que os japoneses tem de uma série animada não é a mesma que os americanos tem.
      Além disso, uma coisa é fã criticar essas censuras. O problema é que essas empresas não trabalham pensando nos fãs (ou só neles). Eles pensam além: no público como um todo, que apenas quer um produto de entretenimento pra apreciar. E você sabe que o público leigo é chato, não é? Se ver uma coisinha que eles julguem erradas, eles vão encher o saco, com certeza! Claro que tem empresas que se aproveitam e cometem erros (destinam equivocadamente um público-alvo para aquele produto por causa do “olho gordo”, sendo que na verdade o produto não era pra ser destinado a esse público), mas no geral, quando se lida com um público mais abrangente, todo cuidado é pouco. E daí é duro agradar “gregos” e “troianos”, não é?

      • Anarcopunk Heroi.

        Talvez, mas o problema é que os outros países acabam sendo obrigados a comprar versões americanas desses animes!! é ridículo, a verdade é que quase ninguém gosta do Sonic X da 4kids então não é questão de Gregos e Troianos mas sim sermos obrigados a ver uma cultura esmagando outra, sendo que nós não temos a mesma frescura dos EUdenses quanto as costumes e somos obrigados a consumir a mesma coisa que consomem !!

    • Juniorbf41

      nisso daí eu concordo ninguém suporta essa bosta da 4Kids deveríamos era boicotar ela,ninguem merece aquela bosta que só sabe meter a censura em todos os animes que toca pe insuportavel

      • Anarcopunk Heroi.

        Exato, tem que deixar essa empresa na merda, e não aceitar contratos que obriguem a compra de conteúdo revisado por eles!!

        • Juniorbf41

          exatamente não podemos aceitar isso essa empresa que mutila animes assim viu !

          • Anarcopunk Heroi.

            Multilar é pouco, ela destrói, norte americaniza e desapropria a cultura exterior!!

          • Juniorbf41

            é isso é verdade,realmente mutilar é pouco,tá mais pra transformar em um outro programa bem ruizinho se comparado com o original.

          • Anarcopunk Heroi.

            Tudo por causa de frescura!!

  • Anarcopunk Heroi.

    Estamos Esperando!! Mas acho que se for pra algum Canal será a Band!!

    • Juniorbf41

      pois é o cn ta nem aí.

      • Anarcopunk Heroi.

        Ah kra o kai saga Buu ta dublado faz tempo mas o Cartoon não compra, já a Band tá reprisando muito então as chances são a TV aberta!!

        • Juniorbf41

          a cartoon deve ter mais não vai exibir vai só exibir o super e pronto viu !

          • Anarcopunk Heroi.

            Acho que não, eles deixaram o Super fora tanto tempo, exibiram menos de 1(4 dos episódios e depois fizeram umas edições malucas nos eps!!

          • Juniorbf41

            a cartoon não é tão inteligente assim,eles não conseguem manipular o anime sem uma empresa como a viz media ou a 4kids,de qualquer jeito a dublagem está intacta.

  • Cartoon Network já está atualmente exibindo Dragon Ball, mesmo com o horário inacessível. Provavelmente vai ser exibido pelo canal mesmo. Ela não é tonta de que querer perde audiência.

    • Juniorbf41

      e vão exibir o SUper

  • Pedreira Guilliman

    a dona da Cartoon BR e LA ja deveria ter começado a planejar a volta do toonami por essas banda, a busca por animes tem se tornado alta na TV daqui

    e a pirralhada ja esta mostrando sinais de que ben10 e teen titans ja deu o que tinha de dar

    • João Carlos

      E que sinais são esses? Porque eu nao percebi nada…

      • Juniorbf41

        ele acha que só por que tão pegando animes como beyblade burst,voltando com o Kai e agora estreando o Super em agosto na hora pensam que o toonami esta voltando é burrice e tristeza pensar assim,por isso mesmo eu abandonei os animes,agradeçam ao cn por isso.

  • Rafael Araújo

    Na minha opinião os animes acima citados com certeza vão ser exibidos na Rede Brasil. Na Cartoon Network,eles vão exibir de madrugada e ninguém os verá, o mesmo caso seria na Band, no SBT, no Disney Channel e no Disney XD.

    • Thiago Lima

      A RB não tem dinheiro para trazer eles

      • Rafael Araújo

        Pode até ser que seja isso, mas de pouquinho em pouquinho a Rede Brasil possa adquirir aos poucos os animes acima já citados. Espere a crise financeira passar e vc verá Thiago Lima.

        • Thiago Lima

          Bom caso todos nós dermos a audiência desejada é bem provável que ela adquira, porém não depende só da situação econômica do país, já que uma empresa pode falir durante um boom econômico ou se tornar gigante em meio à crise (Geraldo Rufino por exemplo) e isso vai depender da nossa contribuição!

          • Juniorbf41

            pois é infelizmente o anime irá pro CN

    • claudio

      Talvez dragon ball super e outros animes vai pra outros canais do grupo turner e por exemplo o tooncast, isat , tnt series, tbs pra força vende esses canais as operadoras grandes, medias e pequenas que não tem essas emissora por enquanto e consegue vende em perto futuro proximo por causa da grade de programação , e se for e acho coloque os animes em horario melhor sem ser de madrugada.

      • Juniorbf41

        bom Dragon Ball Super nós já sabemos que irá para a cartoon network.

    • “Com certeza” também é forçar demais a barra.
      Por enquanto, o canal só se interessou pelo Dragon Ball Super, mas será que a Toei está satisfeita com os resultados que dois dos animes mais populares dela estão dando na RBTV?

    • Juniorbf41

      vai ser no cartoon network aceite isso.

      • Rafael Araújo

        Eu já aceitei esse fato faz é tempo.

        • Juniorbf41

          ok tudo bem então viu.

          • Rafael Araújo

            Blz!

  • Fernando Alves

    Cartoon Network poderia pegar Saint Seiya Omega, é um excelente anime para crianças a adolescentes.

    • jaiden chiba

      Mas CDZ Omega tem um pouco de sangue,referencias a terrorismo e
      criminalidade juvenil que embora sejam aceitáveis para familias japonesas
      seriam muito fortes para os canais infantis brasileiros-mesmo que estejam
      promovendo o novo filme dos Bayformers por amarem dinheiro.

      • A série original tem um pouco disso também, então está no 0 a 0. hehehe

        • Juniorbf41

          acontece que hoje em dia o CN não quer nada que tenha violência sem censura a não ser que seja algo da mattel.triste mas é a realidade ne viu !

  • Gustavo

    Não duvido nada que possam exibir os dois um depois do outro,já que fazem isso lá no Cartoon dos EUA

  • Dio Brando

    Uma grande pena optarem pela TV Paga ao invés do Streaming. Já estou acompanhando Dragon Ball Super legendado e queria ver novamente dublado, mas no Cartoon Network é osso demais, horários desrespeitosos, censuras desnecessárias e tantos outros problemas. Fica muito difícil ter vontade de assistir dessa forma.

    • Juniorbf41

      infelizmente será no Cartoon Network,e o horário até que está bom na verdade.

  • thiago

    e dragon ball kai saga boo tem dublada?

    • Thiago Lima

      Tem mas até agora parece que nenhum canal quer exibir :(

      • Juniorbf41

        exatamente nem o CN irá perder seu tempo.

      • thiago

        po sacanagem é pra fica certinho igual outros animes

  • Noir Fleurir

    Streaming é a solução. Traria muito mais retorno, já que a maior parte das pessoas tem acesso mais fácil à internet do que disponibilidade para ver algo em determinado horário na TV, uma mídia que está assumindo cada vez mais um papel complementar do que sendo a principal como outrora.
    O público numa exibição por streaming seria muito maior, seria consumidor em potencial de mais produtos da empresa, visto que as pessoas poderiam ver na hora que quisessem sem gastar uma fortuna para pagar TVs por assinatura que custam os olhos da cara (e desrespeitam a vontade dos consumidores) ou adquirir mídia física, que se tornou algo um tanto ultrapassado. Enquanto isso, um canal pago exibiria a série por algum tempo, num horário esdrúxulo, depois tiraria do ar por fim do contrato (e pelo preço para renová-lo), dizendo que não teve o ibope esperado (parece uma desculpa típica da Turner).
    Eu simplesmente não entendo a insistência com formatos de mídia ultrapassados e menos rentáveis atualmente como prioridade da Toei, visto que só o preço e a falta de comodidade já afastam os consumidores. Sem contar a dificuldade de corrigir erros no marketing do produto ou no próprio produto. Por mais que a TV e a mídia física ainda sejam a preferência de muitos, Netflix, Steam e outros serviços/lojas similares já mostraram com clareza que o caminho dos lucros agora é outro.

    • Até concordo que streamings podem valer mais a pena que TV, mas isso depende de como os canais tratam a série que compra. No caso de animes, são poucos os canais de TV que os exibem adequadamente, como a PlayTV ou a Rede Brasil, mas o que atrapalha é o destaque que esses canais praticamente não tem.
      É chato quase ter certeza que Dragon Ball Super vai ser exibido no CN, cujo canal vive exibindo séries que não são de produção própria em horários quase que inacessíveis. E a Band, que faz a mesma coisa com séries como DBZ Kai e Power Rangers? Espero que não comprem, senão acabam deixando na geladeira e só exibem anos depois em plena 6 da manhã de sábado ou na madruga.
      Atualmente só temos o Disney XD/Disney Channel de canais de destaque que exibem Yo-Kai Watch adequadamente e ainda tem produtos licenciados dessa franquia sendo vendidos atualmente por aqui.
      O que mais falta aqui é uma administração melhor de alguns canais de TV como o CN, pois eles estão precisando, e muito.
      Outra coisa que atrapalha muito é a falta de consideração das distribuidoras de animes. A PlayTV é o canal que mais gostaria de melhorar sua programação de animes com mais títulos, mas a maioria das distribuidoras não são nem um pouco amigáveis com o canal. Por esse fato, dificilmente veremos um anime da Toei pintando na programação da Play um dia. Os altos custos de uma simples série de anime atrapalha muito a esperança de aparecer um anime novo na PlayTV. As distribuidoras não tentam perceber que o canal não tem uma renda muito boa mas é praticamente um dos únicos na TV que realmente querem investir nesse meio.
      Outra coisa a se destacar são os animes infantis. Doraemon, por exemplo, quase iria na programação do Discovery Kids, mas o canal acabou recusando. Por isso, o anime acabou parando no catálogo da Netflix, mas só com a primeira temporada e nunca lançou mais outras, e depois de um certo tempo saiu do catálogo. Depois disso o anime foi pra diversos outros streamings, depois foi parar no YouTube, com o mesmo número de episódios. Acredito que se fosse parar no Discovery Kids mais temporadas seriam dubladas e exibidas.
      Outro anime a se destacar é B-Daman Crossfire. Se esse anime tivesse ido para a TV ao invés de ir para a Netflix, acredito que ao menos teria comerciais dos brinquedos da série pela Hasbro.

      • Exatamente.
        Streaming não é garantia de nada. Se o público não conhece o anime, ele não necessariamente se sentirá atraído por ver algo que não conhece (ou que muitas vezes não lhe interessa), quando se tem mais coisas pra ver. Isso compromete pra muita coisa que está lá.
        Na TV, se fosse feito do jeito certo, além de atrair a atenção de mais gente (uma vez que pra boa parcela, ele não tem muita opção ou acha mais cômodo assistir naquele bloco ou naquele canal), a própria pontuação do IBOPE acaba sendo um indicativo de popularidade, que o mercado publicitário sempre leva em conta. Mesmo que a precisão não seja garantida, é um parâmetro que nunca é desprezado pelas emissoras e pelos anunciantes. Na Netflix, já não é garantido, primeiro, porque o próprio serviço não fica disponibilizando esses dados da mesma forma que o IBOPE faz.

        Claro, considerando que o canal seja uma das 5 grandes da TV Aberta, a repercussão entre o público em geral (que é o que importa), é praticamente garantido (quando feito do jeito certo, vale sempre destacar). Se for dos canais mais representativos na TV Paga (CN, Nick, Disney XD), já diminui um pouco, mas também tem sua parcela de garantia. O resto (PlayTV, RBTV, etc.), acaba ficando no 0 a 0.

        • Noir Fleurir

          Streaming pode não ser garantia de nada, mas depois de tantas tentativas falhas na TV e do sucesso de serviços como Netflix e Crunchyroll, já está na hora de mudar o foco. Errar é humano, mas insistir no erro é burrice.

          Esse negócio do “jeito certo” parece muito fácil de dizer e fazer, mas a questão é que os responsáveis pela programação de um canal infantil são senhores que veem os produtos igualmente, não importa se é Dragon Ball ou se é um desenho dos Ursinhos Carinhosos. Sequer se importam com a qualidade da dublagem quando eles podem decidir onde fazê-la. Para eles, é tudo para criança, elas “não percebem a diferença”. Então por que se importariam em fazer “do jeito certo” algo arriscado se podem investir em originais por praticamente preço nenhum e vender produtos deles?

          Tentar uma mídia nova me parece mais coerente do que esperar que o perfil e a visão de mercado desse pessoal mude de uma hora para outra.

      • Juniorbf41

        infelizmente o tal canal era o CN.
        isso já era meio obvio eu mesmo tinha certeza que iria pro CN ainda mais quando vi Brasil e América Latina,é ruim estar certo nessas horas,mas pelo que parece o CN até vai dar um tratamento especial pro anime fez até chamada mas mesmo assim certeza que durara pouco pois conhençemos bem o canal

    • O público numa exibição por streaming seria muito maior

      Em que sentido ou em base de quê você diz isso? Não é bem o que parece, não.

      Eu concordo que os serviços de streaming devam ser valorizados, mas não acho que negligenciar a ainda principal vitrine desses produtos (a televisão, especialmente a aberta) seja benéfico para os próprios produtos.
      É tudo questão de fazer do jeito certo, coisa que não acontece hoje!

      • Juniorbf41

        infelizmente animes não tem mais espaço na tv aberta e pelo visto nem na tv por assinatura.

    • Juniorbf41

      isso mesmo concordo o pessoal que ve o streaming é muito alto.

  • Away

    Bem que one piece poderia vir pelo Netflix ou Amazon Prime , pois pela quantidade de episódios com certeza haveria muitos cortes para poder ser exibido na tv aberta

    • Juniorbf41

      pois é,só que o publico não quer nenhuma censura,querem todos os episódios dublados.

  • Juniorbf41

    exatamente,vivemos em uma nova era a era digital os meios de comunicação estão evoluindo é questão de tempo para que a televisão se torne um objeto obsoleto.

  • Juniorbf41

    vai ser no cn em agosto pode espernear a vontade.