Juushinki Pandora – Last Hope: trailer e pôster do novo arco

Por Nielsen Souza em

Satelight / Divulgação

Foi divulgado pelo site oficial de Juushinki Pandora – Last Hope (Heavy Divine Unit Pandora), um novo trailer do anime original da Netflix, revelando a chegada de um novo arco do anime, que começou a partir do episódio 17 transmitido hoje no Japão. O vídeo apresenta também o próximo tema de abertura da série, “Siriuis“, na voz da banda Bump of Chicken. Assista:

Aqui no Brasil, o anime já entrou em fase de dublagem, mas não foi revelada nenhuma informação a respeito do elenco ou estúdio. Abaixo você confere um novo pôster com os personagens:

Satelight / Divulgação

Com 26 episódios produzidos pelo estúdio Satelight (Macross Frontier, Nagato Yuki-chan no Shoushitsu), Juushinki Pandora – Last Hope estreou na Netflix do Japão dia 29 de março e em 4 de abril na TV. Seu lançamento mundial pela Netflix está previsto para acontecer entre setembro e outubro.

Comentários
  • lucas guida

    Ainda não se sabe se foi dublado em Campinas ou não.

    • SaintARMOR

      Eu prefiro que dublem este em Campinas do que um Baki da vida. Já que é pra dublar animes lá e nem Netflix e nem SDI Media largarão o osso, então que sejam os piores a serem dublados lá, enquanto deixem os melhores com Rio e São Paulo. Já não chega terem dublado Devilman Crybaby por lá enquanto mandaram Sword Gai e Kakegurui para São Paulo e Rio de Janeiro.

      Se Last Hope e Lost Song já estão com a SDI, pode ser que aliviem para o lado do Baki.

      • Levando a este ponto, é até “bom” ver AICO dublado em estúdio de quinta categoria sabendo do roteiro fraco que esse anime teve. É um ponto de começo para estúdios principiantes como a tal Dublagem Curitiba, mas ainda assim é melhor que se restrinjam à coisas “inúteis” como documentários, ou no mínimo dublagens mistas com o estúdio da Alcateia com quem eles têm parceria. Só assim para eles se salvarem e não entrarem na mesma turminha da galera campineira…

        • SaintARMOR

          “Inútil” é um termo meio pesado para se referir à documentários, já que muitos são de extrema qualidade. Mas pensando na relevância na cultura pop e o quanto a maioria nem liga muito para dublagem de documentários, eu entendo o que você diz.
          Sobre Curitiba, dublagem mista com a Alcateia do Rio eu não sei se ocorreria, já que a logística é meio complicada, e provavelmente escalariam uns 5 ou 6 dubladores cariocas pra personagens fixos e manteriam o resto em Curitiba.

          • Usei o termo “inútil” mais pela dublagem em si, já que não é necessário muito esforço para dublar um evento desse tipo por documentários em geral se tratarem apenas de assuntos reais e geralmente não apelam pra coisas hollywoodianas no meio.

          • Dark Leon

            Jamais isso aconteceria , ainda mais por conta da treta

      • Dark Leon

        Nada ver isso que você falou, todos os animes da Netflix teriam que ter dublagem de qualidade e infelizmente ocorre o contrario!

        • SaintARMOR

          A Netflix/SDI não vai largar o osso de Campinas. Não adianta. Se for para escolher quem vai ser prejudicado, escolho Juushinki Pandora tranquilamente. Que séries importantes é que não sejam dubladas lá.

          • Dark Leon

            Como falaram antes a coisa só vai mudar quando começarem a perder assinantes em massa ,para talvez se liguem na merda que está rolando!

          • Perder assinantes é o que não deve acontecer, sabendo que atualmente tem muuuuita coisa por lá que chama a atenção de muita gente, e não é por causa da dublagem em si. La Casa de Papel é um belo exemplo.

          • Dark Leon

            Outra coisa que não escolhe essas vozes podres de campinas para os animes são estrangeiros em sua maioria quem não tem noção de qualidade de dublagem em si

          • Dark Leon

            falando uma bosta dessas você só fomenta ainda mais a merda que tá o mercado de dublagem !!!

          • Vamos ser francos. Você compraria uma casa feita completamente de areia só por causa da aparência bonita que ela tem, mesmo sabendo que ela não é resistente? O anime com uma dublagem bonitinha e um roteiro que deixa a desejar é como se fosse isso.
            É isso que o @saintarmor:disqus está ao menos tentando te explicar mas você sempre distorce…

          • SaintARMOR

            Deixa ele. Não vai entender mesmo.

  • Não sei porque você insiste tanto em falar nessa tal de DuArt se eles nem trabalham com a Netflix até onde se sabe.

    • Dark Leon

      Pokémon tá na Netflix e acho que tem outras séries por essa distribuidora lá ..

      • SaintARMOR

        Não tem outras não.

      • Pokémon não conta porque não é a Netflix que paga a dublagem.

    • mariosjaque

      Eles dublam séries da Winx pra Netflix

      • SaintARMOR

        Dublam diretamente para a Netflix ou através de terceiros?

        • mariosjaque

          Foi contratada pela produtora original da serie

          • SaintARMOR

            Então não foi pela Netflix, afinal.

  • SaintARMOR

    DuArt Film & Video NÃO trabalha e NÃO vai trabalhar com a Netflix tão cedo. Contente-se com a BTI Studios, a VSI Group e outras.

    Até porque foi a mesma DuArt quem fez a besteira de mudar todo o elenco de Pokemon por birrinha. Não confiaria muito nesta empresa.

    • Dá pra perceber que ele só está insistindo em falar dessa distribuidora por causa da “maravilhosa (sic) dublagem carioca”.
      Depois do que ele falou da segunda temporada de B: The Beginning, nada mais me surpreende.

      • Dark Leon

        Vai ter trocas de vozes na segunda temporada de B the Begining isso é praticamente certo e entre Marmac atual e a dublagem carioca prefiro mil vezes este anime na MG Studio

        • Você fala como se a Marmac fosse o único estúdio ativo de São Paulo…

          • SaintARMOR

            Ele fica falando como se Pokemon fosse para Campinas se ainda estivesse com a SDI.
            Se assim fosse, a segunda temporada de Ajin também teria ido pra lá, mas não foi o caso.

            É um caso complicadíssimo.

          • Dark Leon

            Trocaram as vozes de hotel Transilvânia a série imagina com pokemon se tivesse com a sdi hoje em dia. .não gosto nem de pensar

          • SaintARMOR

            Hotel Transilvânia é uma série independente que nos EUA também teve suas vozes trocadas em relação ao filme. Não é o caso de ser uma produção com continuidade e consistência.
            Pokemon continuaria na Centauro se estivesse com a SDI. Ponto e pronto.

          • Dark Leon

            se fosse antes de campinas invadir a coisa eu até acreditaria , mas se fosse hoje em dia do jeito lixo que a sdi anda agindo pro aqui ,Pokémon estaria em campinas como beyblade burst.. você que se nega a aceitar a merda que a situação ficou, aliás você mesmo disse que a sdi lixo da prioridade a campinas!!!!

          • SaintARMOR

            Não, Pokemon NÃO estaria em Campinas. Se assim fosse, a segunda temporada de Ajin também teria ido para Campinas, o que não foi o caso.
            Pare de dizer que Pokemon estaria em Campinas só pra justificar a dublagem carioca. A dublagem carioca de Pokemon continua sendo injustificável até hoje. Um dos maiores golpes que a dublagem brasileira já sofreu. 20 anos jogados no ralo.

            Enfim, voltando ao assunto, a prioridade da SDI é Campinas com títulos novos/recentes. O que já era dublado por eles antes de começarem a dublar na Dubbing Company continua na Doublesound e na TV Group.

  • Louiz

    A Netflix só vai parar de mandar coisas pra Campinas quando começar a perder assinantes. Eu já cancelei a minha, pois além da maioria dos animes serem ruins, ainda tem que aturar essas dublagens campineiras.
    Estou pensando em assinar Crunchyroll, pois essa sim tá de parabéns.