Divulgação. © Warner Bros.

A expansão do universo de Mad Max: Estrada da Fúria poderá não acontecer, isto devido a relação entre George Miller e a Warner Bros. estar criticamente abalada, via Collider.

Em novembro do ano passado, foi revelado que o diretor abriu um processo contra o estúdio alegando que não foi pago um bônus de US$ 7 milhões caso o cineasta finalizasse o projeto com orçamento total de US$ 157 milhões; Miller diz que o orçamento ficou em US$ 154,6 milhões, mas que houveram gastos adicionais por exigencias da WB – o estúdio alega que a produção fechou em US$ 185,1 milhões.

George Miller destaca que este gasto adicional existiu porque a Warner Bros. exigiu algumas novas tomadas para o longa, além de um novo final, e que os executivos teriam dito não adicionar este custo extra ao orçamento final do projeto.

Representantes da produtora de Miller disseram que a atitude do estúdio é “arrogante, insultante e repreensível”, por quebrar a promessa, o que teria “destruído” a saudável relação entre o diretor e a Warner Bros.

  • parabéns Warner já basta a vergonha de te manchado os heróis da DC agora num compre promessa que faz aos diretores parabéns desse jeito vc vai longe viu

    • Matheus Sousa

      Olha, em relação a DC eu concordo, mas isso de Mad Max está muito esquisito.. se trata de ”apenas ” 7 milhões de dólares. A Warner abriria mão de uma franquia com tamanho potencial por apenas isso? Tá muito estranho..

      • Luan Kayro

        Acho que abriria sim hein, do jeito que os executivos tem tratado as propriedades da Warner da a entender que eles só se preocupam com o lucro a curto prazo, sem planejamento.

      • depois dos fiasco da DC eu não duvido mais nada

  • Yusuke Urameshi

    nossa, se o cara fez no orçamento, e eles prometeram, sei lá, devia pagar, o tanto de grana que deu essa porra.

    • Kaio

      Talvez eles não queiram abrir um procedente.

  • Igor Lucas

    Warner sendo Warner.

  • Erivelton Freitas

    Não vai dar em nada, nem pro Miller e nem pra WB.

    Até porque, algumas atitudes são realmente muito egoístas, pois o que seriam US$ 7 milhões para a Warner comparado ao que essa franquia poderia dar? Pois é!

    Mesma coisa pro Miller… Que muito provavelmente, ficará com a franquia congelada, uma vez que a Warner deve ter os direitos sobre a mesma e não permitirá que ele a leve para nenhuma outra produtora. Sendo assim, perdem os dois lados e ponto final!

  • Rafael Bueno

    Poxa warner…

  • Rafael Nogueira

    Lembrando que novos jogos iriam vir com novos filmes, então quem curtiu o jogo e espera sequências se lascou com isso… Digo isso porque o Mad Max (2015) não foi lá essas coisas comparado com o filme, mas com lançamentos futuros eles poderiam consertar o que fizeram de errado e fazer um Mad Max de mundo aberto decente pro pessoal que curte a franquia, mas há pessoal que curtiu o game :-/

  • Felipe

    Realmente é bem difícil trabalhar com a Warner,esses executivos não dão liberdade pra o diretor fazer o filme como ele quer,só lembrar da bosta que ficou o Liga da Justiça devido a esses problemas.

  • Kaio Honorato Rodrigues

    Bela mancada que você fez, hein Warner Bros!

  • Eduardo Jose de Andrade

    A Warner do jeito que f#deu tudo pra lançar a liga do fracasso o mais rápido possível, não duvido que eles iriam negar esse troco de bala deles pro Miller (pra um estúdio do porte da Warner, 7 milhões é como se fossem nossos 50 reais) e a Warner é a maior inimiga dela mesma, nem Disney f#de ela tanto assim.

  • Gabriel Arruda

    Espero que não cancelem.Adorei a Estrada da Fúria,foi o melhor Mad Max.