Yu-Gi-Oh! VRAINS em processo de dublagem no Brasil

Por Matheus Chami em

Konami / Divulgação

Após uma longa espera, a franquia de Yu-Gi-Oh! retorna para o Brasil com força total, algo que já vinha sendo pedido já faz tempo pelos fãs. Além de ter a dublagem de seu mais recente filme confirmada, a atual série da franquia, Yu-Gi-Oh! VRAINS, começou a ser dublado no Brasil. A informação foi confirmada no Instagram pelo dublador Vagner Santos, que ficará a cargo da direção do anime. Todo o processo está sob a responsabilidade do estúdio Atma Entretenimento, conhecida pela versão brasileira de Screchers Wild.

Reprodução.

Wagner também revelou parte do elenco de dublagem de Vrains, que traz nomes como o de Márcio Araújo, Felipe Grinanm, Douglas Guedes e André Sauer.

Na trama, a população de Den City duela dia e noite no mundo de RV chamado Link Vrains, gerenciado pela SOL Tecnologia Ltda. O protagonista Yusaku Fujiki é um estudante colegial bastante quieto, mas também muito perspicaz. Ele duela constantemente, se transformando em seu avatar Playmaker, para enfrentar os Cavaleiros de Hanoi que arquitetam a destruição do Link Vrains.

Vale destacar que Vrains está disponível no Crunchyroll e conta com 73 episódios até o momento.  Ainda sobre a franquia, também especula-se sobre uma possível dublagem da série antecessora, Yu-Gi-Oh Arc-V, disponível na Netflix com dublagem em outros idiomas, menos o português.

Ainda não se sabe o destino de Yu-Gi-Oh! VRAINS, que pode ser lançado nas plataformas de streaming ou em algum canal infantil.

Mais detalhes em breve.

Comentários
  • steve fox

    sera que ainda da pra sonhar com o 5ds dublado?

    • Dark Leon

      Acho que sim dependendo do sucesso que essa fará no Cartoon Network ou para onde for ….

    • Bruno Geber

      Eu prefiro uma redublagem dele, aproveitando que ainda são pouco episódios.

      • SaintARMOR

        Não se sabe se foram poucos episódios dublados. Lançaram oficialmente apenas 13 dublados, mas pode ser que tenham mais 13 ou mesmo mais 51 dublados e escondidos nos depósitos da Televix, da Focus Filmes ou mesmo da 4KMedia.

        • Pra 4K Media não ter lançado ainda no canal brasileiro, ou porque não são 52 episódios, ou porque rolou algum impasse entre ela e a A2 Filmes (talvez relacionado a própria dublagem).
          Porque o material que estava com a Televix Entertainment atualmente está com ela.

  • Dark Leon

    Creio que deva ir para a Cartoon Network ou talvez para a Netflix, embora eu não tenha gostado nada da dublagem de Screechers Wild, espero que a atenção e cuidado para Vrains seja melhor que no outro anime e que tenha muitas vozes conhecidas no elenco principal e que os nomes das Cartas fiquem em PORTUGUES!!!!
    Espero que futuramente tenhamos pelo menos uma série inédita da franquia dublada no Rio de Janeiro tipo Yugioh Zexal ou mesmo uma nova dublagem para Yugioh 5ds será legal

    • Mahō no

      Começou….

    • Deckard Cain

      As cartas sempre veem em português, infelizmente, é cada tradução mais horrorosa que a outra.

      • Dark Leon

        Veja a merda que fizeram na dublagem de Bakugan New Vestroia , onde a partir desta temporada deixaram as cartas com nomes em inglês, o que deixou a dublagem bem confusa e massante ,tanto que eu dessisti de acompanhar o anime no Brasil e fui ver com a dublagem de portugaL, por ao menos por lá as cartas de hab foram todas traduzidas.

        • Eduardo Jose de Andrade

          Talvez imposição da distribuidora de Bakugan, porque as cartas que vão com os brinquedos estarão em inglês, com o remake de He-man redublaram os nomes dos personagens pois a Mattel não queria traduzir os nomes dos brinquedos pro Brasil.

          • Dark Leon

            Acho podre isso cara, espero que para o novo anime de Bakugan essa merda das cartas ficarem com nome em inglês seja CORRIGIDO e que fique algo igual foi com Yugioh

          • Dark Leon

            Assista no YouTube Bakugan New Vestroia e vai entender o que me indignou e ainda é fez desistir de assistir em português, a dublagem teve um elenco Ótimo mas o lance das cartas em inglês estragou Tudo na minha opinião

          • Eduardo Jose de Andrade

            Bem pra mim não me faria parar de assistir em português, pois acho que até em japonês eles tentam pronunciar em inglês, mas imagina vendo yugioh e o Kaiba dizer “invoco meu blue eyes white dragon!” seria estranho mesmo.

          • Dark Leon

            Foi isso que aconteceu com Bakugan e estragou a dublagem do anime

    • Eduardo Jose de Andrade

      O problema do nome das cartas de yugioh é que muitas vezes a tradução do estúdio e da Devir (a editora que traduz e distribui o card game aqui no HUEzil) não batem, tipo na dublagem BR: dragão supremo de olhos azuis, devir: dragão definitivo de olhos azuis, dublagem: troca do coração, devir: mudança de opinião, no começo eu detestava a tradução da devir, mas com o tempo vi que ela não errava, só traduzia de outra forma, eu prefiro traduzir o mais próximo possível ao português, tipo student eu traduziria como estudante mas muitos prefeririam colocar aluno.

    • SaintARMOR

      Nunca deixaram de traduzir os nomes das cartas no Brasil. Ainda mais hoje com a Devir e a Konami em cima da distribuição, da mesma forma que a The Pokemon Company faz com Pokemon, acho difícil não traduzirem.

      Tanto que o filme novo dublado na Clone teve a Feiticeira Negra chamada de “Maga Negra”, que é o nome oficial da carta no Brasil pela Devir.

      • Dark Leon

        Estava me referindo a bakugan

  • Zen Ryo

    Aleluia.
    Finalmente criaram juizo e estão aos poucos tentando trazer de volta a franquia Yu-Gi-Oh de volta ao Brasil.
    Não vou negar, depois do 5ds eu fiquei com o pé atrás, eu admito, podem me vaiar com isso, mas a dublagem do filme Yu-Gi-Oh: lado negro das dimensões e o anúncio desse novo anime dublado, isso me deixa mas esperançoso, quem sabe daqui a 10 anos a próxima franquia de animes a voltar pro Brasil pode ser One Piece, acho que agora eu viajei, mas isso de trazer velhas franquias de animes dublados pro Brasil podia pegar.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Se usarem a versão japonesa do VRAINS, e não a da 4kmedia.

      • Luís Guilherme Rocha Ribeiro

        esse 4k ainda existe? Mas de qualquer forma, todos os animes que estão sendo dublados estão inteiramente originais, sem cortes

        • SaintARMOR

          A 4Kids original faliu, a marca teve que se reinventar e mudou de nome para “4KMedia”.

          Eles continuam fazendo um trabalho parecido com o da 4Kids. Um pouco mais brando em termos de censura e localização, mas ainda assim continuam na ativa.

        • Eduardo Jose de Andrade

          A 4kids faliu mas no lugar dela renasceu a 4k media, ela continua censurando e alterando demais os animes de Yugioh, não ao nível 4kids mas parecido.

      • Zen Ryo

        Bem pensado Eduardo.
        Tomara que peguem direto da fonte.

  • Red X

    Sera que teremos a sorte de estarem dublando da versão japonesa?

    • Se a 4K Media estiver envolvida nesse processo, dificilmente.

    • Mr. Kishatu

      Aí é bem difícil msm.

  • Finalmente a 4K tá quebrando a cara. Tô gostando de ver isso.

    • Interessante, mesmo.
      Deve ter ficado animada com os resultados do canal brasileiro no YouTube.
      Ou deve ter achado algum negócio pras séries por aqui.

  • Matheus Chami

    Pode ser uma nova estratégia de mercado para o Brasil, trazer o filme para resgatar os fãs e depois introduzir o anime.

  • Black Rat King

    seria bom se fosse da leva da crunchy

    • Dark Leon

      A Cruncyroll teria mandado pra Unidub ou SDVC Yugi-oh Vrains e não para este. …

      • Black Rat King

        verdade. mas seria bom se fosse pois ao menos confirmaria que tem uma nova leva vindo.

  • João Carlos

    NOTICIAS QUE NINGUEM ESPERAVA

    • Yusuke Urameshi

      Cara kkkk essa realmente foi uma bomba. kkkk Eu fiquei impressionado mesmo!

  • Caio Martins

    o que? eu li direito? vrains ta sendo dublado no brasil? mas e 5D’S,ZEXAL e ARC V? FORAM PRO SACO? COMO PODEM PULAR AS SERIES ANTERIORES E IR DIRETO PRO VRAINS! QUE ABSURDO.

    • Asafe Gonzaga

      Elas não sao sequências uma das outras, não tem problema pular elas já que podem ser assistidas em qualquer ordem

    • Eduardo Jose de Andrade

      o 5Ds faz uma menção aos deuses egípcios de DM no grand pix deles, mas não precisava ver o DM pra ver o 5Ds, mas o arc-v é melhor ver o 5Ds e zexal pra entender quando alguns personagens destas gerações aparecerem no arc-v (mas são outros personagens e não por exemplo o Jack do 5Ds nçao existe no arc-v, é um outro Jack que até tem cartas diferentes)

    • SaintARMOR

      ARC-V aparentemente está sendo dublado também.

      • Geral Santos

        Há algum indício sobre essa suposta dublagem da série ARC-V ?

      • Caio Martins

        onde esta informação sobre a dublagem de arc v?

  • Bruno Geber

    Que? car@lh*, minha ficha não caiu até agora, e ainda com dubladores conhecidos, porém o estúdio desconheço. Mas pqp, minha cabeça ta bugando até agora.

  • Nan Nobrega

    Assim meu coração não aguenta

    • Eduardo Jose de Andrade

      Se for a versão japonesa, pois a da 4k media além duma abertura bosta alteraram trilha sonora de fundo, aí eu solto fogos de artifício.

  • Dark Leon

    Com certeza Yutube ou Cartoon Network

  • Esse não depende dos outros, é o mais viável

  • Que por favor coloquem uma voz moe na Blue Angel

  • Parece que esse estúdio é recente.
    O site do estúdio diz que o mesmo foi fundado em 2017.

    • Dark Leon

      Por isso já aproveitaram e aparentemente jogaram as 2 séries lá, o que achei uma coisa totalmente sem sentido

      • Sun

        Sem sentido é tacar tudo em estúdio aleatoriamente

  • accident of birth

    essas temporadas “filler”/original ainda continuam ? que loucura

    • Se parar pra pensar todas são fillers, pq a Duel Monsters não segue o mangá, á que chega perto disso é o Yu Gi Oh da Toei.

      • Eduardo Jose de Andrade

        Duel MOnsters segue o mangá sim, e até a versão da Toei teve fillers mas que se encaixaram bem e foram melhor que algumas histórias do mangá pra mim, o Dm adaptou do volume 8 ao 38 do mangá de yugioh que do 8 ao 31 tinha o sub-título de duelist e do 32 ao 38 era millenium world pois é quando o faraó retornou ao antigo Egito, o anime foi bem melhor que o mangá nos duelos e alguns aspectos da história, só comparar os duelos de Yugi vs Kaiba na battle city e Yugi vs faraó, o anime ficou mais emocionante e no mangá parecia rascunho desses duelos……..

        • Não segue o mangá não mano, inúmeras coisas diferentes, já começa na personalidade dos personagens.

          • Eduardo Jose de Andrade

            O quê? da onde? o Kaiba sim no começo era diferente, mas cês tão ligados que a KOnami/Gallop quis adaptar do volume 8 em diante né? o duelo que Yugi usa o exodia e flashbacks do Joey valentão com o Yugi são exceções que tinham antes do volume 8, de resto adaptou normal o anime, tinha muitos fillers mas deles eu gostei a maioria (Orichalcos é f$da, torneio do Kaiba com aquele Ziegrifried foi o pior arco de Yu-Gi-Oh!) e teve sim algumas mudanças no anime, pra melhor a maioria foi, só comparar os duelos de Kaiba vs Yugi nas quartas de finais da battle city e Faraó vs Yugi, no anime ficaram melhor estes duelos e no mangá mais curtos e brochantes.

      • accident of birth

        a duel of monster tem muito filler mas segue o manga sim lol

    • Eduardo Jose de Andrade

      Enquanto os animes em si derem um lucro, e o card game vender bem, vai ter sim mais animes de Yugioh.

  • Raimundo Guedes

    Só queria que dublasses o 5Ds… ali é uma obra de arte.

    • SaintARMOR

      Lançaram 13 episódios em DVD. Pode ser que tenham dublado mais, mas tais episódios não tenham visto a luz do dia.

      • Raimundo Guedes

        Tipo o Alma de Ouro que foi todo dublado e ngm soltou.

    • Nightcrowley

      Dublaram, porém só a primeira temporada, quisera eu que a Netflix conseguisse um deal de distribuição em terras tupiniquins. Pois tem uma cena da prisão que os caras cortam e não faz sentido algum, já que não tinha violência.

      • A parte da “instalação” tinha várias passagens tensas, que obviamente pensando no público-alvo (crianças a partir dos 8 anos), foram atenuadas.

      • Raimundo Guedes

        Eu vi os episódios que foram disponibilizados. Queria muito que dublassem todo o anime, pq foi muito bom. Se ele viesse e passasse na Netflix seria fod@.

  • E como um anime que nunca veio pra cá pode estar numa “geladeira” daqui?
    ZEXAL ainda não chegou nem perto de pisar o solo brasileiro.
    Você pode falar daquela notícia sobre o anime na Netflix (onde, de fato, o anime foi lançado, e já nem está mais no catálogo), mas nunca foi confirmado que o Brasil estaria na lista.

  • Não espere nada muito diferente do trabalho da 4K Media em relação as séries anteriores.

  • É muito dinheiro em jogo pra irem apenas para um canal no YouTube.
    Devem ter estratégias mais robustas em mente.

    • claudio

      E se caso os ineditos dublados das sagas do yugioh vai pra youtube premium , que é tipo concorrente dos outros sites de videos que tem membros assinando o serviço.

      • Faz mais sentido.
        Mas o YouTube Premium não está relacionado com o Google Play Filmes?

        • claudio

          E no site do proprio youtube que existe a parte das produções originais desse stream com primeiros episodios liberados pra todo publico não assinante e maioria dos episodios pra ver se quiser tem que assinar e virar youtube premium por mês que pode tanto assistir on line e off line por download .

          Google play não sei se tem algum beneficio quem é youtuber premium , por ser do mesmo dono os sites e são sistemas diferentes e acho cobram por separado os 2 serviços , pra as produções dos episodios e filmes.

  • No caso de Digimon, é a Toei Animation que não colabora muito.
    Talvez nem seja má vontade do Luís Angellotti.

  • Mr. Kishatu

    Maneiro, mas tinha que ser o Vrains?

    • Eduardo Jose de Andrade

      2 bons motivos comerciais: 1- é o anime mais recente da franquia, 2- é o que está atualizado com o atual card game (afinal o anime é feito pra propagandear o card game, só´que o DM pelo menos veio como mangá antes e tinha uma história focada no faraó e passado dele, do GX em diante se tornou uma boa propaganda das cartinhas) logo assim é melhor investir na dublagem no produto que mais está de acordo com o card game.

  • Que ótima notícia. Depois do filme se animaram pra dublar um dos animes também. Acredito que com isso o card game poderá ganhar mais fama mais no Brasil, afinal, os animes da franquia são meios de divulgação, não é? Kkk
    A parte ruim é que provavelmente a versão dublada será a editada pela 4K.

  • Fernando

    Alguma chance desse anime vir para o Cartoon Network ?

    • Eduardo Jose de Andrade

      Sempre tem uma esperança, mas eu acho que vai pra Crunchyroll mesmo, ela tá até legendando em português o VRAINS, e ela está numa vibe de dublar animes.

  • Sun

    Digimon nunca teve rivalidade com Pokémon, só os Digifags acham isso.
    O verdadeiro rival de Pokémon é YKW

    • Eduardo Jose de Andrade

      Discordo, desde os fãs no começo, até jornalistas criticavam digimon sem nem ver e achavam ser uma cópia de pokémon, quando se verem pelo menos 5 episódios de qualquer temporada de digimon verá que é bem diferente de pokémon, e até a Record tentou adquirir digimon no lugar da globo, mas esta deu mais grana e levou digimon, e nos horários digimon começou a dar mais audiência que pokémon, também pokémon estava já no segundo/terceiro ano de exibição na Record, fora que as vendas de produtos oficiais eram acirradas também.

      • Sun

        Hoje em dia essa rivalidade tá morta praticamente, Toei tá cagando e andando pra Pokémon.
        Atualmente o verdadeiro rival é Yo-Kai Watch.

        • Eduardo Jose de Andrade

          Hoje em dia concordo, é quase tipo coca cola e Pepsi, pokémon é muito mais popular mas o anime rapaz é um saco (poucos são fãs de verem desde o começo até hoje com o mesmo protagonista imortal de 10 anos), a Toei com digimon tá tipo a nintendo com os games: foca só no projeto dela e não quer bater de frente pois está indo num caminho diferente do da concorrência.

  • claudio

    Era a chance da play tv pega-se as que pularam.

  • Deckard Cain

    Se for a versão americana eu passo direto e reto, e vou esperar que alguma página de yugioh faça o mesmo que fizeram com Duel Monsters e GX, uma versão dual áudio (português/japonês) sem censura e nas partes que foram cortadas aparece a cena legendada.

    • João Carlos

      Não é como se tivesse tantos cortes como havia em Duel Monster, YuGiOh aparentemente ta bem mais de boa

      • Isso aí é mito.
        Não sei de onde saiu isso, mas essa história aí não confere com a realidade.
        Não houve nenhuma mudança significativa na ocidentalização dos animes de Yu-Gi-Oh!
        Até porque boa parte do pessoal que faz isso hoje já fazia isso antes, quando ainda era 4Kids.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Não existe dual áudio, o máximo que alguns fansubbers fãs roxos faziam era acrescentar cenas que a 4Kids censurava no DM e GX, pois a trilha sonora de fundo, aberturas e encerramentos cortavam na dublagem pois era a versão da 4kids, mas alguns fansubbers colocavam a abertura japa no lugar a da 4kids, e também o encerramento japa.

      • Na verdade, o trabalho é todo no áudio, mesmo.
        Não há edições no vídeo, porque o vídeo já é o da versão original, e cenas inexistentes na versão ocidental apenas mantém o áudio original no trecho em questão.

  • Ah que notícia maravilhosa. Yugi oh voltando com tudo. Ainda bem. Que venha para Netflix hehe

  • Bruno Geber

    Talvez trazer o mais recente primeiro, já que esse ainda ta em lançamento.

  • Bruno Geber

    A versão dos EUA só mudou a trilha sonora, a abertura mesmo é horrorosa, e dos nomes eu só encontrei a da Aoi que virou Skye.

    • Yusuke Urameshi

      sim, vi ontem no youtube a abertura, ta ridículo a dos EUA, muito ruim, só uma trilha sonora nada a ver. uma porcaria. mas fazer o quê? prefiro que duble e lancem na tv assim do que não sair nada.

  • PeterParkI

    Berserk só em sonho mesmo, na verdade, nem quero berserk, anime bosta, o mangá é melhor, nem precisa dublar aquilo

    • Eduardo Jose de Andrade

      SÒ o anime de 97 adaptou melhor mesmo, os filmes dizem ver depois de ler o mangá, mas dizem que o mangá é muuuuito melhor e os animes não conseguiram fazer algo a altura de Berserk.

  • Vinicius Walker

    Cruzando os dedos para ser uma dublagem direta do original, a versão em inglês até que tá boa com um pouco de humor aqui e ali, mas eles cortaram a cena do Cracking Dragon queimando as pessoas e a cena em que a Aoi perde as asas depois de ser derrotada, então já dá pra imaginar como vai ser quando forem mostrar o passado do Yusaku ou os duelos contra o Spectre e o Revolver.

  • Vinicius Walker

    Cruzando os dedos para ser uma dublagem direta do original, a versão em inglês até que tá boa com um pouco de humor aqui e ali, mas eles cortaram a cena do Cracking Dragon queimando as pessoas e a cena em que a Aoi perde as asas depois de ser derrotada, então já dá pra imaginar como vai ser quando forem mostrar o passado do Yusaku ou os duelos contra o Spectre e o Ryoken.

    • A versão ocidental supostamente é a que tem preferência para eventuais dublagens.
      A versão original no ocidente supostamente é apenas um material complementar, que virá acompanhado do material ocidental, ou só estará disponível com legendas, mesmo.

      É o caso do Crunchyroll.

  • Eduardo Jose de Andrade

    Mesmo se for a versão modificada da 4K media, é algo muito bom pra franquia Yu-Gi-Oh! no Brasil, assim mais pessoas vão querer jogar o card game e ver os novos animes de Yu-Gi-Oh!

  • Eduardo Jose de Andrade

    Mas é o anime mais atual com as regras do atual card game, comercialmente falando foi inteligente.

  • Jose Lucas Ambrose Jose Lucas

    5DS DEMAIS EPISÓDIOS DUBLADOR

  • SaintARMOR

    Não é necessário que 5D’s seja dublado no RJ. A dublagem de tal série já começou em São Paulo. Se for para terminar, que termine em São Paulo.

    Se muito, Zexal poderia ir para o Rio, mas não teria problema algum se ficasse em São Paulo com vozes diferentes das outras séries, o que é possível.

    Sempre foi tudo num único polo, e a tendência é continuar sendo, para bem ou para mal.
    E se fosse tudo para o Rio por outro lado, você não estaria reclamando.

    • Dark Leon

      Reclamaria sim do mesmo jeito que estou fazendo, não é por que meu pólo favorito de dublagem de animes que vou bater palmas para monopólio de pólos!

      • claudio

        Acho você insistia pra todas sagas diferentes de bayblade continua-se no RJ, quando foi campinas a temporada recente do Busrt. Então você é favor de um polo favorito.

    • Dark Leon

      Questiono e sempre farei isso enquanto as distribuidoras ficarem favorecendo um único polo no quesito animes e não haver divisão ainda mais com séries de várias temporadas como a franquia Yugi-oh e afins

  • Kaio Honorato Rodrigues

    Não acredito! :D
    Pera aí, falta as temporadas anteriores, inclusive a temporada inédita de GX!

    • Tecnicamente tudo que tinham pra dublar do GX foi dublado (o 155 é tecnicamente o último episódio do GX, e não há planos pra se mudar isso a curto ou médio prazo).
      Quanto ao 5D’s e ao ZEXAL, não é impossível eles terem simplesmente ignorado eles neste momento, favorecendo as duas séries mais recentes da franquia.

      • Kaio Honorato Rodrigues

        Do GX, falo da 4a temporada, que nem mesmo aquele cocô da 4Kids pegou!

        • Em nenhum momento eu ignorei a existência dos episódios 156 ao 180.
          Mas se eles não tiverem uma versão ocidental, é como se não existissem.
          Yu-Gi-Oh! fora da Ásia só pode ser negociado com a 4K Media (os japoneses vão dizer isso, como supostamente já teve um caso em que isso aconteceu)., e tudo indica que ela não cede os episódios da versão japonesa para serem dublados.

          O máximo que pode acontecer é esses episódios surgirem com legendas em PT-BR no Crunchyroll.

  • Léwow

    CARA QUE BOM FICO MUITO FELIZ COM ESSE REVIVEMENTO DA FRANQUIA DE YU-GI-OH POR AQUI

    SO QUE ACHO QUE DEVIAM PRIMEIRO TERMINAR A DUBLAGEM DE 5D’S NE JA QUE DUBLARAM POUQUÍSSIMOS EPISÓDIOS

  • Zen Ryo

    Concordo.

  • Zen Ryo

    Ta pegando a ideia.
    Seria bom se as emissoras cultivacem essa ideia.

  • Zen Ryo

    Eu que é sonhar demais,mesmo eu quero tanto ver o Vagner Fagundes (Luffy), Marcelo Campos (Zoro), Wendel Bezerra (Sanji) e toda a galera de volta pra dublar One Piece.
    Pelo sonhar a gente pode.

  • Eryk Oliveira

    Eu sabia!!!!!!! Sabia que esse dia chegaria! Ainda bem que não assistir em japonês. Sinceramente não dá para acompanhar os duelos e a legenda ao mesmo tempo. Ainda bem que vem dublado!!
    Será que foi o canal de Yugioh no Youtube que acordou a 4K para continuar com o anime no Brasil? E o 5D’s e o Zexal?
    Onde será que vai passar o Vrans? Pra mim ou a Cartoon Network, Crunchyroll ou a Netflix. São os únicos que tem força para mandar dublar quase simultâneo com o Japão. CN com Captain Tsubasa e o Vrans tava na lista gratuita de animes para a Crunchyroll mandar dublar no início desse ano. Claro com a 4K midia envolvida.
    Espero que o Vrans passe no Cartoon Network e o Act-V na Netflix. Se a Lookle tá envolvida com a dublagem chamando todo o elenco original do anime para o Filme, era bom também trazer o 5’Ds e o Zexals. Pronto, já tem onde trazer para o Brasil hehe! E posteriormente tudo isso dublado de graça no canal oficial no Youtube do anime!

  • Eryk Oliveira

    Bem que o CN poderia aproveitar e passar os filmes do Yugioh hehe.
    Isto é se o Vrans for passar lá.

  • Raiho Kuzunoha

    Ansioso pra ver dublado, INTO THE VRAINS!!

  • Edu Salazar Ator

    tomara que venha pra Crunchyroll TV ou a Rede Brasil mesmo

  • Eduardo Allen

    Olha ai a oportunidade da Cartoon Network Brasil de adquirir mais um anime pra programação!

  • gregoryluis09

    Na exibição do Duel Monsters pela PlayTV isso acontecia, sempre tinha comerciais do card game nos intervalos.

    • Yusuke Urameshi

      Sim, me lembrei disso ai mesmo. Era interessante isso acontecer.

  • Eduardo Jose de Andrade

    Que anim é esse então que você viu? eu vi yugiph 3x, mas o máximo que vi do que você descreveu foi terem colocado a dublagem BR em cima dos episo´dios sem censura, como o blowback dragon que na versão 4kids tem pistolas azuis de alien e no original são revólveres, e nas cenas que a 4kids tirou como os tiros dos capangas do Pégaso, colocaram e legendaram, tinha as aberturas e encerramentos japoneses na maioria dos episódios, mas o x da questão é que quando colocam a dublagem BR, ela é infelizmente a censurada da 4kids, quando eles diziam “te mandar pro reino das sombras” no original é “matar você” ou “você vai morrer”, sacou? fora as músicas de fundo/BGMs que na dublagem BR eram as da 4kids e não as excelntes da versão japonesa…….

    • Deckard Cain

      Na versão dual aúdio todas as BGMs originais são mantidas independente do aúdio que escolher, vai na página da yugiohsemlimites, lá tinha essa versão tanto do duel monster quando do gx, faz tempo que não entro lá, então não sei se retiraram (como fizeram uma vez, mas depois puseram de volta). É a versão japonesa, mas com as vozes dubladas até chegar em uma cena cortada, abertura, encerramento, cartas, BGMs, todas originais, mas novamente, com as vozes em português, se quiser claro, só assisti dual aúdio uma vez, das outras vi legendado mesmo pela censura das falas (como você mesmo disse).

      • Eduardo Jose de Andrade

        Nossa, em alguns episódios que vi tinha escrito o nome dessa fansubber, mas infelizmente é melhor ver inteiramente legendado pois a 4kids conseguiu infantilizar um anime que é juvenil.

        • Deckard Cain

          4Kids é inimiga de Estado de qualquer fã de yugioh, não, de animes, no mundo todo.

          • Eduardo Jose de Andrade

            O que fizeram com One piece foi um lixo, yugioh versão 4kids e versão japonesa até parecem serem animes diferentes de tantas mudanças.

  • João Carlos

    Mudança nas cartas é necessaria para que possa passar no EUA, e fora a tradução isso é tudo adaptação.