Divulgação. © Type-Moon / A-1 Pictures

Uma das estreias mais aguardadas pelos assinantes brasileiros da Netflix está cada vez mais próxima. A primeira temporada de Fate/Apocrypha, mais recente anime da franquia de sucesso criada pela Type-Moon, chegará ao catálogo no dia 2 de dezembro, algo que já era sabido, mas agora, a série conta com uma página dentro da plataforma onde é possível ver a data de estreia. Confira abaixo:

Reprodução.

O anime estreou dia 7 de novembro para os assinantes da Netflix dos Estados Unidos e Canadá. No Japão, a primeira parte da série foi lançada em julho, enquanto que a segunda leva de episódios começou a ser transmitida em setembro e ainda segue em exibição.

Com um total de 25 episódios produzidos pelo estúdio A-1 Pictures (Fairy Tail), Fate/Apocrypha estreia na Netflix com o selo de “anime original”, cedido a produções exclusivas da plataforma, com opção de dublagem e legendas em português.

  • Julio Cesar

    Dublagem POR FAVOR

    São Paulo ou Rio de Janeiro

  • Yellow Hair

    NÃO SEI SE É VERDADE UM AMIGO QUE ME CONTOU

    esse Fate e o Kimi no Na wa estão sendo dublados em SP mesmo

    Não dark leon… Não será mista

    • Chico Amaro

      Será que mantiveram a Priscila Franco no “Rei Arthur”?

      • Olha, eu acho que não kkkk

      • SaintARMOR

        Foi pra Campinas, então é certo que não. Mas se não estou errado, a Saber que aparece em Apocrypha é diferente das anteriores.

        • Nem fez muita diferença dublar em outra região, já que se trata de uma série com personagens bem distintos dos das outras da franquia.

        • Chico Amaro

          Eu não disse Saber, eu disse “Rei Arthur”, se ver no ANN a voz original da Saber está creditada como “King Arthur” e na dublagem americana escalaram a mesma dubladora que fez ela no filme de Unlimited Blade Work, ela aparece de alguma forma no episódio 6, não sei exatamente como porque não assisti mas suponho que seja um flashback da Mordred
          Mas agora não faz mais diferença, fiquei chateado com Fate indo pra Campinas, achei que este não ficaria com SDI Media, espero que tenhamos mais variedades nos 30+ animes que estão por vir na Netflix

          • SaintARMOR

            Sinceramente, também fiquei chateado. Não sou um hater inveterado das dublagens de Campinas e quem já leu meus posts sabe disso. Mas vê-los dublarem tantos animes assim em pouco me dá um desânimo. Por mais que eu ache que eles tenham potencial e hajam boas vozes por lá, atualmente o nível médio deles é sim menor que o dos grandes estúdios de São Paulo e Rio, verdade seja dita.

          • Jander Jandinho

            Será que kimi no na wa foi para Campinas?

          • SaintARMOR

            Duvido muito. Sendo um filme da Diamond Films é quase certo que foi pra UniDub em São Paulo. Mas não ponho a minha mão no fogo.

          • Jander Jandinho

            Tomara que tenha ido para Unidub

          • Provavelmente foi pra Unidub.

          • Chico Amaro

            Sendo Diamond Films acredito que Unidub ou nada, eles tem uma relação muito boa com o estúdio desde A Batalha dos Deuses e dublam tudo lá desde então, se mandarem para Campinas vai ser uma virada preocupante

          • Chico Amaro

            Concordo com você, não sou hater de Campinas mas também não estou feliz com a situação, eles fizeram dublagens que eu gostei, outras que eu achei bem ruins e outras que achei OK, mas eles estão recebendo trabalhos demais para o nível deles, eles tem um cast muitíssimo limitado tanto em quantidade como em variedade, todas as dubladoras de lá tem voz de adolescente, o que para Anime nem é tão ruim, mas para filmes e séries com atrizes mais velhas é péssimo, tem só a Raquel Elaine que sempre faz o papel da mãe do protagonista e umas duas ou três que quebram um galho em mulher adulta mas quando tem uma mulher realmente mais velha como em Disjointed não tem como, fica ruim demais, bota a mãe de alguém aí!, eles precisam dar uma aprimorada nesse cast, tá o mesmo desde o começo, to realmente ficando com medo deles pegarem um anime realmente grande com mais de 100 personagens com só os mesmos poucos dubladores em todo mundo, até a Álamo ficou saturada na época do Animax, se a Dubbing Company virar a nova casa dos animes vai ser um desastre

          • SaintARMOR

            Concordo com tudo que você disse. Acho que eles devem ter sua vez no mercado como qualquer um que assim quiser e fizer por onde. Mas é com realismo que digo que eles não possuem estrutura ou qualidade para terem esse monte de trabalhos que estão pegando.
            Até algum tempo atrás de fato Campinas pegava muita pouca coisa, documentários aqui e ali, um ou outro filme acolá, e bem esporadicamente algo grande como Rick and Morty, e é assim que deveria ser até adquirirem experiência suficiente. Mas com a Netflix mandando séries, filmes e animes pra lá em peso, e cada vez mais clientes como a CR aderindo aos estúdios de lá a situação não deixa de me preocupar.
            Seria interessante se a Dubbing Company e a UP Voice estivessem dentro do acordo de São Paulo, pelo menos assim teríamos um maior intercâmbio de vozes de uma cidade pra outra e as dublagens de Campinas eventualmente seriam “contaminadas” por vozes experientes, como até chegou a acontecer algumas vezes até o ano passado. Mas como as atuais dublagens de lá são quase todas feitas somente com o grupinho fechado que já atua no recinto isso ferra com a qualidade dos trabalhos. E com a confusão que hoje existe entre os estúdios das duas cidades, acho difícil tal situação melhorar.

          • Taí um visão mais sensata do mercado campineiro de dublagem que não se resume em ódio, querer fim de concorrência e “é ruim então tem que acabar”. O mercado de lá realmente está muito crítico e precisa melhorar muito, e não é um comentário vazio sem argumentação (igual aqueles que costumavam aparecer por aqui) que mudará isso.

    • Se for, provavelmente foi pra Marmac pois a Netflix tem um costume de selecionar uma lista específica de estúdios para dublar certa série. No caso dessa, foi dublada nos EUA pelo estúdio Bang Zoom Entertainment, e o mesmo dublou os originais de Cyborg 009 e o spin-off de Magi por lá, bem como a Marmac dublou aqui.

    • SaintARMOR

      O tal amigo é fonte confiável no assunto?

      • Yellow Hair

        Levando em conta que eu quase fui atropelado por ele, trolado por ele e quase perdi meu emprego por causa dele…podemos dizer que sim né

  • Praticamente é certeza que terá dublagem, todos os animes originais da Netflix tiveram, mesmo que as dublagens chegassem depois.

    Espero que esse seja um dos vários animes da franquia Fate que venham a vir ganhar dublagem, o primeiro foi Fate/Stay Night, o segundo será esse.

    • Chico Amaro

      Dublagem é certeza, chegou nos EUA e Canadá com dublagem da Bang Zoom assim como outros animes da Aniplex mas li (ou foi no Reddit ou nos fóruns do ANN) que alguns episódios estavam com a dublagem em algumas outras línguas como Espanhol, Alemão e Francês, provavelmente soltaram por engano mas não vi nenhuma informação sobre a brasileira
      Os animes dublados na Bang Zoom pela Netflix no Brasil receberam dublagem da Alcatéia (Nanatsu no Taizai) e Marmac(Sinbad e Cyborg 009), acho Marmac o mais provável

  • Miguel

    O anime foi dublado, já foi lançado nos Estados Unidos ,se vocês usarem uma VPN e entrarem no catálogo americano da Netflix lá vai ter a opção de dublagem em português no primeiro episódio, é certeza que o resto foi dublado só falta lançar aqui. Aliás, pra quem tá curioso, eles não traduziram os nomes dos servos, tão falando “Saber” mesmo, e acho até melhor assim.

    • Tem informações do elenco de dublagem e estúdio? Geralmente a Netflix adiciona informações nos créditos.

    • SaintARMOR

      Você fez isto? Se fez, viu o elenco?

    • Chico Amaro

      Cara conta mais!, Reconheceu alguma voz? Tem os créditos?

    • Gabriel Hérisson

      some nao cara, de detalhes da dublagem!

    • Julio Cesar

      Qual o Estúdio de dublagem?

      • Djd

        Em Campinas, ao que parece.

  • Ítalo Fernando Lopes

    Ah, como esse sistema da Netflix de separação de “Temporadas” me incomoda!
    É por isso que tem gente por aí achando que Nanatsu já tem sua 2° Temporada lá…
    Espero que se for dublado: NÃO TRADUZAM AS CLASSES, K7!

    • MeGaNiNjA

      não tem problema em traduzir as classes por que afinal, é pro publico geral e só são classes

      sobre as temporadas, eu meio me incomodo tambem mas acho que é algo do sistema deles

      • Ítalo Fernando Lopes

        Eu entendo, se isso for voltado pro público que não conhece Fate… Mesmo que tenha outros Fate´s na Netflix… Mas, assim como aconteceu na dublagem do Fate/SN (2006) quase todo mundo ficou pistola pela tradução que estavam fazendo na série! E olha que nem foi só nas Classes… Imagina você lá assistindo de boas e então o “Cavaleiro Vermelho e o Sabre Negro se encontram e começam a lutar até a morte”, só um exemplo bobo, para mostrar o quão zuado já foi e voltaria a ser, xD

        • A tradução daquele anime tava tão tosca que nem parecia que foi a Álamo que dublou aquilo.

          • Sakeh

            Não esqueça do senpai que virou grandão kkkkkk

          • claudio

            Talvez a dublagem BR pegou a tradução da dublagem espanhol latina ou inglês que adaptaram.

        • Caio Breno

          Eles mudaram o sistema em Nanatsu. Em vez de “Temporada 2” agora aparece “Signs of Holy War”.

          • Ítalo Fernando Lopes

            Depois de tantas reclamações, ainda bem!

  • Mr.L

    Opa, valeu a pena esperar.

  • Anti dublagem de Campinas

    Se for com a fraquíssima dublagem amadora e sem nenhuma qualidade de Campinas eu juro que seu cancelo minha assinatura no Netflix na hora!

    • Nego tá tão paranoico com esse negócio que até inventou de botar isso no nickname. Que piada pronta isso ae.

      Sossega o facho ae, fera. Não vai ser dublado lá não, mas isso também não significa que a dublagem vai ficar boa só por não ter sido feita nesse “eixo maligno” que você tanto prega.

      • Luana Lordelo

        Quando a dublagem é ruim, mas é de algum estúdio do RJ ou de SP não vejo tantos reclamando.
        Essa história de reclamar em todas as postagens sobre dublagem de Campinas já está ficando chata.

        • Seto Kaiba

          Só que no caso das dublagens ruins de SP ou RJ é mais para o caso da tradução e/ou adaptação, quase nunca para atuação, sendo esse o ponto fraco de Campinas.

          • Já vi algumas dublagens cariocas recentes terem esse tipo de problema com atuação, só dizendo.

          • Maruseru Play

            O problema é que Campinas é “novata” na area de dublagem, apesar de alguns dubladores de lá intercalar em SP, algumas atuações ficam muito amadoras, por mais profissionais que tentam ser, mas eles tentam se esforçar, como ID-0 o pessoal melhorou bastante, apesar de algumas escapadas com atuações forçadas.

          • Luana Lordelo

            Bom, o que eles precisam entender é que Campinas tem ganhado destaque em dublagem só agora, ou seja, é um iniciante. Não vou dizer que gosto de todas as dublagens de lá (só gostei de Beyblade Burst), mas ao invés de ficarem apenas ofendendo Campinas, também poderiam mandar críticas construtivas para lá.

    • Okay, eu tava errado, foi dublado lá sim. Tá boa? Nem tanto, mas continua não sendo tudo isso que você fala.

    • SaintARMOR

      Vai ter que cancelar então, porque acabou indo para lá mesmo.

  • Gabriel Hérisson

    só n vai pra campinas, pq ta chato isso ja

    • Melhor tirar o cavalinho da chuva porque pelo visto vai pra lá mesmo. A Dubbing Company virou a nova Álamo no quesito “dublar tudo quanto é anime e reciclar elencos”.

      • Yellow Hair

        Não compare a álamo com campinas não!
        Ela pelo menos trabalhava com o Rio de janeiro e tinha qualidade

        • Quando se trata de dublar um monte de anime de forma excessiva e sempre reutilizar os mesmos dubladores, é comparável sim.
          Não dá pra aturar esse tipo de coisa, mesmo se for num estúdio “de qualidade”.

        • SaintARMOR

          Trabalhar com o Rio não é um argumento, e a Álamo ficava em São Paulo. Dizer que trabalhavam com o Rio como argumento não faz o menor sentido.

          Mas concordo que o material humano que lá trabalhava tinha muito mais experiência e competência que o que hoje trabalha em Campinas.

        • Chico Amaro

          Porto Alegre também trabalha com o Rio, fazem dublagem mista de games

          • Yellow Hair

            Então é lá que warner bros games brasil mandou os jogos da EA pra serem dublados porque cruzes…star wars battlefront com aquela dublgem não cola não

          • Chico Amaro

            Exatamente, Battlefront foi dublado em Porto Alegre

        • claudio

          E mais a diferença na alamo tinha o doblo dos dubs da cidade sp , comparado os de campinas tem abaixo da metade de gente e acho não chega perto dos numeros de dubs por enquanto em que tem muito na capital paulista , não sei se aumenta o elenco em campinas em futuro perto e presente que precisa caso houve poucas criticas e pontos positivos na web .

  • Seto Kaiba

    Não sendo dublagem de Campinas, agradeço.

    • Yellow Hair

      Compra a Netflix Kaiba!
      Ai a dublagem será das boas graças á você!

  • João Carlos

    Vocês tem noção de quanto mais xingam Campinas mais abaixam a probabilidade da dublagem de lá melhorar? Vocês não sabem dar um reforço positivo pros caras…

    • Kevin de Paula

      E até melhorar, quantos animes vão ser destruídos? O problema é esse, quem quer assistir quer qualidade e não dar reforço positivo pra quem fez um trabalho ruim.

      • lucas guida

        Nem sempre as dublagens realizadas por lá são ruins. Até o momento o único conteúdo com dublagem de campinas que eu vi foi rick and morty, mas eu posso dizer que a dublagem ficou boa.

      • João Carlos

        Tenho certeza que eles fazem o melhor que podem.

    • William Vaz

      se não xingar vão achar que tão gostando…

  • SaintARMOR

    É Campinas mesmo. Reconheci algumas vozes, e parece que no ANN postaram alguns nomes.

    • Não imaginava que isso fosse acontecer. Quando dublam por lá, geralmente é porque nos EUA o anime foi dublado na SDI Media, mas não foi nesse caso.

    • Yellow Hair

      Aff…uma pena…campinas outra vez…

      • Maruseru Play

        Peça para a Netflix para ficar parando de mandar animes ser dublados por lá e que mandem pra SP e RJ.

    • Maruseru Play

      Meu maior medo é que mandem o novo anime de CDZ para Campinas.

      • claudio

        Se for pra estudio campinas, o netflix tem que mandar e obriga a chama os dubs oficiais dos personagens de CDZ na cidade de SP pra dublar por cachê melhor e opcional se dublador da capital vai sim ou não ao interior de SP. Pra dublarem na cidade de SP e acho o netflix tem estudio de gravação com som proprio , um exemplo o comercial da dubladora paulista a cecilia lemes na atriz mexicana da chiquinha do chaves em trailer BR do netflix nos canais oficiais do stream nos facebook e youtube.

        https://youtu.be/2CXcweAYNRg

        • Na boa, pra ser sincero eu duvido muito que a Netflix queira utilizar o elenco original, já que é uma história recontada. Além disso a dublagem americana não contará com o mesmo elenco da série original.

          • Chico Amaro

            Fico imaginando se CDZ for para Campinas vai rolar agressão física, os fãs brasileiros de CDZ são os mais exigentes com a dublagem se não for elenco original vai rolar treta, a Toei sabe que o Brasil sustenta essa franquia eles não podem dar uma bola fora

          • SaintARMOR

            Os elencos norte-americanos da série original são impossíveis de serem escalados atualmente na totalidade. Então ao invés de dublarem no Canadá ou no Texas como fizeram com as duas dublagens anteriores, resolveram mandar pra Los Angeles esse remake com um elenco totalmente novo.

            Mas nos EUA Saint Seiya é uma marca quase que totalmente inexpressiva. Por lá eles dublarem com o mesmo elenco ou não dificilmente vai ter algum impacto na versão brasileira.

          • Maruseru Play

            Vale lembrar que CDZ não fez sucesso nos EUA, pois chegou muito tarde por lá, além dos cortes que a DIC fez quando veio pela primeira vez por lá. Mas os motivos para temer a mudança brusca das vozes é que além de como citou de ser um reboot, o seriado Três é demais mudou de estudio do RJ para SP, quando veio Fuller House e tmb para dublar os episodios perdidos, sendo que muita gente estava acostumado com as vozes do RJ devido as inúmeras reprises do SBT, muita gente até reclamou com a Netflix, porem ela nada respondeu.

      • Yellow Hair

        Isso você não tem que temer…se eles forem conscientes vai pra dubrasil mesmo

        • Dark Leon

          Não dá pra esperar muita coisa vindo da Netflix…

  • Ok, por essa eu não esperava.

  • Seto Kaiba

    OBRIGADO NETFLIX E CR POR DESTRUÍREM TANTOS BONS ANIMES COM A ÉPICA DUBLAGEM PROFISSIONAL DE CAMPINAS!!! E TUDO SÓ EM NOVEMBRO!!!

    Estou cancelando a minha assinatura dos dois, afinal só estava acompanhando uma série de cada um desses sites e só mantinha a assinatura por apoio à onda de legalidade, mas agora, podem ir todos ir para o inferno.

    • Pra mim o que está mais atrapalhando é o fato de ambos streamings terem utilizado de forma massiva o mesmo estúdio pra dublar um monte de coisa. Isso deixa muita falta de diversidade nas dublagens, principalmente nesse caso que o estúdio está quase sempre utilizando a mesma safra de dubladores para interpretar os protagonistas. Tá igual a época do Animax em que o Fábio Lucindo dublava praticamente TODO protagonista ou antagonista de cada anime que passavam por lá. Hoje quem está tomando esse lugar é o Renan Alonso.

    • Yellow Hair

      Se o Seto Kaiba tivesse comprado a Netflix isso não teria acontecido

    • Maruseru Play

      Faça baixo-assinado e mande e-mail de forma educada para a Netflix, exigindo que varia os estudios de dublagem de anime, mandando para Rio de Janeiro e na capital de São Paulo.

    • Moises Grafic

      não sei por que tantas pessoas estão reclamando da dublagem de campinas, eu não tenho nenhuma reclamação, eu até acho que estão fazendo um bom trabalho apesar de que alguma vozes não batem com os personagens (disso não podemos reclamar, já imaginou que usassemos um dublador com uma voz similar a do goku na versão japonesas, adimitam que seria estranho), o problema é que queremos que outros dubladores mais famosos façam as vozes, mas esuqecemos que os mesmo estão ou em meio de projetos ou a empresa não tinha condições de pagar os mesmos.
      gosto de ver novos dubladores no mercado, que mesmo que não tenho a mesma qualificação que os outros, farão que os fans dessa geração os reconheçam.

      apoiem a dublagem BR, não dismorarizem aqueles que tentam seguir essa carreira, mesmo sendo de uma presa nova.

      • SaintARMOR

        Se o argumento é a suposta falta de condições da empresa de pagar um estúdio mais caro ele é simplesmente falho, visto que a Netflix tem uma receita monstra no Brasil e no mundo. Se quisesse, ela poderia continuar mandando tudo pra São Paulo e Rio.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Like pela pistolada,mas eu te entendo um pouco pois quando assinei o CR só tinha terminado de ver a saga de Poseidon de CDZ,mas vi a segunda temporada de Shingeki no Kyojin mas depois……faltava os animes que eu queria ver tipo GITS stand alone complex,por isso preferi continuar só assinando a Netflix e se a dublagem BR tiver um saco eu mudo.

  • Eryk Oliveira

    Alguém me explica uma coisa? As temporadas desse Fate/ estão divididas que nem os Power Rangers ou são histórias paralelas ou algo assim?

    • SaintARMOR

      São paralelas. Uma não tem relação direta com a outra.

      • Eryk Oliveira

        Tipo Final Fantasy nos jogos?

        • Sim, apesar de existirem crossovers em jogos como World of Final Fantasy v:

          • Eryk Oliveira

            Nunca tive oportunidade para assistir mas sempre quis ver. Vou começar a assistir a partir desse Fate/Apocrypha. Valeu!

            O Fate/Stay Night é a história principal? Ou o principal só do Aporcrypha? E quantos são?

          • Chico Amaro

            Então eu sempre recomendo que na dúvida veja na ordem de lançamento para ter a experiência de quem acompanhou enquanto foi saindo
            O primeiro que lançou foi Fate/Stay Night de 2006, feito pelo estúdio Deen que adapta a primeira rota da visual novel, ele chegou a passar no Brasil pela Animax com uma dublagem da álamo que é bem criticada principalmente pela tradução dos nomes das classes, mesmo sendo fã dos trabalhos da álamo várias escolhas de vozes me desagradaram muito na época, hoje eu entendo que eles estavam sobrecarregados e tentando evitar a repetição de vozes nos protagonistas, até acho que o Thiago Zambrano e a Priscila Franco fariam um trabalho bem melhor se retornassem nos personagens atualmente mas eu ainda não consigo gostar muito dessa dublagem, o anime no geral também não me agrada muito por vários aspectos, principalmente comparado ao que veio depois, mas é uma boa porta de entrada e dá uma boa base de como funciona a guerra do Santo Graal
            Depois veio o Fate/Stay Night Movie: Unlimited Blade Works lançado em 2010, também do estúdio Deen, este adapta a segunda rota da visual novel e é totalmente descartável, o ritmo é ruim, não dava pra adaptar bem a história em um filme de 1h e 40 min, ficou muito corrido e mal explicado
            Então vem Fate/Zero de 2011, disparado o melhor da franquia e todos os aspectos, a animação do estúdio Deen não era ruim mas o trabalho da Unfotable é primoroso, as cenas de ação ficaram lindas, o roteiro também é bem melhor, a história é baseada em um mangá e não em uma visual novel e você percebe a diferença na estrutura da série, a história é uma prequela de Fate/Stay Night mostrando a guerra que aconteceu antes, vários personagens são relacionados ou aparecem nos dois, também pode ser uma boa porta de entrada, acontece que se você viu Fate/Stay Night antes você meio que já sabe como vai acabar o Zero, se você ver o Zero primeiro as reviravoltas de Stay Night já vão ser previstas, outro ponto positivo para começar por Fate/Zero é que está disponível na Netflix (apenas legendado)
            Depois tem Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works de 2014, também adaptando a segunda rota da visual novel mas de maneira melhor e com alguns elementos de Fate/Zero, mantendo a animação maravilhosa da Unfotable, também está na Netflix (também apenas legendado), já dá pra emendar uma maratona na outra
            Então tem Fate/Apocrypha que chegará em breve na Netflix, ainda não assisti mas pelo que li ele se passa em uma linha do tempo diferente, onde umas coisas diferentes que aconteceram no passado resultaram em uma guerra diferente das que tiveram no universo de Fate/Zero/Stay Night, a animação ficou com o estúdio A-1 pictures, o mesmo de Nanatsu no Taizai, que também está na Netflix
            Em breve também lançarão uma série de filmes adaptando a terceira rota de Fate/Stay Night chamada Heaven’s Feel
            Tem uns outros que eu não assisti mas acho que não fazem muita diferença, tem Fate/Kaleid que é uma comédia com e@$&#hi em uma realidade paralela onde a Illya é uma Mahou Shoujo, acho que é tipo uma paródia, tem um especial que lançou ano passado mas eu também não vi, chamado Fate/Grand Order mas não sei se tem relação com as outras séries, e também tem Fate/Prototype, que eu vi, é meio que um trailer de uma série nunca feita que mostra algumas das ideias originais que o criador tinha para Fate/Stay Night, é curtinho e confuso mas interessante, acho que é só, em jogos tem bem mais coisas mas eu não joguei nada
            Carambolas, eu escrevi demais! Melhor eu ir dormir

          • Eryk Oliveira

            Valeu! Me ajudou e muito! Eu gosto de assistir as coisas na ordem, mas vou ver o que faço com Fate/ hehe!

        • Chico Amaro

          O que eu sei: todos os Fate/Stay Night são continuação de Fate/Zero mas em rotas diferentes do jogo
          O Fate/Apocrypha até onde eu sei é uma linha do tempo alternativa, é uma história apócrifa

  • Yellow Hair

    Qual você usa?
    Eu usei o hola vpn no smart e fui bloqueado

    • Kaio

      Betternet

  • Eggberto
  • Matheus

    Ah,nem tá tão ruim.

  • Eduardo Jose de Andrade

    Fãs de Fate me falem:qual a melhor ordem pra ver os animes de Fate? Tipo o zero depois stay Nightwish depois UBW etc.

    • Chico Amaro

      Eu recomendaria
      Ordem de lançamento para ter a mesma experiência de acompanhou enquanto lançava
      Simplificando
      Stay/Night -> Zero -> UBW

      • Eduardo Jose de Andrade

        Valeu,e na Netflix parece que tem todos.

        • Chico Amaro

          Não tem o primeiro Fate/Stay Night

  • saitama-sama

    Sobre a dublagem de Apocrypha…
    Eu broxei ouvindo aquilo? Sim, eu broxei legal. :/
    Mas pow, eu não achei a dublagem ruim não, ela é boa até. Só senti falta de vozes conhecidas mesmo. Kkkkkk

  • Anarcopunk Heroi.

    FATE DUBLADO QUE DELICIAAAAAAAAAAAAAAAAA!!
    SÓ FALTA O KALEID LINER E O UNLIMITED BLADES WORK!!

  • Virado no Jiraya

    quero esse anime dublado

  • Anarcopunk Heroi.

    Faltam 12 minutos para 2 de dezembro