Divulgação. © Toei Animation

A Netflix disponibilizou hoje (18) em seu catálogo os primeiros episódios de Glitter Force Doki Doki, versão ocidental criada pela Saban de DokiDoki! Precure, 10ª temporada da franquia Pretty Cure produzida pela Toei Animation. O anime já pode ser assistido com opção de dublagem e legendas em português.

Tal como a primeira série (Glitter Force), Doki Doki passou por edições e mudanças nos nomes dos personagens, roteiro e música. O ponto positivo para o público brasileiro será a dublagem, desta vez realizada no Rio de Janeiro pelo estúdio Blue Bird. As protagonistas serão dubladas por Mariana Torres (Clara), Hann Buttel (Mackenzie), Flávia Saddy (Maya) e Rita Ávila (Rachel). O trailer dublado em português você conferir clicando aqui.

Toei volta a comercializar Pretty Cure no Ocidente

Ao que parece, a Toei Animation já começou a trabalhar com a franquia no mercado ocidental, e isso só foi possível após registrar a marca Glitter Force em seu nome, que anteriormente pertencia a Saban Brands.

Recentemente, um canal infantil da Albânia, chamado Bang Bang, começou a exibir a versão original de Smile Precure (Glitter Force), com abertura e encerramento em japonês, e sem troca nos nomes dos personagens.

Ainda é cedo para se especular, mas é possível que a Toei tenha decidido popularizar a franquia e aposentar a marca Glitter Force.

  • Eduardo Jose de Andrade

    O Saint Armor já disse,um bolo de fezes mesmo decorado,ainda é um bolo de fezes,e como essa é a versão saban,não vai atrair muitas pessoas como poderia,mesmo com uma boa dublagem BR.

    • SaintARMOR

      O lado bom é que provavelmente é a última série que a Saban editou, já que ainda devia estar no contrato deles. Assim espero, ao menos.

      • Eduardo Jose de Andrade

        Espero que a Saban não esquartej# mais animes bons,igimon Xross Wars que o diga………

    • Enfim, fui analisar a dublagem, e ela não é lá das melhores. Muitos personagens secundários não foram bem selecionados.
      Acho essa dublagem equivalente à dublagem de Beyblade Burst. Mas claro, sempre teremos um Dark Leon da vida endeusando dublagens como essa só porque é carioca.

      • Eduardo Jose de Andrade

        XD,verdade,dublagem carioca tem suas pérolas (Digimon,Yu Yu Hakusho) mas não é perfeita.

      • Dark Leon

        Não compare a porcaria que é a dublagem de Beyblade Burst com a de Glitter Force Doki a diferença em qualidade e enorme.

        • Apaga que dá tempo, cara.

          • Barao Forrequiloper

            Cheguei pra botar ordem e na hora certa em,esse cara se acha o bam bam bam

          • O pior é que não importa o argumento que você der pra ele sobre dublagem mesmo que ele seja bem detalhado, ele nunca vai sair do mundinho dele onde qualquer dublagem carioca ou da capital paulista é digna de aplausos e qualquer dublagem fora desse eixo deve ser menosprezada sem nenhum motivo concreto.

          • Dark Leon

            Não gosto e nunca vou gostar de dublagem feita em Miami, Campinas nunca

          • Dark Leon

            Me refiro a dublagem nova feita no Rio de Glitter Force Doki Doki e nao aquela porcaria feita em Miami se liga cara.

      • Luana Lordelo

        Tem gente que realmente acha que a localidade do estúdio vai interferir no resultado da dublagem.
        Eu não achei a dublagem de Beyblade Burst ruim, e olha que eu estava com receio, mas é muito chato isso das pessoas em falarem que a ´´dublagem do Rio de Janeiro é a única que presta´´, já vi péssimos trabalhos da própria Delart Rio.

        • Um grande exemplo de dublagem carioca que muitos como eu consideram bem mal feita é a de algumas temporadas de Beyblade, especialmente a do primeiro anime e a de Beyblade Metal Fusion/Masters, onde botaram diversos dubladores com “sotaque” muuuuuito forçado e de atuação bem amadora.

          • Luana Lordelo

            Parecia que as crianças tinham vozes de adultos, e esse é o problema. Quando não escalam direito a voz pode ficar tão forçada que não fica nada natural, e isso é algo que já vi inúmeras vezes em dublagem carioca até hoje.

          • claudio

            As vezes quando escolhe uns voz daa personagem que não combina é mais por ser dá familia do dono do estudio , diretores que dublam pra agrada.

            Por exemplo algumas das protagonistas não combinou a voz br como a que transforma em glitter de cabelo roxo claro e principalmente tem voz de adulta velha a de cabelo azul.

          • Dark Leon

            Tá melhor que as vozes amadoras e com sotaque da dublagem de Miami que tem em Beyblade Burst e Zak Storm sem qualidade alguma.

    • Alyson D’Gramont

      É pq é uma coisa muito pensada para o público americano infantil, talvez funcione lá mas aqui não.

  • Dark Leon

    Espero mesmo que o nome Pretty Cure volte nas próximas temporadas e que o anime também chegue a TV a cabo seja Cartoon Network, Discovery Kids ou Disney Channel o importante nisto tudo é que tenhamos a chance de assistir Smile Precure com nova dublagem no Rio de Janeiro de Preferência e sem censura e até um possível lançamento em DVD para essa franquia aqui no Brasil se fizer sucesso e torço muito que isso realmente aconteça para que tenhamos a chance de ter Sailor Moon Crystal dublado com elenco original na Netflix é assim mais animes Mahou Shoujo possam vir ao Brasil dublados em português com qualidade.

    • Elenilda Félix Fausto

      COMCORDO,E SERIA BOM AS TEMPORADAS ANTER DE SMILE PRECURE SEREM DUBLADAS E PASSADAS EM TV A CABO COMO FUTARI WA PRETY CURE QUE FOI O INICIO DE PRECURE

  • Taí uma notícia boa. Gostaria de ver a Rede Brasil passando animes da franquia Pretty Cure desde o primeiro anime lançado.

    • Não parece ser um anime que combina muito com o canal, que normalmente aposta mais em conteúdo retrô.
      Num Disney XD, Cartoon Network, Nickelodeon da vida, talvez!

      • Como o primeiro anime da franquia tem uns treze anos de existência, não seria uma má ideia pro canal.
        Mas acho mais capaz do CN apostar em algum anime da franquia mais tarde.

        • Nem aposte muito suas fichas em Glitter Force na RBTV porque isso é altamente improvável.

  • Kaio Honorato Rodrigues

    É isso aí! ;-)

  • João Carlos

    Mesmo sendo no Rio a dublagem não ta muito legal… Aqui so tem 15 episodios… A Netflix dividiu a serie ou ele é curta?

    • claudio

      Mas mim explica qual seria o talvez pouco problema da dublagem carioca.

      Acho a netflix ou saban dividiu em 3 temporadas no brasil e diversos países, e no japão parece que é 2 temporadas com 49 episodios, e se a saban editou os episodios não sei se censurou cenas e tirou alguns episodios em doki doki , e como aconteceu com outro anime dublado em miami.

    • Juniorbf41

      dublagem carioca nem sempre fica bom em anime mas é interessante.

  • Rafael Nogueira

    Poxa, até queria ver o Pretty Cure com uma dublagem decente :-/

  • Luana Lordelo

    E na do Rio de Janeiro, São Paulo, Miami…

  • Luana Lordelo

    Então reveja Beyblade Metal Fusion e você saberá do que eu estou falando.

    • Dark Leon

      Eu já assisti e sei do se refere porém tá melhor que as vozes horríveis de Beyblade Burst tipo a do Wakya e do Orochi em Beyblade Burst eu assisto a série mas essa dublagem de Campinas me desanima muito e não assisto com aquela empolgação que tinha nas séries anteriores…pois tem muita voz mal escalada e feia etc etc..

  • Gabriella

    Seria legal passar na nickelodeon! Imaginou! Bob esponja e asseguir Doki doki precure! Ia ser bem massa!!!!