Kujira No Kora – Filhos das Baleias estreia na Netflix

Por Gabriel Tadeu em

Divulgação. © Abi Umeda / Akita Shoten / J.C.Staff

Chegou hoje ao catálogo da Netflix a primeira temporada de Kujira No Kora – Filhos das Baleias, novo anime original do serviço de streaming. A temporada é composta por 12 episódios de 24 minutos, com opção de dublagem em português ou áudio original e legendas.

Conforme noticiado pelo ANMTV em janeiro, a dublagem foi realizada pelo estúdio Dubbing Company, de Campinas. O anime estreou em outubro no Japão, dirigido por Kyohei Ishiguro (Shigatsu wa Kimi no Uso) e produzido pelo estúdio J.C. Staff.

Kujira No Kora – Filhos das Baleias já pode ser assistido na Netflix.

Comentários
  • Yellow Hair

    e mais uma vez com essa dublagem eu digo isso…

    QUE PORCARIA!

  • Lucas Frade de Campos

    A dublagem deve ser aquela beleza!

  • Não tá tão ruim, se comparar com a dublagem de AICO.
    Mas agora já deu, Netflix. Bora arrumar um estúdio mais decente ae.

    • Yellow Hair

      daqui a pouco dublagem do Acre

      • Blu3s

        Ué!? E por que não?

        • Gabriel Campos

          Precisa de resposta? Primeiro porque não temos estrutura no Brasil para blindar totalmente o som dos Dinossauros; Segundo porque se estamos tendo problemas com Campinas, que fica proximo a SP imagina o Acre!

  • Matheus

    Depois de A.I.C.O. eu parei de reclamar de Campinas (mas a dublagem aqui é bem mais ou menos).

    • Nelson Ramos Filho

      Só porque Curitiba é uma bosta fedida, não quer dizer que Campinas é uma bosta cheirosa. Os 2 são um grande, fedorento e nojento par de cocô.

      Pare de reclamar que mais fedorento vai ser.

      • Matheus

        Não falei que a dublagem de Campinas é boa, apenas disse que conseguiram fazer algo pior que ela. (Até citei que a acho a dublagem de Campinas bem mediana/fraca).

    • SaintARMOR

      A dublagem de A.I.C.O. tem nível de fandub ruim, a de Kujira no Kora, nível de fandub bom, mas ainda assim fandub.

      O único anime realmente bem dublado em Campinas, com qualidade notável, foi o ID-0. Os outros, bom … alguns tiveram pontos positivos isolados, como Rokka no Yuusha e Violet Evergarden, mas o nível geral se mostrou baixo com o tempo.

      • José Roberto Henrique Rebouças

        Violet tá até bonzinho, engoliveu…

        • SaintARMOR

          O elenco de apoio é minúsculo e os diálogos são extremamente travados, não fluem direito.

          • Marcos Hater

            sim as vozes da íris e da menina de óculos ficaram péssimas, fora as outras que tavam tensas, ..Agora sabemos que tudo depende das distribuidoras e a Netflix tem que parar de mandar os animes pra sdi média e lyuno media group , este descaso todo com as dublagens de animes da netflix está acontecendo por que acho que a netflixo não está mais intervindo nas dub dos animes e deixando tudo a cargo das distribuidoras que em sua maioria são de fora daqui, e parecem nada entender da fonética brazuca e simplesmente acham que as ondas batendo é suficiente sem se preocupar em nada com a qualidade da dublagem do produto. Nanatsu Taizai, Little Witch Academia, Your Name e One Punch Man tiveram sorte e escaparam de dub genérica pois provavelmente vieram por boas distribuidoras e a netflix na época creio eu podia intervir na qualidade das dublagens.

      • Matheus

        A dublagem de Rokka eu achei boa até, Violet teve um erro de mixagem imenso no episódio 8 (a cena que o Claudia chama o major de ”Major” não tem áudio, e quando o major responde tem. Quem assistiu dublado deve ter entendido nada). ID-0 ainda não tive tempo de assistir, dizem que a dublagem de Kuromukuro é boa também, isso é verdade ? Já viu a dublada de Yamada-kun ? Tipo eu meio que achei legal a adição de algumas gírias do Brasil para melhor identificação do publico ainda não acostumado, mas a dublagem em si é bem mais ou menos.

        • SaintARMOR

          A dublagem de Kuromukuro não é boa, e a de Rokka no Yuusha tem várias vozes mal escaladas, mas se destaca apenas por ser menos ruim que as outras.

          E eu vi a dublagem de Yamada-kun. Tem gírias e umas adaptaçõezinhas, mas os dubladores mal finalizam frase direito.

          • Matheus

            Vi 1 ep de Yamada (já tinha visto legendado), confesso ter achado as adaptaçõezinhas bem legais até (por abranger um público maior que o que já curti anime) e gostei da voz do Yamada.

  • Marcos Hater

    A dublagem pra variar está péssima com escalas ruins como sempre. Reclamando direto na página do feedback e vamos deixar sugestões de estúdios melhores e mais capacitados do Rio de Janeiro e São Paulo Capital como Delart , Unidub, Vox Mundi, Dubla vídeo SP, TV Group Digital, Visom e Gramophone. A coisa chegou num ponto que temos nos fans de dublagem começar fortemente a sugerir estúdios de dublagem de qualidade para os animes , senão a situação das dublagens só tende a piorar como vimos com Aíco Incarnation, Violet evergard, Fate Apocrypha e Devilman .

    https://youtu.be/xUbd-9NIQzs

  • Eryk Oliveira

    Campinas, putz…
    Espero que a dublagem esteja boa pelo menos.

  • Nelson Ramos Filho

    Não to acreditando que a galera ta elogiando Campinas e essa dublagem porca, só porque Curitiba fez algo pior. Daqui a pouco abre um estúdio na Amazônia e a galera vai começar a elogia Curitiba. Não da pra entender gente que se contenta com pouco.

    • Rafinha

      Esses elogios que esta rolando custará caro lá na frente. pois se as dublagens deste estúdio seguirem nos animês vira o ciclo de vozes repetidas em ouros. mas ai já será tarde. depois querem reclamar.

      • Dark Leon
      • Dark Leon

        O que temos que fazer além de reclamarmos é sugerirmos estúdios capacitados e de qualidade do Rio de Janeiro e São Paulo Capital os sérios como Delart Rio, Cinevideo, Wan Marc, Gramophone Rio, Som de Vera Cruz, Unidub, Vox Mundi, Dubrasil, TV Group Digital, Visom, Rio Sound, Gigavoxx, Audio News Rio, Dublavídeo SP, centauro etc etc.

  • SaintARMOR

    A página do anime na Netflix: https://www.netflix.com/br/title/80174917

    Deem seu feedback lá.

  • Louiz

    Espero que esse seja o ÚLTIMO anime dublado fora do RJ e SP Capital, caso contrário eu já cancelo minha inscrição da Netflix.

  • Pablo Soares

    haha ri muito com essa dos dinossauros

  • Blu3s

    Beleza, mas as capitais de São Paulo e do Rio de Janeiro fazem dublagens há anos, e nem por isso você só ouve nas dublagens da primeira vozes pigarrentas de tanto respirar o ar poluído paulistano ou tiros de bala perdida que a mixagem deixou escapar e um elenco composto quase que totalmente por atores globais e cantores de funk na segunda :v

    • Gabriel Campos

      Primeiro que quem escolhe atores globais são os clientes, jamais devido ao valor iriam por atores globais. É óbvio que se tem atores ruins no Rio e SP, acontece que se uma forma geral eles são os melhores sem sombras de dúvidas no mercado, aí você acredita mesmo que qualquer estúdio conseguiria chegar ao nível deles assim? Só por praticar? Tá enganadissimo, requer talento e um bom “professor”, coisa que só encontrará hoje no eixo Rio SP!

      • Blu3s

        O problema é que quando se falou na possibilidade de abrirem um estúdio de dublagem no Acre, você resolveu fazer piada com estereótipos relacionados àquele estado (assim como um monte de gente faz em vídeos o tipo “se o anime ou filme X fosse dublado na Bahia, no Rio Grande do Sul, em Minas Gerais”) e aí quando eu resolvo fazer piada de estereótipos relacionados aos estados de SP e RJ (que não estão salvos disso) você vem querer “me dar uma aula” como se eu não soubesse da realidade da dublagem desses dois polos. O problema é que como dublagens fora do eixo vão poder alcançar rapidamente o mesmo nível que as dublagens do Rio e de São Paulo se os profissionais desses estados parecem mais estarem querendo se fechar em um clubinho ao invés de difundirem o conhecimento que eles tem para outros cantos do país, complicado né?

        • Gabriel Campos

          Olha leia meu comentário de novo, pois não citei nada sobre o que você falou do Rio e SP, apenas te corrigi sobre a dublagem mesmo. Sobre essa questão de difusão de conhecimentos, acompanhe mais canais de dubladores no Youtube, verá que eles ensinam e ajudam novos dubladores diariamente, mas dentro do limite de sua cidade, ou você espera mesmo que eles vão trabalhar nesses estúdios meia bocas fora do eixo para ficar ensinando?! Busca ajuda quem precisa, ou você espera que eles corram atrás de ”alunos” pelo Brasil para ensinar, pelo amor né, isso não vai acontecer, não seja ingenuo!
          PS: Como você mesmo disse sobre o Acre, foi uma piada, não passou disso!

  • Por incrível que pareça, a dublagem tá, “boa”, para o padrão Campinas.