Fate/stay Night celebra seu 15º aniversário

Por Matheus Sousa em

Type-Moon / Divulgação

A franquia Fate/stay Night, da TYPE-MOON, celebrou ontem (30) seu 15º aniversário. Hoje, a marca se mantem ativa, com animes, jogos, mangás, peças teatrais e muito mais. E para comemorar, o criador Kinoko Nasu está promovendo um evento especial de aniversário para os fãs.

Type-Moon / Divulgação

Primeiro, um site temático (Fate-15th.com) que manterá os fãs atualizados sobre os eventos ao longo deste ano, que traz ainda, homenagens e comentários de outros importantes nomes da indústra do anime.

Além disso, haverá exposições no Japão com materiais utilizados pela série ao longo dos anos e lojas especiais para a aquisição de produtos.

Comentários
  • Yellow Hair

    15 anos de uma franquia se f@#$% no Brasil por culpa de certas empresas

    • Sasuke ペ ン ド ラ ゴ ン

      Vdd, já não bastasse a dublagem feita pela extinta *max, oh tal de “Sabre”, agora é esse com suas dublagem muito duvidosas! A franquia de Fate é tão popular aqui, e eu acho q é uns dos animes mais fácil para Dubla, e msm assim se c*c.

  • Seto Kaiba

    As melhores coisas de Fate são o anime de 2006 e os jogos Ataraxia e Grand Order, o resto foi no fluxo. O jogo original foi regular e apenas explodiu em fama por causa do anime de 2006.
    Fate Zero também foi legal, mas o desfecho foi fraco. O Fate SN da ufotable tem uma arte “linda” (para os outros), mas por alguma razão nunca me convenceu…
    O anime e mangá da Ilya foram legais, mas é uma imitação descarada de Pretty Sammy, o spin-off de Tenchi Muyo.
    Os animes de Apocripha e Extra foram decepcionantes.
    E no final a Type Moon só está viva ainda por causa de Fate, porque ela não lança nada que preste há mais de 10 anos.
    E mais Fate no Brasil? Desnecessário. Já tivemos 3 animes dublados de forma hilária, além de Zero e Ilya estarem legendados nas plataformas digitais.
    Só o jogo Grand Order poderia vir pro Brasil, mas já que não seria em real time com o Japão o povo iria reclamar. Os eventos da versão americana têm um atraso de 2 anos comparado com a versão japonesa!!!! Aliás, no Japão, o jogo já entrou em seu último arco. E Grand Order vai se consolidar como o produto de mais sucesso da franquia disparado.

    PS: Pensei que só eu achava a Alice de SAO uma cópia descarada da Saber original…

    • Snøw

      Porque os eventos da versão americana tem essa diferença enorme de tempo pra versão japonesa?

      • Yellow Hair

        Sim… Fora a controvérsia de mudanças no nome da Arthuria para Altria

    • Edenilson Pontes

      Já eu nunca gostei muito do fate de 2006, sempre achei ele um dos mais fracos da franquia.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Cara penso praticamente o oposto dos animes de Fate contigo, o fate de 2006 achei o mais fraco, até o UBW mesmo com a a segunda parte que me decepcionou achei melhor, o Zero é o que mais gostei e até re-assisti no mesmo ano que (2018) o Apocrypha gostei mas a história é bagunçada mesmo, extra encore não vi ainda.

    • Sir Evil

      O visual novel de Fate/Stay, antes do anime, quebrou records de vendas para um eroge o que evoluiu para o anime em 2006.
      Fate Zero e prequel, é para dar mais lore a franquia, e para quem jogou todos os jogos e assistiu aos animes, Zero acrescenta em muito, nada de fraco.
      Questao de arte é gosto, mas não convencer, aí já é problema seu, a animação de Ufotable é toptier. “Anime de Illya”, Fate/Prisma Kaleid Liner Illya começou com um projeto não oficial, e Typemoon acabou reconhecendo e acrescentando à franquia, não tinha intenção alguma de ser imitação de nada.
      As adaptações de Apocrypha e Extra foram abaixo do esperado, mas para o público japonês, que e quem investe na franquia lá, eles curtiram.
      “Typemoon não lança nada que preste” ao seu gosto filhão, sai da bolha aí, não e você quem dita o mercado…
      +Fate no Brasil seria muito bem vindo, a franquia nao é muito conhecida fora do Japão.
      Quando a Fate/Grand Order, jogo o japonês a quase 4 anos, essa história de último arco não é bem assim, traduziram equivocadamente o que o Nasu disse… No final do 1.0 ele falou algo parecido, tivemos o 1.5 e depois Nasu voltou para o 2.0. O que ele disse e que apos o 2.0 ele e TM tem intenção de se afastar do projeto, pois eles estão fill time no Grand Order. Mas nada impede que futuramente venha um 2.5 e quem sabe ele escreva o 3.0. lembrando que Grand Order arrecadou quase 1 bilhão de solares em 2018, foi top 3 lucro global e o jogo mais falado do twitter, logo, dificilmente eles encerrarão o jogo ao final do Lost Belt.

  • CJúnior

    Parabéns Fate!!! 15 anos fazendo moleques otakinhos terem fantasias sexuais com personagens que originalmente são homens. Meus parabéns!!!

    HahahahahahahHahaha

    • CJúnior

      Eu escrevi isso, mas na verdade eu até gosto desta franquia.

      Apesar que as últimas adaptações foram BEM decepcionantes (Apocrypha, Extra e Grand Order).

      • Yellow Hair

        Grand order só tem OVA o anime ainda vai sair fora o filme focado em babilônia

        • Centurionzo

          O filme é sobre Camelot, o anime que será sobre Babilônia

    • Eduardo Jose de Andrade

      Cara eu nunca senti atração por nenhuma das que originalmente os heróis históricos são homens como a Saber, mas a Medusa se veste igual “mulher da vida” pra não falar outras coisas, merece o sucesso mesmo.

  • Frost Oni

    Eu tô ficando velho…

    • Eduardo Jose de Andrade

      Te entendo, com Digimon Tri percebi isso também.

  • Bitterman

    Nunca gostei dessa franquia.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Bem não sei qual tu começou a assistir mas uma ordem que é a mais simples de entender a franquia é essa pra mim
      -Fate zero
      -fate unlimited blade works
      -aí pode ver qualquer outro de Fate, seja o stay night de 2006, apocrypha, extra encore, grand order etc.

  • SaintARMOR

    Na pior das hipóteses, vão lançar um anime de comemoração à esses 15 anos que será lançado mundialmente pela Netflix e (mal) dublado aqui no Brasil em Campinas.

    • Leon AinsWorth

      Depende eu ainda vou nutrir esperanças que alguma série inédita da franquia tenha a sorte de ir para o Rio de Janeiro na TecniArt, MG Studio, Wan Marc , Gramophone ou SDVC se for Netflix

  • S Y N T H W A V E + L O V E R

    Eu já curti. Mas a cada versão é um releitura. Sempre o mesmo plot, de pessoas correndo atrás de Cálice realizador de desejos. É uma das franquias mais milkadas, na minha opinião.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Bem pokémon também faz praticamente as mesmas coisas no enredo e é sucesso……..mas pelo menos Fate os animes são curtos (pra mim mais de 26 episódios é que é médio, mais de 100 anime grande) e até mudam sim como será a tal guerra pelo graal, por isso não enjoou o povo rs.

  • Eduardo Jose de Andrade

    Comecei a ver os animes de Fate ano passado, ótima franquia mesmo, pra quem não sabe por onde começar a assistir embaixo é a forma mais simples de entender a franquia é essa pra mim:
    -Fate zero 24 episódios
    -fate unlimited blade works 24 episódios
    -aí pode ver qualquer outro de Fate, seja o stay night de 2006, apocrypha, extra encore, grand order etc.

  • will

    Parabéns FATE, sou apaixonado por essa franquia principalmente Fate/zero e Fate/unlimited blade works S2.

  • Leon AinsWorth

    Só quero que o Cruncyroll e Netflix dublem as próximas séries da franquia Fate Stay Night no Rio de Janeiro.

  • William Vaz

    Não gosto de visual novel >:(

  • Sir Evil

    Comunidade Br demonstra porque somos o limbo do mundo, só comentários ignorantes em relação a franquia, sad. Parabéns a franquia Fate, e ao Nasu e Typemoon, já acompanho a franquia a 14 anos e se depender de mim pode durar mais 15… Tem muita coisa ainda para adaptar, lore para lançar e expandir, etc… My money is ready.

  • Anarcopunk Heroi.

    Faz 2 Anos que Conheço a Franquia e Esta no Meu Coração <3