Liga da Justiça: diretor de fotografia revela ter chorado ao ver mudanças

Por Matheus Sousa em

Warner Bros. / Divulgação

Durante bate papo ao Comic Book Debate, o diretor de fotografia de Liga da Justiça, Fabian Wagner (Game of Thrones, Sherlock), revelou ter chorado ao ver as mudanças promovidas pela Warner em seu trabalho, enfatizando que o resultado final não é uma realização de sua autoria.

“É difícil dizer o quanto mudou, mas foi realmente muita coisa. Todo o visual estava diferente. É triste para mim, porque eu simplesmente amei trabalhar com Zack Snyder. Foi uma das maiores diversões da minha vida. No final não sobrou muita coisa do que havíamos filmado. (..) Conhecendo seus filmes, Zack o faria exatamente na duração que deveria, que precisava, então acredito que teria sido bastante longo.” declarou o diretor de fotografia.

Em relação a duração inicial do corte do diretor Zack Snyder antes da chegada de Joss Whedon, existem contradições, entre 214 minutos (3h56) e 165 minutos (2h45). O corte de cinema ficou com 119 minutos (1h59).

Liga da Justiça arrecadou pouco mais de US$ 657 milhões.

Comentários
  • Davi

    Nós sabemos o quanto a Warner e seus executivos acabaram com Liga da Justiça e Esquadrão Suicida. E também foi culpa deles BvS sendo lançado incompleto no cinema pra ganhar mais dinheiro. Decisão visando o lucro, coerente, mas não foi o correto.

  • Bruno Amaral Caires

    Essa duração imensa torna ainda mais dificil as chances desse corte ver a luz do dia. É muito dinheiro pra finalizar os efeitos especiais.