Sony quer priorizar entrenimento e reunir conteúdo na PSN

Por Gabriel Fernandes em

Sony Pictures / Marvel / Divulgação

Isso não significa que a Sony irá abandonar os setores eletrônicos e de consumo, pois na própria CES a empresa anunciou algumas novidades tecnológicas. Além disso, o ex-executivo da Sony Pictures, Thomas E. Rothman, em sua palestra com os diretores da animação vencedora do Globo de Ouro, Homem-Aranha no Aranhaverso, Phill Lord e Chris Miller, focou muito mais em como as câmeras Sony foram importantes no processo. 

Afinal, a empresa possui desafios na área de entretenimento, pois na música obteve um ano suave em questão de sucessos e no cinema e TV enfrenta grandes serviços de streaming como a Apple, que levou pessoas importantes do estúdio, além dos maiores canais de TV estarem encomendando séries de fornecedores internos e de alguns dos principais sucessos da produtora, como Better Call Saul e The Blacklist estarem chegando ao fim.

Apesar dos desafios, é um momento bom para a Sony Pictures que superou problemas como o ataque hacker em 2014, e conseguiu emplacar sucessos surpreendentes como Jumanji: Bem-vindo à Selva, que arrecadou US$ 962 milhões, e o recente Venom, que conseguiu US$ 856 milhões.

As duas produções reforçam o caminho que o estúdio está seguindo, com grandes sequências agendadas como MIB: Internacional, e produções do universo do Homem-Aranha, que alcançam grandes bilheterias e agora a empresa pode aproveitar o fato de ser a única que produz filmes de personagens da Marvel fora da Disney, visto que a Fox foi vendida. E o herói aracnídeo já é bem popular na PlayStation Network, com o jogo Marvel’s Spider-Man vendendo 3,3 milhões de cópias nos três primeiros dias de lançamento.

Comentários
  • Yellow Hair

    Ou seja tenham um preystation que terão conteúdo

    • Marcos

      Nesse quesito o Xbox se sai melhor :/ …

  • toygame lan

    SONY TEM QUE DIVERSIFICAR,mas tem que manter a qualidade das coisas

  • Leonardo

    Não viaja.