O Menino Maluquinho: Netflix vai produzir filme de animação

Por Nielsen Souza em

Ziraldo / Divulgação

A Netflix esteve presente nesta quarta (24) na Rio Creative Conference, onde revelou a produção de diversas séries e filmes originais que serão produzidos no Brasil durante os próximos anos, entre eles, especiais do Porta dos Fundos, três filmes protagonizados por Maisa Silva, e séries de Seu Jorge e Kéfera Buchmann, longas com Fabio Porchat e um contrato firmado com a atriz Larissa Manoela.

O destaque do anúncio ficou por conta da produção de um longa-metragem animado de O Menino Maluquinho, que irá animar pela primeira vez o personagem criado pelo cartunista Ziraldo. Confira abaixo o pôster divulgado no evento com o visual do protagonista:

Netflix / Chatrone / Divulgação

O Menino Maluquinho será produzido pelo estúdio Chatrone, responsável por Festa no Céu, mas não teve maiores detalhes revelados pela plataforma sobre a história, que por enquanto, permanecem em sigilo.

Comentários
  • Gpedro

    Meu sonho uma animação do Maluquinho, gosto dele desde criança, e foi triste ver a obra sendo esquecida. Não lançam mais quadrinhos dele, e as crianças hoje em dia mal conhecem. Espero que esse filme seja bem animado e produzido, achei o traço meio estranho, mas como é Teaser vamos aguardar o produto final. Tomara que o filme abra portas para novos projetos do personagem que merece.

    • Tori

      Creio que ninguém gostaria de mexer na serie depois dos problemas que aconteceram com Ziraldo.
      Provavelmente ate o Cartoon Network tentou fazer uma serie do Menino Maluquinho, mas os acionistas acharam que isso poderia queimar o nome da empresa naquele momento.

      • José Roberto Henrique Rebouças

        E o q houve?

        • Tori

          As polemicas sobre homossexualidade e a mídia em geral.

  • Shai

    Já não era sem tempo fazerem uma animação do Menino Maluquinho, tantos anos e só tivemos uns live-actions bem meia boca. Só espero que pra um filme tenha uma animação decente, recentemente vi que lançaram na TV Cultura um outro desenho animado do Ziraldo (Chapeuzinho de Todas as Cores), mas a animação é bem fraquinha.

    • MeGaNiNjA

      o único live action bom foi aquela serie que passava na TV Brasil, os filmes que a globo fez foram bem meh

  • Blu3s

    Maísa, Fábio Porchat, Larissa Manoela… esse filme animado do Menino Maluquinho foi o único anúncio animador e tragável, e ainda tava era demorando, porque uma série animada desse personagem é algo que já deveria existir há anos, e o máximo que vai ter é um filme.

    • MeGaNiNjA

      teve a serie live action que passou na TV Brasil (ela foi muito legal por sinal)

    • Pablo Soares

      Porta dos Fundos é legal! Fábio Porchat também gostei desses além do Menino Maluquinho :)

  • toygame lan

    Na verdade, as empresas de steaming como Netflix e os canais de assinatura,são obrigadas por lei criada pela Ancine, a uma cota de pelo menos 20% de produções nacionais, nos acervos de seus serviços, a exibir conteudo nacional que as produtoras brasileiras fazem.

    • MeGaNiNjA

      TVs sim, Streaming não, eles recuaram depois da opinião popular negativa, e com o Bolsonaro metendo a mão na ANCINE, dificilmente esse assunto vai voltar

      • Blu3s

        Além do mais, sem incentivos (pelo menos para impulsionar) acho que é até mais difícil empresas se interessarem por iniciativas ou produções audiovisuais nacionais, não só por questões relativas a custo de produção quanto de preconceito do próprio público com relação a muita coisa apenas por ser feita aqui.

        • MeGaNiNjA

          o problema é que as vezes nem é questão de preconceito, vide esse anuncio que a unica coisa boa foi o maluquinho

    • Isso é bom contanto que sejam produções de qualidade e diferentes de coisas que já vimos, nosso país tem muito potencial no setor audiovisual. Nada contra a Larissa Manoela, a Kefera ou a Maisa, mas com certeza elas irão protagonizar filmes meia boca e mais do mesmo voltado pro público feminino.

      • toygame lan

        Bom nada, essas regulamentações são ridículas,obrigar as empresas a terem 3sse tipo de conteúdo só torna os custo mais caro para os clientes.

  • Endo Torres

    Com exceção do menino maluquinho é um anúncio melhor que o outro.

  • Rafael Bueno

    Mesmo estúdio de festa no ceu!?
    Que benção viu

  • will

    Me pegou de surpresa essa noticia. Espero q seja uma bela animação.

  • Mestre Kame

    finalmente uma animação do menino maluquinho. Cresci lendo as HQs e assistindo aos filmes e séries na tv.

  • MeGaNiNjA

    Não sei o que o pessoal ve na Kéfera Buchmann e no Porta em pleno 2019
    Maisa ta pra entender porque desde o ano passado ela ta em alta , mas o resto?

    • Pablo Soares

      Ueh Porta é legal =)

  • Léwow

    O traço desse cartaz tá bem bonitinho

  • Eduardo Jose de Andrade

    “especiais do Porta dos Fundos, três filmes protagonizados por Maisa Silva, e séries de Seu Jorge e Kéfera Buchmann, longas com Fabio Porchat e um contrato firmado com a atriz Larissa Manoela.” fora o filme do Menino Maluquinho, filmes da Maísa e Larissa, de resto achei bem merda.

  • Ornitorrinco Craft

    Finalmente
    Merece muito mesmo uma animação
    Que seja melhor que os filmes live action que são extremamente viajados

  • Clelson Medeiros

    Menino Maluquinho?coisa velha é antiquada

  • Ornitorrinco Craft

    Espero que seja um bom filme

  • Eryk Oliveira

    Mais conteúdo Brasileiro minha gente!!!!

  • Iago

    Que boa notícia saber que essa maravilhosa criação de Ziraldo finalmente vai ganhar uma versão animada. Vale lembrar que o Menino Maluquinho já teve adaptação para live-action três vezes: duas no cinema, com Menino Maluquinho – O Filme (1995), e Menino Maluquinho 2 – A Aventura (1998) e uma na televisão, com “Um Menino Muito Maluquinho” (TVE Brasil, atual TV Brasil, 2006 – essa última a melhor adaptação já feita na minha opinião e um verdadeiro clássico cult). No entanto, é a primeira vez que esse personagem terá uma versão animada. Isso prova que o Brasil ainda tem potencial para produzir um conteúdo audiovisual de qualidade.