One Piece: Stampede já arrecadou 3 bilhões de ienes

Por Matheus Sousa em

Shueisha / Toei Animation / Divulgação

O 14° filme da franquia One Piece, intitulado One Piece: Stampede, já arrecadou cerca de 3 bilhões de ienes nas bilheterias japonesas em tempo recorde.

Stampede se tornou o primeiro filme sob posse da Toei Animation a conquistar a marca desde o ano 2000, em um período de apenas 9 dias.

One Piece: Stampede estreou em 9 de agosto no Japão.

Comentários
  • Pedro Amorim

    Tem que vim pro Brasil vamo fazer uma campanha gente

    • toygame lan

      seria bom mesmo,mas acho dificil

    • Stark D Ace

      Embora eu queira muito q venha, se vier a altas chances de vir dublado o que pra mim, é um tremendo problema já que acho q dublagem de one piece horrível.

  • Eduardo Jose de Andrade

    Mas que “estouro da boiada” tá sendo na bilheteria hein.

    • Zen Ryo

      “Estouro da boiada” foi uma refencia ao anime dublado Trigun?
      Estouro mesmo vai ser se a TOEI Animation realmente for liberar dublagem brasileira em One Piece (de novo).

      • Eduardo Jose de Andrade

        Também, mas é que stampede significa uma corrida súbita de animais em manada, mas no português temos como termo mais próximo “estouro da boiada”, e boku no hero 2 heróis mostrou que filmes de anime fazem sim uma boa bilheteria aqui!

    • toygame lan

      OP sendo apenas one piece kkkk

  • Squall

    A essa altura já nem espero mais que One Piece venha pro Brasil dublado (gostava bastante da dublagem, principalmente por terem feito uma versão nacional da música original, só a edição e cortes que estragavam), se vier legendado já tá de bom tamanho. Que venha algo pelo menos antes da tal série live-action pra que possa ter alguma chance pra franquia prosperar, porque depois que sair esse live-action já era.

  • Léwow

    Filme parece bom

  • SaintARMOR

    Ainda não acho impossível que a Diamond Films possa fazer um lançamento obscuro do filme dublado no iTunes/Google Play. Mas, de qualquer forma, não mantenha as expectativas altas, infelizmente é a realidade.